Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Categoria: Sem categoria


Intimidade é uma Merda!


Autor: Eubalena ~ 15 de dezembro de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Sem categoria.

Um dia conhemos alguém, trocamos telefone, e-mail, saímos para conversar e quando nos damos conta, a pessoa já é frequentadora da nossa casa e da nossa vida e, em alguns casos, dividindo a cama, mesmo estando, nós, com a perna cabeluda. E isso é o que chamamos de intimidade.

Mas o que é intimidade? Segundo o dicionário, é a qualidade de íntimo. Que, por sua vez,  é aquilo que atua no interior, doméstico, familiar.

Para muitos, intimidade é poder participar ativamente da vida de outra pessoa. Para outros é fazer xixi de porta aberta. Ou seja, a intimidade tem vários níveis. Mas, a única coisa que a intimidade faz, em qualquer um deles, é prejudicar um relacionamento.  Em outras palavras, intimidade demais atrapalha.

Intimidade e liberdade, apesar de parecerem se completar, não podem fazer parte do mesmo pacote. Ter intimidade com alguém não significa que temos liberdade para viver a vida junto com ela. Porque existe uma grande diferença entre fazer parte da vida de alguém e viver a vida de alguém.

Mas por que intimidade acaba com relacionamentos? Pelo simples fato dela, na grande maioria dos casos, causar preguiça. Preguiça de reacender a chama sempre. E isso não cabe somente aos relacionamentos amorosos. Isso é crucial até para as amizades. Quando se é bastante íntimo de alguém, não sentimos mais a necessidade da conquista. E, sem a conquista diária, as amizades e os amores se vão.

Assim, um textinho curto mas de coração.

Beijos

Euba


Diário de Casamento: O Chá de Cozinha do Noivo


Autor: Eubalena ~ 30 de novembro de 2010. Categorias: Mona em Família, Sem categoria.

Semana passada (dia 20), tivemos o grande prazer de realizar nosso chá de cozinha com os amigos mais chegados e família. Eu digo nosso chá de cozinha, pois eu participei sim! Hoje em dia a moda é fazer o chá de cozinha com o noivo e seus amigo e família também e, se não fosse moda eu participaria de qualquer jeito, porque pra mim é muito mais divertido assim.

Como íamos juntar os amigos e família de ambos, o que deu mais ou menos 60 pessoas, pedimos “emprestada” uma grande casa de um dos pais de um dos padrinhos, que são muito legais e na hora toparam a proposta.

Com o local acertado, faltava descobrir o que se costuma dar de lembrança aos convidados do chá de cozinha. Coincidentemente, estávamos eu e Midori vendo TV um dia e uma matéria estava meio que fazendo propaganda de uma loja super chique daqui que faz lembranças para todas as ocasiões, inclusive chás de cozinha, e daí tiramos a idéia do que dar.

Como a Midori curte muito trabalhos manuais e o orçamento do casamento está muito curto (aceitamos doações!), ela resolveu fazer a colagem de uma colher de pau com laços e bilhete de agradecimento, juntamente com a participação fundamental do noivo solicito que vos escreve agora.

No começo da festa chegaram poucos amigos que até nos ajudaram nos finalmentes, mas depois de um tempo começou a chegar gente e gente e gente e geeeeente…. tanta que já estávamos sem cadeiras na casa para todos e o negócio começou a ficar bom demais. Como vocês devem imaginar, nesta altura eu e Midori estávamos correndo feito doidos com tanta gente para recepcionar, servir e eu ainda fiquei de DJ da festa.

No auge da festa (muvuca?) alguns padrinhos resolveram que os noivos não podiam passar ilesos (sem as brincadeiras) da festa e resolveram botar-nos para pagar um mico básico, pedindo para que as pessoas contassem alguma situação constrangedora que viram-nos passar, para cerca de 60 pessoas. Apesar de eu não lembrar de algumas das situações contadas, foi bem divertido relembrar de algumas.

Com toda a correria nossa, nem tivemos tempo de abrir a montanha de presentes que começou a se formar em um canto destinado a isso e somente quem ficou no final da festa pode ver o que ganhamos, pois começou a parte que a Midori mais gosta, abertura dos presentes.

Foram tantas coisas legais e até que se dão apenas no casamento, que ficamos surpresos além de muito felizes. Para terem uma idéia, eu não consegui colocar tudo no meu carro e tivemos que ir buscar metade dos presentes em outro dia. A Midori parecia uma criança com os olhinhos brilhando de felicidade toda vez que abria mais um.

Jônatas – O Noivo.


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 17 de setembro de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Sem categoria.

Apesar de tudo, eu serei justa! Não posso falar mal do Restart tendo sido a feliz proprietária de um LP do Menudo. Não posso criticar a filha da minha amiga e a sua calça amarelo cheguei se eu sou dos anos 80.
Mas posso achar estranho ver milhares de meninas achando lindo um vocalista que é assim, uma versão masculina da Malu Magalhães vestida de Zé Bonitinho?

