Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Diário de casamento – Igreja e Chá de casa nova


Autor: Eubalena ~ 8 de junho de 2010. Categorias: Cantinho das Monas.

Marcar a data na igreja é um dos requisitos importante para um casamento completo. Claro que existe casais que preferem apenas casar perante a Lei dos homens e aquelas que gostariam do pacote completo, que é o meu caso.

Desde o começo deste ano estou tentando marcar uma data na igreja que desejamos casar, e não consegui, pois eles só marcam a data faltando 6 meses para a data que escolhemos. Tentamos de todos os jeitos convencer a secretaria para marcarmos com um ano para a data da cerimônia, pois queríamos já começando a contratar outros serviços e ter esse prazo tranqüilo para pagar tudo e tivemos a resposta negativa. Pedi para marcar uma hora com o páraco e não consegui, então, resolvemos esperar a abertura da agenda.

Nesse meio tempo minha sogra veio a Brasília para conversarmos sobre o casamento e avisamos que só poderíamos marcar a data no começo de junho. Minha sogra convenceu-nos a mudar a data de fevereiro para março, pois é um mês atípico para viagens e com isso nossa lua de mel sairia mais barato. Então resolvemos que iríamos marcar para o dia 19/03/2011, pois é dia de São José, padroeiro do casamento.

No dia 1º de Junho Jônatas ligou para a igreja para saber se a agenda já estava disponível e que queríamos reservar a data. Lá ele teve a triste notícia que na hora estava uma noiva marcando justamente a data, pois a coitada estava desde as 6hs da manhã esperando abrirem as portas, pode? Pense na raiva que sentimos! E nós falamos com a secretaria que isso poderia acontecer, e ela me garantiu que é uma igreja que não tem movimento de casamentos, ta bom, eu sabia que ia acontecer. Mas enfim, para não perdermos outra data, resolvemos marcar um dia antes, dia 18/03/2011 para a celebração da data mais feliz da minha vida. Apesar de ter ficado chateada e xingar até a 13º geração da mulher, aceitei a data com mais tranqüilidade. Depois passamos na igreja para garantir esta data, chegamos lá para pagarmos e fazer o contrato. Enquanto fechávamos o contrato apareceu outra noiva para marcar uma data para casar, imagina se tivesse movimento na igreja, para a nossa sorte ela escolheu uma data bem distante da nossa. Não sei o Jônatas e eu estamos com sorte para a igreja, ou se o povo está com dificuldade de encontrar vagas em outras ou se estão pedindo mais caro que esta que escolhemos, mas enfim, agora a gente não perde mais esta data.

Depois dessa correria para resolvermos a data do casamento, tive de ligar correndo para o nosso fotografo para alterar a data do casamento. Agora posso marcar as outras coisas com a certeza da data sem medo de perdemos o serviço.

Dia 5 (sábado) fizemos um chá de casa nova para apresentar a casa depois da reforma aos nossos padrinhos. Foi bem simples, mas muito divertido. Eu que não sou de cozinhar fui parar na cozinha e tentar fazer uns quitutes para a recepção, usei os padrinhos de cobaia, hihihih. Até que consegui me superar, o povo gostou da comida. Minha mãe trouxe as sobremesas e minha madrinha trouxe os patês para servir com pãezinhos. Ganhamos alguns presentinhos muito úteis para nossa casinha. Pena que não compareceram todos, pois já tinham compromissos inadiáveis, mas foi bem divertido. Nesta sexta-feira iremos receber os padrinhos que não foram, vai ser uma diversão à parte. Apesar da maioria dos padrinhos se conhecerem acho muito interessante essa interação deles, para assim juntos elaborarem as nossas despedidas de solteiros e ficar mais fácil a convivência.

Agora não tem mais jeito, estamos com a data marcada loucos para resolvermos tudo e casar logo, hihihi… Apressada, não?

Que Deus nos dê muita paciência para conseguirmos fazer tudo do nosso jeito.

Áurea – A Noiva





Busca

© 2007-2020 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br