Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Categoria: animais


Animação : fast food deixa até os animais da África gordos !


Autor: Mafalda ~ 15 de março de 2013. Categorias: animais, Mona POP, MonaCine, Sofá da Mona.

E se os animais da África comessem em fast food ? Imagine a chamada no jornal: obesidade chega à Africa e atinge até os animais selvagens! :)

Assista esta divertida animação:


Bichos fofos: bebês Morcegos


Autor: Mafalda ~ 16 de julho de 2012. Categorias: animais.

Li uma vez uma reportagem sobre animais em perigo de extinção. E os que estavam mais em perigo seriam aqueles considerados “feios”, entre eles: o morcego.

Então aqui dois vídeos de bebês Morcegos fofos! Mas aviso às crianças: não saiam por aí adotando bebês morcegos. Apesar de fofinhos, são animais que podem transmitir doenças graves.

Bebê morcego com soluços:

E o Morcego mais Fofo do Mundo:


Cachorros são estrelas no clipe da banda Ok Go – White Knuckles


Autor: Mafalda ~ 9 de abril de 2012. Categorias: animais, Mona POP.

Chamem as crianças para ver este vídeo do grupo OK Go com os cães amestrados! Elas vão adorar. ;)
Veja também, no final do vídeo, o link para as cenas que deram erradas (muitas, claro) e foram cortadas.
Acho que esta é a música que mais gostei deles.

E já que eu falei de chamar as crianças, veja também o OK Go com os Muppets!

E olha só Coró e o cãozinho Arthur dançando ao som de Ok Go! Lindos!!! :) (tem que aumentar o volume do som para escutar, pq ficou baixinho…) Adorei, Euba!


Cachorro atravessa a faixa de pedestres só com as duas patas


Autor: Mafalda ~ 21 de março de 2012. Categorias: animais.

Veja só como este cachorro atravessa a rua, só com as patas traseiras. Será que é para impor mais respeito ou ele estava desesperado para chegar ao outro lado? :)


Respeito!


Autor: Eubalena ~ 16 de março de 2012. Categorias: animais, Mona em Família.


Nunca pensei em morar numa casa, mas resolvi que era hora de passar por esta experiencia por causa da minha filha e de seu amigo, o cachorro.

Sabe felicidade? Era isso que minha filha de 6 anos exalava. Ter um quintal para correr com seu cachorro, um viralatas de pouco menos de 2 anos adotado em um abrigo, era o paraíso para ela.

Um dia a menina brincava com seu vizinho na calçada em frente a casa sob a vigilância dos pais. Segundos depois de entrarem em casa, enquanto o pai fechava o portão da casa, o cachorrinho fugiu e atravessou a rua correndo. Uma van, em alta velocidade, atropelou e matou o cachorro instantaneamente e não parou para ver o que atropelou. “Porque um cachorro é só um cachorro…”

Claro, muitos dirão, não foi culpa da van, já que o cachorro fugiu. Sim, não existe culpa por ter atropelado o animal, o cão realmente fugiu por descuido de um adulto. Mas o motorista foi culpado por ter matado o cão. A velocidade na qual este motorista dirigia o impediu de parar o carro e também o impediria caso não fosse um animal (como se isso diminuísse a importância da vida e o amor que uma criança sentia por seu cão), o impediria se fosse uma criança, um ciclista, um cadeirante, se fosse eu, se fosse você.

E não pense que isso jamais acontecerá com você. Ninguém está livre de aparecer, do nada, uma criança na frente do seu carro, correndo atras de uma bola. Veículos são pesados. Imagine o que fez uma van em alta velocidade em um cão de 6kg? Não teria sido menos pior se fosse uma criança de 20kg.

Não adianta ficar triste, chorar, pedir desculpas. O importante é não desrespeitar o as leis de trânsito. Podemos não acabar com os acidentes, mas eles podem ser mais leves, menos graves e serem acidentes realmente, aquilo que acontece inesperadamente. Quando se corre, quando se bebe antes de dirigir, quando não se respeita as normas de trânsito, assume-se o risco de matar alguém, de morrer.

Segundo o DENATRAN – Departamento Nacional de Trânsito, a velocidade
máxima permitida para cada via é indicada por meio de placas. Onde não
existir sinalização, vale o seguinte:

Em vias urbanas:
•80 km/h nas vias de trânsito rápido.
•60 km/h nas vias arteriais.
•40 km/h nas vias coletoras.
•30 km/h nas vias locais.

A punição ao motorista não serve para nada se não existir a conscientização de todos. Os “pequenos” desrespeitos as leis de trânsito transformam os veículos em armas.

A palavra-chave para o trânsito é RESPEITO, respeito ao próximo, respeito às leis, respeito à sua vida. Só assim poderemos todos viver em paz: veículos, bicicletas e pedestres.

Divulgue, compartilhe! Vamos lutar por um trânsito melhor!


Sapos e lagartos x tecnologia


Autor: Mafalda ~ 4 de janeiro de 2012. Categorias: animais.

Tem coisa mais divertida que zoar com seu animal de estimação?! Sabe quando você coloca a luz da lanterna ou o reflexo do espelho para seu cachorro ou gato correr atrás? Sim, brincadeiras divertidas – nada cruel, é claro – que rende boas risadas e gastam a energia do bichinho.

Este aqui resolveu enganar o pobre sapo com a tecnologia. Mas o sapo se vingou, mordendo o dedo do rapaz. ahahahah. Bem feito!

Owww… essa formiga não tem gosto! E a cara de “Não to entendendo” do coitado do lagarto. (Lembrei da Phoebe, vendo este bichinho simpático)

E tem aqueles que ficam horrorizados! Deve ser o camaleão da Rapunzel, que ficou preso a vida toda naquela torre.


Julia Roberts – a Espanta cachorros


Autor: Mafalda ~ 11 de outubro de 2011. Categorias: animais.

Julia Roberts, uma linda mulher, também é espanta cachorros. Por que será que o animal ficou com medo dela? Será o olhar do mal, cheio de lápis e rimel, que ficou parecido com os olhos de um husky siberiano?


Imagem do dia: Gato camaleão


Autor: Mafalda ~ 5 de setembro de 2011. Categorias: animais, Imagem do Dia.

Nos meus rabiscos, sempre gosto de desenhar o Bingo – gato personagem de quadrinhos que tenho – do mesmo jeito que esta foto.

fonte da imagem: http://weheartit.com/entry/13820838


Salvando o bebê beija-flor


Autor: Mafalda ~ 23 de agosto de 2011. Categorias: animais.

O dublador e diretor de dublagem Guilherme Briggs, amigo da Monalisa de Pijamas, publicou na sua página do facebook este vídeo de um rapaz que acolheu e cuidou como um pai (ou uma mãe ) um bebê beija-flor. Muito lindo o vídeo (e amo pássaros)! Só fiquei pensando: será que o pequeno beija-flor voltou para a natureza ou ficou domesticado?


Um cachorro chamado “Can do”


Autor: Mafalda ~ 17 de agosto de 2011. Categorias: animais.

Este pequeno cachorro que nasceu só com as duas patas traseiras lembrou-me do lindo e grande Zulu, cão da família da Phoebe, que também só tinha duas patas – só que as da frente – e corria por aí com um carrinho de rodas acoplado ao corpo.

via @eduardo_sales





Busca

© 2007-2017 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br