Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Mulheres nos quadrinhos


Autor: Mafalda ~ 8 de setembro de 2008. Categorias: Cantinho das Monas.

“Quando os amigos da minha mãe lhe perguntavam em que eu trabalhava, ela dizia que era em publicidade. Ela queria que eu fosse importante.” (frase da Cartunista Maitena)

Mais uma vez me identifiquei com algo da Maitena, cartunista argentina e autora do livro Mulheres Alteradas. Meus pais queriam que os filhos fizessem Direito, só que nenhum fez direito, todos fizeram errado. :-)

Brincadeira, bem que eu gostaria de ter vocação para Direito. Tudo seria mais fácil. Ou não? Pra que fui teimar com as artes. Agora, uma coisa curiosa: eu atraio amigas advogadas. Curioso, não?

Mas não vou falar de mim, vou falar das mulheres nos quadrinhos e em especial a Maitena: mulher cartunista que desenha sobre as mulheres. E a Maitena é S-E-N-S-A-C-I-O-N-A-L!!! Ela nos traduz perfeitamente. Morro de rir ao ler uma tirinha falando: coisas que só nós Mulheres podemos falar porque se escutamos da boca de um homem, é briga na certa, como por exemplo: “Estou gorda feito uma vaca!”, “Esta comida ficou horrível!”, “Minha mãe é uma bruxa!”, e por aí vai. Ver o texto completo »


O Oscar e a Animação


Autor: Mafalda ~ 25 de fevereiro de 2008. Categorias: Sem categoria.

Divagando um pouco sobre Animação e também aproveitando a entrega do Oscar, aproveito para comentar sobre o trabalho de um animador.

Eu brinco que o animador, ou mesmo um cartunista, desenhista, é um ator frustrado. Muitas vezes, ele é tímido para se expressar, e faz isso melhor pelo desenho.

Acho que o que mais sintetiza meu pensamento foi a indicação do longa metragem animado A Bela e a Fera da Disney ao Oscar de mehor filme no ano de 1991.

beatyandbeast5.jpg

Foi o primeiro e único desenho a receber este tipo de indicação, o que indica que seus artistas, animadores principalmente, conseguiram superar a arte de se expressar através do desenho e da animação dos traços. E isso em um desenho em 2D. Afinal, apesar de todo o mérito da animação 3D, você tem aquele scanner e outros aparelhos que passam para o modelo 3D as expressões humanas e os movimentos.

É muito mais trabalhoso você puxar da sua memória, intuição e mesmo de um espelho amigo na mesa de trabalho (para você observar suas caretas), a emoção de um personagem para o papel, através da agilidade de suas mãos, do que um scanner de movimentos para o modelo 3D já pronto.

Mas voltando ao Oscar, concorrendo ao prêmio de melhor animação deste ano (2008) temos duas animações que se destacam: Ratatouille – o vencedor – e Persepolis.

ratatouille.jpg

Acho o prêmio à Ratatouille merecido! A perfeição e a beleza de Paris, a história, os personagens, tudo cativante e perfeito. Sempre que vejo a Pixar ganhar um Oscar, lembro-me de Ken Perlin, amigo do fundador da Pixar quando ambos faziam pesquisa em computação gráfica na universidade nos anos 70.

ratatouilleparis.bmp

Ken Perlin foi quem criou a idéia da textura para objetos 3D e revolucionou toda a industria! Se hoje vemos “pelôs” e “cabelos” nos personagens, a idéia, a “célula” foi dele! :)

Conheci-o pessoalmente, quando tinha uns 39 anos, e parecia ter 10 anos a menos, com seu jeito de garotão. Cara simples, simpático, com aquele jeito manso e humildade que só os gênios tem.

Ganhou um Oscar por esta enorme contribuição que deu à industria da computação gráfica.

O outro concorrente ao Oscar é Persepolis, cuja Graphic Novel já era conhecido, desenhado e escrito por Marjane – uma cartunista iraniana – que conta como era sua infância e adolescência durante a Revolução Iraniana. Como desenhista e animadora, sempre me alegro muito ao ver uma mulher tendo sucesso nesta área, onde alguns ainda se surpreendem com o talento feminino. Uma animação que vale a pena ver!

persepolis_051.jpg

Aqui um link de jornal online para você saber mais sobre Persépolis:

http://www.estadao.com.br/arteelazer/not_art128262,0.htm

cannes-persepolis.gif

Beijos da Mafalda





Busca

© 2007-2018 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br