Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Diário de Casamento: O Chá de Cozinha do Noivo


Autor: Eubalena ~ 30 de novembro de 2010. Categorias: Mona em Família, Sem categoria.

Semana passada (dia 20), tivemos o grande prazer de realizar nosso chá de cozinha com os amigos mais chegados e família. Eu digo nosso chá de cozinha, pois eu participei sim! Hoje em dia a moda é fazer o chá de cozinha com o noivo e seus amigo e família também e, se não fosse moda eu participaria de qualquer jeito, porque pra mim é muito mais divertido assim.

Como íamos juntar os amigos e família de ambos, o que deu mais ou menos 60 pessoas, pedimos “emprestada” uma grande casa de um dos pais de um dos padrinhos, que são muito legais e na hora toparam a proposta.

Com o local acertado, faltava descobrir o que se costuma dar de lembrança aos convidados do chá de cozinha. Coincidentemente, estávamos eu e Midori vendo TV um dia e uma matéria estava meio que fazendo propaganda de uma loja super chique daqui que faz lembranças para todas as ocasiões, inclusive chás de cozinha, e daí tiramos a idéia do que dar.

Como a Midori curte muito trabalhos manuais e o orçamento do casamento está muito curto (aceitamos doações!), ela resolveu fazer a colagem de uma colher de pau com laços e bilhete de agradecimento, juntamente com a participação fundamental do noivo solicito que vos escreve agora.

No começo da festa chegaram poucos amigos que até nos ajudaram nos finalmentes, mas depois de um tempo começou a chegar gente e gente e gente e geeeeente…. tanta que já estávamos sem cadeiras na casa para todos e o negócio começou a ficar bom demais. Como vocês devem imaginar, nesta altura eu e Midori estávamos correndo feito doidos com tanta gente para recepcionar, servir e eu ainda fiquei de DJ da festa.

No auge da festa (muvuca?) alguns padrinhos resolveram que os noivos não podiam passar ilesos (sem as brincadeiras) da festa e resolveram botar-nos para pagar um mico básico, pedindo para que as pessoas contassem alguma situação constrangedora que viram-nos passar, para cerca de 60 pessoas. Apesar de eu não lembrar de algumas das situações contadas, foi bem divertido relembrar de algumas.

Com toda a correria nossa, nem tivemos tempo de abrir a montanha de presentes que começou a se formar em um canto destinado a isso e somente quem ficou no final da festa pode ver o que ganhamos, pois começou a parte que a Midori mais gosta, abertura dos presentes.

Foram tantas coisas legais e até que se dão apenas no casamento, que ficamos surpresos além de muito felizes. Para terem uma idéia, eu não consegui colocar tudo no meu carro e tivemos que ir buscar metade dos presentes em outro dia. A Midori parecia uma criança com os olhinhos brilhando de felicidade toda vez que abria mais um.

Jônatas – O Noivo.


Diário de casamento – Chá de Panela


Autor: Eubalena ~ 24 de novembro de 2010. Categorias: Mona em Família.

Neste mês, dia 20, realizamos o nosso chá de panelas, um pouco antecipado devido às festividades posteriores. O recomendado é fazer o chá de panelas faltando 1 mês para o casamento, pode ser feito com o casal ou apenas a noiva, nós optamos por fazer o casal.

Primeiro tentamos definir a lista de convidados,  já que não tem necessidade de chamar todos que vão ao casamento, depois o local que vamos fazer a festa e deixar uma lista de presentes em algumas lojas. Você também pode sugerir o que quer ganhar para cada convidado no convite, não é deselegante.

Eu e Jônatas deixamos listas de presentes em 3 lojas, para os convidados terem uma opção maior e verem o que realmente necessitamos, e com isso, facilitando a troca dos presentes, caso haja algo repetido, sem dor de cabeça.

