Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Legendas dO que estou pensando? #81 com Tom Cruise e Katie Holmes


Autor: Mafalda ~ 12 de março de 2012. Categorias: Que estou pensando?.

Oh my god! Sai da frente Tom, o Justin Bieber chegou!
@rodrigoigo

Uau!!! Fui escolhida para ser a Chiquinha da nova versão do Chaves!
@noigandresrocha

FOM! FOM!
@andreruz

– Tom, meu hálito tá bom? Ahhhhhh..
– Cruises!!
@GustavoCarnelos

Quê isso novinha?! haha
@Rigel_Ab

Tom: Sem as mãos!
@leo_mogli

Surpresa!!!!!!!!!!!!!!!
@jehh_capelini

O que???? Você comprou ingressos pra gente ir pra Disney? Ypeeee!
@luisgaravello

Vê se to com feijão no dente!?
Vanessa

Pra que essa boca tão grande?
Pra te devorá!
@c2q6600

Querido, sente se eu estou com mau hálito…
Falcão Azul

Aaaaaahhhhh, mais limite no meu cartão de crédito?
@PattyAlvez

Não é que a Euba tinha razão? Você tem MESMO cara de pinico!
Falcão Azul

UUUI… o que é isso no seu bolso?!? será um Oscar?!?!? O.O
guime_

AAAAh, eu acho que vi um gatinho!!!
@beneportela

Mas que nariz grande vc tem !!!
Mary

Amor…ela ta dizendo que minha obturação caiu,confere ai!
@davinederecife

Minha filha, sou ator não dentista!
@beneportela

Ai se eu te pego, ai ai se eu te pego!
@beneportela

- Cruise, você está armado?
– Não, tô feliz em te ver.
@radaga

Por acaso vc esta usando um Louboutin ?
@rodrigoigo

Cacete! O Tom Cruise tá me encoxando.
@ronaldcurtis

Posso adivinhar? Comeu feijoada hoje, né?
@andreruz

WHAT? Não eram Gummy Bears? Vou pegar as balinhas pra mim!
@DiasCamila

Continua cheirando cebola e a couve ainda não saiu.
@wilsonr_

A mulher tem 1 palmo de largura, ou a mão do Tom Cruise é grande mesmo?
@andreruz


Oscar 2009 – Melhor Canção Original


Autor: Eubalena ~ 3 de março de 2009. Categorias: Mona POP.

Muito já se falou (negativamente) sobre as indicações nesta categoria. Pra começar aconteceu de terem sido indicadas apenas três canções, mas acho que todos já passaram da fase de indignação por isso.

Depois, tivemos o choque das próprias indicações. Várias canções lindas foram deixadas de fora, como The Wrestler, de “O Lutador” (escrita e interpretada por Bruce Springsteen e vencedora do Globo de Ouro) e I Thought I Lost You, de “Bolt – Supercão” (escrita por Miley Cyrus e interpretada por ela, juntamente com John Travolta, que também foi indicada ao Globo de Ouro). Mas acho que todos também já passaram dessa fase de indignação.

Falo das três indicações:

Primeiro, “Down to Earth, do filme “Wall-E”. A música composta por Peter Gabriel e Thomas Newman, com letra de Peter Gabriel, é a melhor maneira de encerrar o filme, que é encantador. Foi indicada ao Broadcast, a Globo de Ouro e ao Satellite, ganhou o Grammy e o World Soundtrack Awards. Peter Gabriel tornou-se famoso por ser o vocalista, flautista e líder da banda de rock progressivo Genesis, e suas canções constam em trilhas sonoras de filmes como “Filadélfia” e “Cidade dos Anjos”. Mesmo assim, esta é sua primeira indicação ao Oscar. Por outro lado, é a décima de Thomas Newman, lembrado por filmes como “Procurando Nemo” e “Beleza Americana”. O que falar da canção? Que é uma das mais lindas que já ouvi. Ela é leve, delicada, e nos faz terminar o filme com aquela sensação de ter visto uma verdadeira obra de arte. Por que não ganhou? Não sei. Alguém me explique, por favor.

