Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Torturas a Euba – Amigo Secreto


Autor: Eubalena ~ 3 de dezembro de 2010. Categorias: Cantinho das Monas.

Fim de ano, reuniões de amigos, festas de família, confraternização de trabalho, tudo acaba em…Amigo Secreto!

Amigo secreto é uma solução simples e prática de não precisar dar presente para todo mundo, mas é entrada mais rápida e certa em uma roubada.

Estipulando o valor da prenda:

No começo todo mundo concorda que é valor livre. Depois alguém com algum calo de amigo secreto, e já prevendo que vai se ferrar dando um presente caro e ganhando uma trufa, sugere que tenha um valor estipulado e nisso se perde mais umas 3 horas em debates a respeito do valor da lembrancinha.

O Sorteio:

Sempre, mas não falha uma vez, que não tenha de ser repetido porque alguém tirou o próprio nome ou o tanso que escreveu os nomes dos participantes repetiu ou esqueceu algum. Dai a pessoa tá la, feliz da vida com seu amigo secreto e tem de trocar. E o pior, pode ter certeza que, desta vez, vai tirar aquele chato!

O Presente:

Como saber o que a criatura quer sem perguntar? Ahh, bem vindo ao mundo maravilhoso do amigo secreto! Para nossa salvação, sempre tem uma listinha de sugestões, porém, como é comum  acontecer comigo, meu amigo secreto vai pedir uma camisa oficial do Piraponguinha do Sul Football Club, seu time do coração. E não vou conseguir achar a camisa e vou ter de me matar para dar um outro presente. O que, geralmente, não é o que acontece com que me tirou. Esse vai olhar minhas sugestões e, mesmo assim, vai me dar uma batedor elértrico de claras, porque eu tenho a maior cara de quem adora cozinhar.

A Revelação:

Eu sempre me perguntei qual motivo leva uma pessoa a escolher justamente aquilo que vai envergonhar seu amigo secreto para usar na revelação? E mais, por que, falos alados, não se pode chegar e simplesmente dizer o nome da pessoa? Por que tem de existir suspense e adivinhações?

Mas o mais interessante do amigo secreto é que, mesmo depois de viver todo o processo, a gente não cria vergonha na cara e participa no outro ano, de novo!

Euba


Diário de casamento – Igreja e Chá de casa nova


Autor: Eubalena ~ 8 de junho de 2010. Categorias: Cantinho das Monas.

Marcar a data na igreja é um dos requisitos importante para um casamento completo. Claro que existe casais que preferem apenas casar perante a Lei dos homens e aquelas que gostariam do pacote completo, que é o meu caso.

Desde o começo deste ano estou tentando marcar uma data na igreja que desejamos casar, e não consegui, pois eles só marcam a data faltando 6 meses para a data que escolhemos. Tentamos de todos os jeitos convencer a secretaria para marcarmos com um ano para a data da cerimônia, pois queríamos já começando a contratar outros serviços e ter esse prazo tranqüilo para pagar tudo e tivemos a resposta negativa. Pedi para marcar uma hora com o páraco e não consegui, então, resolvemos esperar a abertura da agenda.

Nesse meio tempo minha sogra veio a Brasília para conversarmos sobre o casamento e avisamos que só poderíamos marcar a data no começo de junho. Minha sogra convenceu-nos a mudar a data de fevereiro para março, pois é um mês atípico para viagens e com isso nossa lua de mel sairia mais barato. Então resolvemos que iríamos marcar para o dia 19/03/2011, pois é dia de São José, padroeiro do casamento.

No dia 1º de Junho Jônatas ligou para a igreja para saber se a agenda já estava disponível e que queríamos reservar a data. Lá ele teve a triste notícia que na hora estava uma noiva marcando justamente a data, pois a coitada estava desde as 6hs da manhã esperando abrirem as portas, pode? Pense na raiva que sentimos! E nós falamos com a secretaria que isso poderia acontecer, e ela me garantiu que é uma igreja que não tem movimento de casamentos, ta bom, eu sabia que ia acontecer. Mas enfim, para não perdermos outra data, resolvemos marcar um dia antes, dia 18/03/2011 para a celebração da data mais feliz da minha vida. Apesar de ter ficado chateada e xingar até a 13º geração da mulher, aceitei a data com mais tranqüilidade. Depois passamos na igreja para garantir esta data, chegamos lá para pagarmos e fazer o contrato. Enquanto fechávamos o contrato apareceu outra noiva para marcar uma data para casar, imagina se tivesse movimento na igreja, para a nossa sorte ela escolheu uma data bem distante da nossa. Não sei o Jônatas e eu estamos com sorte para a igreja, ou se o povo está com dificuldade de encontrar vagas em outras ou se estão pedindo mais caro que esta que escolhemos, mas enfim, agora a gente não perde mais esta data.