Uma amiga minha ajudou a montar o convite pelo word mesmo, achamos uma foto legal, digitamos os dizeres tradicionais de um convite, coloquei o nome das lojas que estavam a lista de presentes. Depois comprei um papel bonito, um pouco enrugado, convite em lilás, fechei com a foto do convite no tamanho de selos e pronto. Saiu a minha cara.

A comida foi fácil para nós, com uma mãe mineira e disposta a preparar foi moleza. Servimos pães, pasta de beringela, salgadinhos variados, pernil fatiado com cebola refogada, carne bovina cozida fatiada com cebola refogada. Para beber foi servido, refrigerante e sucos. O bolo que ganhamos da doceira Marina, todo enfeitado com utensílios de cozinha, a coisa mais fofa e mais gostosa que já comi. Usamos descartáveis, mais prático para a faxina final.

Ganhamos muitos presentes, recebemos amigos muito queridos e pagamos um pouco de mico. Dois padrinhos do lado do Jônatas chamaram a atenção para fazer uma brincadeira, pedindo para uma pessoa de cada lado contar um fato engraçado ou como nos conhecemos, depois eles pediram para nossos pais falarem como conheceram os futuros nora e genro. Depois um padrinho de cada lado contou um mico nosso ou momento marcante.

Fizemos mais uma reuniãozinha para amigos, no fim das contas. Mas amei cada momento. Não parei um minuto se quer, ajudando a repor a mesa, cumprimentando amigos e fazendo sala um pouco com cada convidado.

Já as lembrancinhas, o que não é obrigatório, fizemos um cartão em agradecimento pelo comparecimento e colaboração da montagem da nossa casa e fiz lacinhos para colar em colheres de açucareiro, feitas de madeira. Fez o maior sucesso. Teve até disputa por esta colher.

Toda festa dá um certo trabalho, pirei porque achei que não daria tempo para preparar tudo, mas no final deu tudo certo.

Qualquer festa que você fizer ficará legal, basta um pouco de criatividade e disposição para os preparativos. Aprendi que o simples agrada muito mais que o chique e caro.

Áurea – A Noiva.


Diário de Casamento: O Chá de Lingerie


Autor: Eubalena ~ 1 de junho de 2010. Categorias: Mona em Família.

Outra novidade que está virando moda no ramo casamenteiro é o Chá de depravadas… Quer dizer…. De Lingerie! Para aquelas noivas que já tem todos os utensílios de que precisam em casa ou querendo mesmo é meter o pé na jaca é uma ótima pedida.

É um encontro despojado onde somente é permitida a entrada de mulheres (e o noivo fica na porta se quiser) em que a noiva ganha um monte daquelas lingeries bem carinhas. Esse evento pode ser organizado pela própria noiva ou mesmo pela madrinha dela e pode ser feito em uma loja especializada ou até mesmo em um motel, que também é conhecido como Chá de Motel.

Esses chás são normalmente feitos nos finais de semana entre as 16 e 20 horas e são servidos apenas petiscos que lembram romance como docinhos em forma de coração, mas nada muito pesado, mesmo porque a noiva e as amigas dela devem estar com as mãos BEM OCUPADAS nessa hora…

As noivas que mandarem convites para o evento, devem escolher modelos elegantes e sensuais, com foto ou ilustrações que já poderão dar uma idéia de como será a “festinha”. Eu sei que rolam também altas brincadeiras como vendar a noiva e pedir para ela adivinhar qual é a lingerie que ela ganhou e se ela errar tem que pagar um mico como fazer uma declaração de amor à sogra, tentar colocar a caneta na garrafa (eu nem quero imaginar o que é isso!), vestir um vestido de noiva de papel higiênico e mais o que as mentes pervertidas das amigas da noiva inventarem na hora.

Para mim essa idéia surgiu da inveja das mulheres da mais do que famosa despedida de solteiro dos homens. Tanto que em alguns casos essas “chás” contam com “profissionais” que são bem animados, (If you know what I mean) e fazem strip teases e até dão aulas disso para a noiva e suas amigas.