Em seguida, temos O Saya, do filme “Quem Quer Ser Um Milionário?”, música de A. R. Rahman (que venceu também a categoria Melhor Trilha Sonora Original), com letra de A. R. Rahman e Maya Arulpragasam. Como não foi indicada a nenhum outro prêmio, a inclusão desta canção entre as indicações a esta categoria gerou muita estranheza. Com uma batida bastante eletrônica, cheia de efeitos que ouvimos nas músicas dance, a canção dos créditos iniciais do filme não impressiona. É daquelas que realmente pensamos “o que está fazendo aqui?”. Por que ela foi indicada? Não sei. E acho que ninguém sabe explicar.

Por fim, temos a canção vencedora. Jai Ho“, também do   filme “Quem Quer Ser Um Milionário?”. A música dos créditos do filme, composta por A. R. Rahman, com letra de Gulzar, concorreu ao Broadcast e ao Satellite. “Jai Ho” começou fazendo sucesso por estar no trailer do filme. É uma canção diferente do que estamos acostumados, sim. Não sou extrema conhecedora de música indiana, mas posso dizer que a sonoridade diferente é resultado do sistema indiano de afinação, que usa até quartos de tom na sua música (na música comum aos nossos ouvidos, o menor intervalo usado entre duas alturas é de meio tom). Claro que ela é difícil de ser executada e tem uma sonoridade diferente. Para nós, meros ocidentais. Não para os indianos. A melodia da canção é bastante tradicional, por assim dizer, e sua inovação está na batida dançante que passa pelo sabor latino e traz até uma pequena estrofe em espanhol. Ouvi a música. Não vi o filme. Talvez por isso não tenha entendido o prêmio.

Eu passei das duas fases de indignação que falei antes. Mas ainda não passei da fase “porque foi essa a canção vencedora?”. Talvez depois de assistir o filme eu entenda. Aceito explicações!

Luana Lied Zapata


A arte delas: Cate Blanchett


Autor: brunomendonca ~ 9 de janeiro de 2009. Categorias: Mona POP.

Desde que entendi que o Monalisa de Pijamas não é só um blog de mulherzinha virei leitor e fã. Fã de carteirinha, do tipo que manda e-mail e participa. Quando recebi um convite da Mafalda para assinar uma coluna semanal, não pensei duas vezes e cá estou.

Bruno Mendonça

Sou Bruno Mendonça, publicitário de Curitiba, cinéfilo de carteirinha e que procura desesperadamente uma blogueira para chamar de minha. Mantenho o um blog chamado Salve a Rainha e já participei de algumas edições do RapaduraCast.

Irei assinar esta coluna batizada de “A arte delas”, mostrando a importância de grandes mulheres no cinema, literatura, música e artes em geral. Porém, friso desde já que acabarei falando muito mais de cinema que é a minha praia.

E para começar escolhi uma atriz que causará a inveja de muitas mulheres esse ano: Cate Blanchett. Ela divide a tela com Brad Pitt, em O Curioso Caso de Benjamin Button, filme que conta a história de uma criança que nasce com 80 anos e vai rejuvenescendo com o tempo. A estreia no Brasil está marcada para o dia 16 de janeiro, mas não confiem muito, datas de estreias mudam mais que humor de mulher com TPM.

Cate completa 40 anos no dia 14 de maio, porém tem uma carreira primorosa: 5 indicações ao Oscar, sendo que em uma foi premiada. E há quem diga, que seu papel de par romântico com Benjamin Button possa render mais uma indicação.

A primeira vez que Blanchett apareceu na lista de melhores atrizes, foi em 1998, quando interpretou Elizabeth I, papel que lhe rendeu mais uma indicação em outro filme com o mesmo tema em 2007.  Aliás, ela sempre desempenhou ótimos papéis de época como na trilogia de Senhor dos Anéis. E até Bob Dylan a atriz já representou nas telonas, e ganhou outra indicação ao Oscar.

O que garantiu a estatueta para Cate Blanchett foi o seu papel em O Aviador, quando ela interpretou nada menos que Katharine Hepburn, uma das mais importantes atrizes da história do cinema. A transformação foi completa. Quilos a menos e um cabelo diferente. Mas o resultado foi perfeito, fazendo com ele levantasse o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante do ano.