Hoje a tortura é para lembrar que não devemos perder a pouca fé que ainda temos na humanidade. Já vimos tudo isso antes… Só que com roupinhas de lycra e sotaque porto-riquenho.

O negócio é não se reprimir!

Euba


Rap do Star Wars


Autor: Mafalda ~ 17 de setembro de 2010. Categorias: Sem categoria.

Já vi de tudo sobre Star Wars: paródias, dancinhas em parques temáticos, animações,  mas este vídeo eu não tinha visto ainda. Você já viu?

O Rap do Star Wars

PS com Recadinho:
Amanhã: sábado – 17/09 – vai passar na JustTv minha entrevista no programa E-Farsas falando da Monalisa de Pijamas, do Monacast e também do blog de tiras em quadrinhos da Pluma, a gata.
O horário do programa é 18:30. Para acessar a JustTV- clique aqui!


Diário de casamento – Fechando contrato com o Buffet.


Autor: Eubalena ~ 27 de agosto de 2010. Categorias: Sem categoria.

Como comentei com vocês, a melhor parte do casamento é a degustação da comida, seja um jantar ou um coquetel. Pois bem, conseguimos enfim fechar o buffet, não faremos mais jantar e sim um coquetel apenas para família e padrinhos.

O primeiro contato que tive com o buffet foi através do site e lá encontrei o e-mail para pedir um orçamento. Desde o primeiro momento fui bem recepcionada, troquei e-mail com a secretaria Rosa a qual me respondeu a todos e ligou para marcarmos uma degustação. Eu disse a ela que veria depois, pois precisávamos fechar com a igreja primeiro, para garantir a data do casamento. Logo que fechamos com a igreja mandei um e-mail dizendo que gostaríamos de fazer a degustação, poucas horas depois a Rosa me ligou. Acho importante a presteza do atendimento, me transmitiram muita confiança com essa atitude.

No dia da degustação fomos muito bem atendidos pela dona do buffet, Helena, que justamente leva o nome dela. Primeiramente contou-nos que é de Ribeirão Preto/SP, onde a família já tem um buffet há 21 anos, super conceituado lá. E como veio morar aqui em Brasília resolveu abrir aqui também. A Helena é uma flor de pessoa, muito atenciosa, carinhosa, cuidadosa e muito bem humorada.

A comida, hummm, só de pensar dá água na boca, muito bem feita e deliciosa. Saí de lá maravilhada com a diversidade de salgados e sucos, que o meu favorito foi o de cajá-mirim, nunca tinha bebido e nem escutado o nome dessa fruta.

Disse também que irá pessoalmente ao nosso evento fiscalizar e nos atender da melhor maneira possível. Procura não realizar dois eventos na mesma data de modo a prezar pela qualidade do serviço, isso para mim foi primordial na decisão. E decidimos que seria ela que faria o nosso coquetel.

Aí passamos para a minha sogra a nossa decisão que ficaríamos com o Helena Buffet, pois foi indicação dela. Ela ficou super feliz e logo pediu-nos para fechar tudo. Mas quando mostrei o orçamento a minha mãe, achou um pouco caro, mesmo eu mostrando o valor de outros buffets com quase o dobro do valor do Helena Buffet. Tentei convencê-la de que era muito bom e que minha sogra tinha concordado. Aí minha mãe pediu para que eles fossem comigo para conhecê-la e conversar sobre o trabalho. Marquei de ir ao buffet com meus pais no dia do jogo da Alemanha X Argentina, meu pai quase não foi porque ele queria ver, mas precisávamos definir se ficaríamos com o buffet ou não, então ele foi, mas o Jônatas não foi pelo mesmo motivo. Bom, fomos lá e minha mãe conheceu a Helena, tirou dúvidas, chegamos até a degustar e ficou convencida de fazermos com ela, neste dia fechamos contrato e saí de lá feliz e satisfeita. Depois de tudo, meu pai chegou até mim e disse que tinha gostado tanto do atendimento quanto dos salgados e que estava feliz por acharmos um buffet muito bom.

Não tenham medo de pesquisar, pedir orçamentos, negociar bastante, degustar em todos os buffets se necessário, pois valerá a pena no final. Nada melhor que fazer do seu jeito, do seu gosto, além do mais será um momento único na sua vida e precisa ser o melhor, que você puder arcar.

Áurea – A noiva.


Pré-post: Tudo começou assim…


Autor: Eubalena ~ 20 de junho de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Sem categoria.

Atenção: Este texto possui palavras de cunho sexual.

O meu texto desta semana, que será publicado na quarta-feira, começou com uma pergunta lançada no skype para alguns frequentadores assíduos da nossa blogosfera . Eu achei a conversa tão engraçada  que resolvi publicar antes. Aqui vocês encontrarão o que está por vir no post!
Ver o texto completo »


Torturas da Euba VII


Autor: Eubalena ~ 29 de maio de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Sem categoria, Torturas da Euba.

Você me secando e eu virando água!

Precisa falar mais alguma coisa?