O importante é combinar com a sua noiva para que ambos tenham o mesmo direito de se divertir e, se ela for querer homens bombadões de tanguinha no evento, nós também temos o direito de ir num bar de strip receber lap dances de presente dos padrinhos, coisa que vai durar na sua mente tanto quanto uma lingerie dura na noiva.

P.S.: Para quem mora em Brasília nós recomendamos a loja Santa Ousadia que fica na SHCS 302/303 Sul loja 136 do Shopping Fashon Mall e o telefone é (61) 3226-3025

Jônatas – O Noivo


Diário de Casamento – Despedida de Solteira


Autor: Eubalena ~ 26 de maio de 2010. Categorias: Cantinho das Monas.

Uma das partes mais divertidas nos preparativos do casamento é a despedida de solteiro. Hoje em dia temos uma variedade de estilos para tal despedida as quais são muito divertidas. Há muito tempo se falava apenas em chá de panela (ou chá de cozinha) para as mulheres, mas hoje mudou esse conceito, temos também o chamado “chá de lingerie” que tem agradado a todas.

Quem não gosta de ganhar uma lingerie para agradar o seu amado, ainda mais para um momento tão especial que é a noite de núpcias?

Para quem não conhece o chá de lingerie irei explicar, mais ou menos, pois nunca fui a um e sei por relatos de amigas. Pode ser realizado na casa da noiva, em um salão alugado, ou até mesmo na loja que oferece tal serviço, a noiva pode fazer também uma lista de itens que quer ganhar ou a loja onde fará o chá colocará a disposição das amigas da noiva comprar lá mesmo. No chá é realizado brincadeiras, como no chá de panela, temos palestras sobre como seduzir nosso companheiro e apimentar a relação para não cair na rotina, tem até aulinha de striptease. Em alguns casos, contratam stripers para animar mais a festa. É totalmente vedada a entrada de homens, a não ser os stripers, na festa. Então imaginem como não é divertida e o quanto podemos nos soltar, com todo respeito.

Uma amiga do Jônatas e dona de uma loja de lingerie que oferece esse serviço e fomos conhecê-la e ver o que ela tinha para oferecer. A Maria Juliana nos contou que sempre faz esse tipo de evento para as noivas e elas adoram, até voltam levando outras amigas para fazer o chá lá e até mesmo para comprar novas lingeries e ver novos cursos para se matricularem. Ela mostrou-nos a sessão sex que ela oferece, materiais de todo o tipo, vai de fantasias para ambos até velas que não queimam o corpo e são comestíveis, tudo para dar uma animada na relação e não deixar cair na rotina.

Ela contou uma novidade que está nos planos para um futuro bem próximo. Ela está preparando uma casa para a realização dos eventos, para as palestras, despedida de solteira, com direito a massagem relaxante, brincadeiras, garçons com apenas tanguinhas para aliviar nossos olhos de tanta mulherada junto, tem tudo para fazer sucesso. Para quem se interessou os contatos da loja dela encontrasse no site http://santaousadia.com.br/, ela é uma pessoa maravilhosa, eu recomendo.

Já o tradicional chá de panela (ou chá de cozinha) pode-se realizar só com a noiva ou com os dois. Hoje em dia o casal opta por fazer juntos, assim economiza para a lua de mel. Tem a famosa lista de itens que precisa para completar a cozinha, as brincadeiras elaboradas pela família e padrinhos dos noivos, muita comida e bebidas. Claro que as brincadeiras os noivos não podem elaborar, senão que graça teria as prendas. Além de ser muito bom ganhar presentes o que mais importa é a reunião de amigos e famílias de ambas as partes se divertirem e compartilharem um momento tão especial.

Ainda não me decidi o que farei para minha despedida, estou pensando em seriamente em fazer as duas, hihihi, senão ficar muito caro.

Áurea – a noiva





Busca

© 2007-2019 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br