Cate e Pitt

Quem assistir O Curioso Caso de Benjamin Button, não dirá nunca que ela tem 40 anos. Até mesmo quando ela está maquiada para parecer mais velha, irradia uma beleza exótica em seu sorriso e as duas rugas fortes que tem no rosto. É sem dúvida, uma das melhores atrizes da atualidade, que além de linda, da show nas telas.


O Oscar e a Animação


Autor: Mafalda ~ 25 de fevereiro de 2008. Categorias: Sem categoria.

Divagando um pouco sobre Animação e também aproveitando a entrega do Oscar, aproveito para comentar sobre o trabalho de um animador.

Eu brinco que o animador, ou mesmo um cartunista, desenhista, é um ator frustrado. Muitas vezes, ele é tímido para se expressar, e faz isso melhor pelo desenho.

Acho que o que mais sintetiza meu pensamento foi a indicação do longa metragem animado A Bela e a Fera da Disney ao Oscar de mehor filme no ano de 1991.

beatyandbeast5.jpg

Foi o primeiro e único desenho a receber este tipo de indicação, o que indica que seus artistas, animadores principalmente, conseguiram superar a arte de se expressar através do desenho e da animação dos traços. E isso em um desenho em 2D. Afinal, apesar de todo o mérito da animação 3D, você tem aquele scanner e outros aparelhos que passam para o modelo 3D as expressões humanas e os movimentos.

É muito mais trabalhoso você puxar da sua memória, intuição e mesmo de um espelho amigo na mesa de trabalho (para você observar suas caretas), a emoção de um personagem para o papel, através da agilidade de suas mãos, do que um scanner de movimentos para o modelo 3D já pronto.

Mas voltando ao Oscar, concorrendo ao prêmio de melhor animação deste ano (2008) temos duas animações que se destacam: Ratatouille – o vencedor – e Persepolis.

ratatouille.jpg

Acho o prêmio à Ratatouille merecido! A perfeição e a beleza de Paris, a história, os personagens, tudo cativante e perfeito. Sempre que vejo a Pixar ganhar um Oscar, lembro-me de Ken Perlin, amigo do fundador da Pixar quando ambos faziam pesquisa em computação gráfica na universidade nos anos 70.

ratatouilleparis.bmp

Ken Perlin foi quem criou a idéia da textura para objetos 3D e revolucionou toda a industria! Se hoje vemos “pelôs” e “cabelos” nos personagens, a idéia, a “célula” foi dele! :)

Conheci-o pessoalmente, quando tinha uns 39 anos, e parecia ter 10 anos a menos, com seu jeito de garotão. Cara simples, simpático, com aquele jeito manso e humildade que só os gênios tem.

Ganhou um Oscar por esta enorme contribuição que deu à industria da computação gráfica.

O outro concorrente ao Oscar é Persepolis, cuja Graphic Novel já era conhecido, desenhado e escrito por Marjane – uma cartunista iraniana – que conta como era sua infância e adolescência durante a Revolução Iraniana. Como desenhista e animadora, sempre me alegro muito ao ver uma mulher tendo sucesso nesta área, onde alguns ainda se surpreendem com o talento feminino. Uma animação que vale a pena ver!

persepolis_051.jpg

Aqui um link de jornal online para você saber mais sobre Persépolis:

http://www.estadao.com.br/arteelazer/not_art128262,0.htm

cannes-persepolis.gif

Beijos da Mafalda


Ursinho da Semana


Autor: Mafalda ~ 20 de fevereiro de 2008. Categorias: Oba-oba!.

monalisaeursinhos.jpg

O Ursinho da Monalisa desta semana foi uma indicação de fãs.  :)

Saindo um pouco dos bonitões do Brasil e de Hollywood, o escolhido da semana é Indiano, e ganhou o prêmio de Melhor Ator de Bollywood : a Hollywood indiana, uma industria maior que a americana, com direito à Oscar, tapete vermelho e tudo!

Com vocês: Hrithik Roshan

hrithik_roshanbestactor3.jpg

Tem ou não tem jeito de galã? :)

hrithik_roshanbestactor2.jpg

Se vc quiser indicar algum “ursinho” para a Monalisa, só escrever para mafalda@monalisadepijamas.com.br





Busca

© 2007-2018 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br