Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Legendas dO que estou pensando? #95 com Fátima Bernardes


Autor: Mafalda ~ 10 de julho de 2012. Categorias: Que estou pensando?.

Então, esses olhos aí atrás são o número de telespectadores!!?
@lexmonteiro

Tô apelando, agora vou cantar: “India, seus cabelos … ”
@beneportela (e Mafalda ;-p )

Como uma deeeeeuuuuusaaaaa, você me manteeeeeem…….
@arenghi

Você já teve aquela sensação de estar sendo observado?
@edson_oliveira

Diretor, não dá nem pra trazer nem que seja o Bob Esponja?
Isto aqui tá muito chato.
@beneportela

Será que não dava pra trocar meu horário com a Malhação!?
@beneportela

Gente, assim não dá. Esse telão tá dando pau de novo?
Que saudades do JN!
@jojonerd

Mas gente eu também gostava da tv globinho…
@TLOLLANDO

Qualé pessoal, assistam! Eu não quero voltar a fazer
cobertura da Copa do Mundo de novo.
@fabricio999999

Gente, alguém aí tem uma sugestão do que fazer com esse programa?!
@GustavoCarnelos

Não pode passar Caverna do Dragão no meu programa?
@_pankeka_

Big Brother is watching you!
Gabriel

Tá bom, já chega desse #voltatvglobinho nos TTs. Podem parar!
@davigraeff

É, eu me meti na maior roubada, devia ter ido ver o filme do Pelé.
Diogo Lopes

O que, ainda estamos perdendo por SBT no ibope?
@beneportela

Esse script tá errado!
Err… hum… o que eu estava falando mesmo?
@pedrocarvalh0


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 2 de dezembro de 2011. Categorias: Torturas da Euba.

A tortura de hoje é um oferecimento do Guilherme – xinguem muito ele no twitter porque isso não é coisa que se faça com os outros .

Daí que essa tortura me deixa meio confusa. Primeiro eu achei que fosse algo meio Karate Kid (Aquele da minha época), mas aparece um velhinho tocando banjo (é um banjo, né?) – não sei por que, mas sempre que vejo um banjo lembro da Suzana. Então o cara coloca a mão no ombro do velhinho e eu pensei: agora vai começar um história de superação e aprendizado. Mas não! Toca o telefone, que fica lá no meio de um quarto revirado, (ah, se minha mãe morasse ali, duvido que o guri não teria levado uns cascudos para tirar a tralha do quarto!) mas, enfim, toca o telefone, o menino atende com o fundo disfarçado de digdigdig, pra se achar foda e geme ou suspira, não consegui identificar. Pensei (de novo!): Fudeu! Quem geme assim no telefone? Mas dai ele solta um “yeah” , chama o próprio nome e ameaça te dominar. Quem ele pensa que é? O Cérebro? Dai eu vi que o negócio já não tinha jeito.

Com vocês toda a malemolência e balacobaco nipônico de Yudi (aquele menino que dá play station 2)

Então? Entenderam a do telefonema? Não? Nem eu!

 

 

 

 


Roberto Justus e sua entrevista para Marília Gabriela


Autor: Mafalda ~ 2 de fevereiro de 2011. Categorias: Sofá da Mona.


Fonte da imagem: UOL Televisão – Notícias

Roberto Justus é um empresário milionário e dá palestras para outros, que acreditam que ouví-lo os alçará para o sucesso. Pele clara e cuidada, cabelos grisalhos penteados e fixados com laquê, olhos azuis, sempre com ternos e gravatas impecáveis. Roberto Justus parece nem suar. Cinqüentão, casou-se com jovem bonita. Diz-se viciado em mulher bonita. Justus parece obstinado em vender a imagem e a fórmula do “sucesso”. Mais, Justus cultua a imagem daquele que não conhece o fracasso.

Sua incursão na franquia de O Aprendiz, fazendo as vezes de um Donald Trump mais bem apanhado funcionou bem nas edições do programa. Mas Justus queria mais. Queria ganhar o mundo da televisão. Justus queria cantar também (ele, e apenas ele, acredita em seu talento como cantor). Sua fortuna permitiu-lhe realizar ambos os sonhos. Apresenta um programa de audiência inexpressiva (1 contra 100) e tudo indica que desistiu dos planos iniciais de produzir programas para o SBT (o que gerou uma maré de demissões na emissora).

O “super” Roberto Justus foi entrevistado pela jornalista Marília Gabriela. Os assuntos de sempre, nada bombástico, até porque são colegas de emissora. Mas quando Roberto Justus decide se expressar fora de uma personagem pré-definida, quando resolve sair do script, as pérolas retrógradas, o machismo e o preconceito jorram abundantes. Medo.

Nesta ocasião específica, enveredou-se para seu lado empresário. Aí veio a “pérola”: de acordo com Justus, não se deve contratar uma pessoa acima do peso porque isso é prova de menos inteligência e auto-controle. Segundo o raciocínio de Justus, obesidade é sinal de fraqueza e de menos competência (eu gostaria que ele fosse entrevistado pelo Jô Soares após tais declarações….seria muito educativo).

Hoje, estar acima do peso pode tirar as chances de uma pessoa, mesmo que super capacitada, de conseguir um emprego. Embora nenhum recrutador ou departamento de recursos humanos assuma abertamente, tal discriminação ocorre porque as empresas não querem assumir um empregado com maior chance de se ausentar por motivos médicos. Ou porque não querem associar sua marca a uma pessoa obesa.

Sim, é um mundo escroto, mas certo ou não, ninguém colocou em discussão a inteligência do candidato. Ninguém associou inteligência ao peso. Ninguém afirmou que ser obeso foi uma escolha ou resultado de fraqueza de caráter.

Associar imagem corporal ao desempenho intelectual ou outras habilidades e competências não é invenção de Justus. Num passado recente, tivemos um cara que buscou construir uma nação inteira só com exemplares “perfeitos”- uma nação de arianos bonitos, atléticos, de olhos claros, inteligentes… Parte do plano incluía exterminar os “não perfeitos”. Deficientes físicos, doentes mentais, idosos, homossexuais, ciganos, judeus… Mais de seis milhões de vidas “imperfeitas” viraram cinzas nos céus do império nazista de Hitler.

Não, não acho exagero a lembrança… Negar oportunidades também não é um modo de “matar” uma pessoa? Velada ou declarada, a exclusão injusta de milhares de pessoas incríveis e brilhantes (e acima do peso) está rolando agora em muitas empresas. Em tempos de Big Brother no ar e férias, declarações tacanhas e perigosas (pois influenciam empregadores, que compram as palestras de Justus e querem imitar seu “sucesso”) podem passar despercebidas. Mas sua semente vem sendo plantada…


Clique no retângulo acima para acessar o blog da Ju Teófilo

PS: Veja também outro abordagem sobre o mesmo assunto Aqui!


Torturas da Euba II


Autor: Eubalena ~ 16 de abril de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Torturas da Euba.

E num oferecimento das celebridades de outrora… Mais uma torturinha crocante da Euba!

A pessoa tinha um programa infantil, a pessoa cantava, a pessoa pegou um Menudo, a pessoa mudou de religião, a pessoa mudou sua vida…

Mas, falos alados, o que é isso agora?





Busca

© 2007-2019 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br