Depois dessa correria para resolvermos a data do casamento, tive de ligar correndo para o nosso fotografo para alterar a data do casamento. Agora posso marcar as outras coisas com a certeza da data sem medo de perdemos o serviço.

Dia 5 (sábado) fizemos um chá de casa nova para apresentar a casa depois da reforma aos nossos padrinhos. Foi bem simples, mas muito divertido. Eu que não sou de cozinhar fui parar na cozinha e tentar fazer uns quitutes para a recepção, usei os padrinhos de cobaia, hihihih. Até que consegui me superar, o povo gostou da comida. Minha mãe trouxe as sobremesas e minha madrinha trouxe os patês para servir com pãezinhos. Ganhamos alguns presentinhos muito úteis para nossa casinha. Pena que não compareceram todos, pois já tinham compromissos inadiáveis, mas foi bem divertido. Nesta sexta-feira iremos receber os padrinhos que não foram, vai ser uma diversão à parte. Apesar da maioria dos padrinhos se conhecerem acho muito interessante essa interação deles, para assim juntos elaborarem as nossas despedidas de solteiros e ficar mais fácil a convivência.

Agora não tem mais jeito, estamos com a data marcada loucos para resolvermos tudo e casar logo, hihihi… Apressada, não?

Que Deus nos dê muita paciência para conseguirmos fazer tudo do nosso jeito.

Áurea – A Noiva


Momento: Meu Deus! Tem de dar presente para os professores!ou Sou Mãe Babona!


Autor: Eubalena ~ 3 de dezembro de 2009. Categorias: Cantinho das Monas, Mona em Família.

Todo ano é a mesma coisa, chega perto das férias e quem tem filho pequeno sempre pensa: O que vou dar de lembrança para os professores este ano?

Eu sempre gostei de ganhar presentes dos meus alunos, não pelo presente, mas porque a maioria deles era uma lembrança pessoal. Tenho uma caixa cheia de cartinhas, bilhetinhos e desenhos que recebi durante os anos que trabalhei com educação infantil. Lembro de uma caixa de bombons que ganhei logo no primeiro ano de trabalho. O papel de presente que a embrulhou era um lindo desenho feito pelo meu aluno. Guardo o desenho até hoje e sempre que como um bombom igual ao que ganhei, lembro dele, da mãe, do ano que passamos. Enfim, são coisinhas pequenas que marcam. Os bombons não duraram meia hora, mas a lembrança fica para sempre.

Este ano resolvi que eu faria as lembranças para os professores. Comprei caixas de madeira, tintas e todo o material artístico necessário. Mas desisti. Minhas mãos habilidosas não conseguem acompanhar meus desejos…

Foi então que eu lembrei de uma amiga que faz umas coisas muito legais - http://www.personalizate.com.br/ - e o resultado serão canecas de porcelana personalizadas  com desenhos da minha filha, também conhecida como o gênio de 4 anos. E, como gordo é sempre gordo e presente tem de ter comida junto, as canecas serão devidamente recheadas com trufas.

Espero que eles gostem.

Beijos

Euba


ANIVERSÁRIO SEM STRESS, POR FAVOR!


Autor: luizcarlosdacosta ~ 17 de junho de 2009. Categorias: Mona em Família.

Daqui aproximadamente dois meses minha filha irá completar seis anos! Para quem não tem filhos ainda, revelo que apesar de seis anos parecer ser muito tempo, todo esse tempo passou muito rápido.