Será que é porque ela vai casar com o Xuxa? Assim, Xuxa, natação, água… sacou?


P.D.E – Projeto Desembaranga Euba – 6º Post


Autor: Eubalena ~ 26 de maio de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Sem categoria.

Hoje tive consulta com a nutricionista e sua balança ninja. Fiquei decepcionada. Não comigo, porque realmente estou levando a sério, mas em ver um grande esforço não resultar em muita coisa.

No dia 12/05, a nutricionista me pesou e eu eliminei nestas 2 semanas muito pouco, mas muito pouco mesmo.

Inclusive, a massa muscular que deveria aumentar e a gordura que deveria baixar fizeram exatamente o oposto.

A nutricionista acha que pode ser por eu não estar me alimentando corretamente antes e após a atividade física. Ela pediu para eu comer carboidrato integral antes e depois da academia.

Por outro lado, aquele questionário que ela fez no início do tratamento foi refeito hoje e os números melhoraram bastante.

Em outros tempos, depois do resultado da pesagem de hoje, eu teria me entupido de alguma coisa extremamente engordativa… Mas hoje me controlei e continuei fazendo tudo certo.

A aula de dança que começaria hoje ficou para amanhã e estou bem inclinada a contratar um personal (não o papel higiênico, um professor só para mim!)

Resultado da balança ninja:

Peso: 76, 400 Kg

Gordura: 40,5 %

Massa óssea: 2,5 Kg

Água: 43,3%

Massa muscular: 18,9Kg

Resumindo… Vou ter de voltar para a reposição de cálcio, corrigir algumas coisas na dieta, mudar a rotina de atividade física. Enfim, mudar tudo de novo.

Diário Alimentar:

Café: banana

1 fatia de pão integral

Almoço: salada de acelga, beterraba e pêssego

Acelga refogada

Legumes refogados

1 colher de servir de arroz integral

1 concha de feijão.

Lanche 1: 1 pão de queijo sem queijo

Lanche 2: 1 barra de cereal

Jantar: Sanduíche de pão integral com salada.

Eu ai postar a receita do pão de queijo sem queijo, mas fique com preguiça de ir lá buscar a receita. Amanhã eu posto!

Beijos (hoje tristonhos)

Até amanhã.

Euba


Torturas da Euba VI


Autor: Eubalena ~ 18 de maio de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Sem categoria, Torturas da Euba.

Sabe aquelas coisas que te dão uma vergonha tão grande que chega até a doer?

Pois é, foi o que eu senti agora. Depois de ver isso, só uma dúvida me queima na alma:
Cadê a mãe desta criatura que deixou a filha fazer isso, meu deus?

PS: se Justin fosse meu filho, já tinha levado o moço lá na Barbearia Alves e pedido pro Mudo cortar aquela franja irritante.


Diário de Casamento: O Noivo e os Noivinhos em Biscuit


Autor: Eubalena ~ 17 de maio de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Sem categoria.

Noemi Galasso
(61)3963-5944 ou 9602-2762
www.elo7.com.br/noemigalasso

Hoje o assunto são os noivinhos que de uns 4 anos prá cá viraram moda em todo casamento que se preze. Isso porque eles são bem bonitos e podem chegar a ficar a sua cara, dependendo do artista que você contratar e da especialidade dele na área.

O preço deles varia muito de acordo com o material a ser usado, a quantidade de material e da experiência de quem faz essas obras de arte.

Felizmente posso dizer que eu e Midori não vamos pagar nada nem pelos noivinhos em Biscuit e nem pelo portas-guardanapo, também feitos em Biscuit. Isso porque temos duas artistas na família, a minha irmã Noemi Galasso e a irmã da Midori, Alda Mieko que vão nos dar de presente esses lindos enfeites.

Como minha irmã faz noivinhos de Biscuit desde 2006 ela, que já tinha feito os noivos e as lembrancinhas no casamento do meu irmão, se ofereceu para fazer os nossos noivinhos. Sempre gostei muito do trabalho fantástico dela e tenho certeza que os nossos noivinhos serão lindos (ainda mais pela propaganda que fiz agora! =D) e ficarão ótimos no topo do bolo.

O melhor de tudo é ver que ela trabalha com o que gosta, o que sempre faz com que o trabalho saia melhor ainda. Pra vocês terem uma idéia, agora ela inventou de fazer os cabelos das noivas em linha, o que dá um ar mais vivo ainda às peças e algumas delas até são articuladas como num Action Figure!

Já a irmã da Midori começou ano passado, mas já mostra ter grande habilidade nesta arte com diversos trabalhos muito bons realizados.

Fico feliz em ver que pelo menos com isso eu e Midori não precisamos nos preocupar, pois estamos em boas mãos.

Se vocês ficaram interessados nesses trabalhos entrem em contato com elas pelos emails, sites e telefones que estão abaixo da foto de um dos trabalhos de cada uma.

Alda Mieko no Orkut
E-mail: anjo_mieko@pop.com.br

Jônatas – O Noivo





Busca

© 2007-2018 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br