E aqui estou mais uma vez em frente às minhas anotações, pois está chegando o aniversário dela e a hora de começar a pensar na festinha de aniversário! Nos anos anteriores, por conveniência da minha parte e da minha esposa, tirando o primeiro aniversário, cada um se prontificou a organizar uma festa por ano, já que nós dois trabalhamos fora o dia inteiro. Assim, um só de nós dois se dedica ao planejamento, um só se dedica à execução e por fim, um só se estressa sozinho. Uma beleza, não? Não! Essa última parte não é verdade, pois todas as duas vezes que a minha esposa se prontificou para organizar a festa, pelo menos metade das tarefas acabaram sendo realizadas por mim. Pois é, apesar da boa vontade dela, sei lá exatamente por qual razão, ela não consegue simplesmente tomar uma decisão e partir para frente. Sempre quer uma opinião, seja de quantos salgados comprar, seja como decorar a festa. Por diversas vezes me pediu para quebrar o galho para ela, fazendo algo que deixou para última hora.

Pois então, caso você esteja pensando em fazer uma festa de aniversário, é importante que siga alguns passos para obter sucesso sem se estressar ou estressar seu esposo(a).

Em primeiro lugar é importante planejar. Separe um pouco da sua energia e concentração para decidir o que pode ser feito. Aqui é importante a opinião do seu filho, não esqueça de perguntar o que é que ele deseja para o aniversário dele. Não faça a festa dele a sua festa, como já muito vi acontecer. Cheguei a participar de uma em que serviram feijoada no aniversário de uma menina de 4 anos! Aí não, né? Vamos ser criativos! Com a idéia na cabeça, verifique o orçamento que tem disponível ou pretende gastar. Depois faça uma lista com a primeira prévia do pessoal que irá ser convidado. Pesquise no calendário o dia que irá cair a data e escolha o melhor local e horário. Ninguém irá em uma festa às 14:00 de uma segunda-feira. Pelo menos no meu mundo, não. Um ou dois dias a mais ou a menos na semana não irá fazer tanta diferença assim. Para as festas da minha filha, sempre programo para o sábado ou para o domingo próximo.

Agora um detalhe que veio com a modernidade: o tema da decoração. Claro que isso vai de pessoa para pessoa, mas a moda nos últimos tempos é ter um desenho animado de sucesso que passa na TV, seja ela aberta ou paga, colado e desenhado por toda a festa e acessórios. Até hoje, apesar de a minha filha ter comentado a respeito, não aderi à referida moda por dois motivos. Primeiro é que isso encarece demasiadamente a festa. E em segundo, porque acredito um toque de bom gosto pode deixar a festa muito mais interessante que qualquer personagem saltando da parede. Não podemos esquecer também do cardápio e da animação. Caso não seja possível fazer o que seu filho deseja, faça algumas adaptações. Leve em conta as possibilidades de irmãos, babás ou pais que poderão vir à festa e reveja sua lista de convidados, sempre considerando que é possível que uma parte dos convidados não compareçam.

Em relação a data, podemos destacar alguns tipos de festas. A dos finais de semana, onde geralmente temos um maior número de convidados, pois quando a criança convidada tem irmãos, os mesmos provavelmente virão, já que o pai ou mãe ou ambos irão trazer seus filhos. E tem a festa que ocorre durante a semana, onde o número de pessoas presentes na festa é sempre menor, pois tem os pais que trabalham e então não comparecem, há os casos em que uma só mãe dá carona para 2 ou 3 amiguinhos, os irmãos tenham compromissos e o número acaba sendo menor. Cada uma das festas tem suas vantagens e desvantagens. Cabe a você escolher: uma festa mais movimentada e mais trabalho e mais despesa ou uma festa mais sossegada e menos trabalho e menos despesas. Por fim, temos a festa na escola. Estas são as mais econômicas, pois o número de convidados se restringe somente às crianças. Porém, como desvantagem a duração da festa também é menor.

Independente da forma que irá realizar a festa, faça da melhor forma possível, pois apesar do trabalho que dará, certamente seu filho irá se divertir e a carinha dele de felicidade será eternamente lembrada como um agradecimento à você.

Só para constar, sob a influência do poder televisivo que a Globo exerce sobre as pessoas, a minha filha pediu de aniversário um vestido igual às menininhas da novela Caminho das Índias usam para dançar! Acreditam? Eu não sei o que faço. Já fiz propostas de trocar por outros presentes mais interessantes, mas ela está irredutível.

Ah, sim! Depois de toda a festa organizada, não esqueça de comprar o presente! Principalmente com antecedência, se o presente for algo específico. Vai que você não encontra? Vai ficar chato, não?





Busca

© 2007-2020 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br