Porque fazer humor e podcast é uma arte

































BBB 12 – você assiste ou não assume?


Autor: Mafalda ~ 12 de janeiro de 2012. Categorias: Sofá da Mona.

Lógico que o título é uma troladinha light nos queridos leitores! Porque ninguém assiste BBB, não é mesmo?

Com o estabelecimento do Facebook como principal rede social na internet, tenho percebido que todos os anos é a mesma coisa: chega essa época em que o universo facebookiano se divide em 3 tipos de usuários. Temos os telespectadores que assistem (e até comentam sobre) o Big Brother Brasil; no oposto temos o que se manifestam alérgicos e contrários ao programa e, por fim, o tipo mais freqüente: aquele usário que assiste ou não e não declara isso na rede.

Não sei o porque, mas o fato é que, em geral, pega mal dizer que você assiste o BBB. Será impressão minha? E ainda vão dizer que você deveria estar lendo um livro (sim, essas pessoas enviam isso porque estão na internet e não lendo um livro… rsrsrs)

O Faustão no domingo (Globo) é um dos programas mais irritantemente chatos para meu gosto individual. Mas basta visitar uma ou outra casa de parentes ou amigos e uma TV aparece ligada na atração. Devo deduzir que essas pessoas queridas são o retrato do que assistem? Eu já assisti pelo menos algumas vezes e, embora não tenha me convencido a selecioná-lo como programa preferido para um domingo ou qualquer outro dia da semana, não me afetou  tanto saber que meus amigos e pessoas ao redor costumam assisti-lo. Porque não vejo isso como algo significativo ou relevante. Ta, um programa que não me agrada, mas tudo bem, tem gente que gosta. Sem traumas para ninguém.

O fator “queimador de filme” do BBB ainda é um mistério para mim. Explico: consigo compreender e concordar com todos os argumentos dos que se colocam ferozmente contra a atração como se fosse uma espécie de anti-cristo televisivo, mas após ouvir tudo, inevitavelmente penso: mas e daí? Porque essa pessoa não muda o canal e fica na sua como todos nós fazemos com a maior parte da porcaria veiculada pela TV?

O que me deixa curiosa sobre as reações negativas sobre o BBB é que ele parece despertar uma espécie de “patrulha” em nosso meio. Já perceberam? Você pode comentar sobre a novela do Pereirão em qualquer lugar a qualquer hora. A pessoa do seu lado pode até virar os olhos, pois não gosta de novela, mas você nunca despertará o advogado de acusação adormecido dela… Não é interessante? Por que as pessoas dão tanta importância a este programa em específico? Não é só um programa de TV, um pseudo-reality? (sim, inventei este termo, pois há de tudo no BBB, exceto realidade).

Recentemente assisti Mulheres Ricas da BAND. Desculpem, mas quase vomitei. Talvez ninguém tenha visto devido às férias, mas é horrível e cruel. Um constrangimento. E nada de manifestações acaloradas na rede. Um ou outro dizendo algo e pronto.
E aí, leitor querido? Você tem alguma explicação? Então, manda pra gente, please!


“Dica: Experimente os discursos do Bial com a tecla MUTE acionada!”




BBB whatever


Autor: Mafalda ~ 25 de janeiro de 2011. Categorias: Sofá da Mona.

“Whatever” é a palavra  que mais repito quando assisto trechos do atual BBB.
Rola um papo na internet de que há uma alternância de grau de diversão entre edições pares e ímpares. Acho que a maldição procede. A produção do programa deve estar fazendo reuniões intermináveis para entender onde foi que errou, afinal, seguiu a fórmula padrão.

Pra mim, que sou apenas uma palpiteira, a decadência do programa atual se deve a escolhas erradas dos participantes. Não sei, todavia, quem eram os outros. Os que não foram escolhidos. Será que a safra de candidatos estava mesmo tão sem cor, sem charme e graça assim…

Tenho  ppv do programa, então não há edição pra ajudar. Cena dos primeiros dias, quando tudo se resume a uma espécie de chegada de adolescentes a um acampamento: todos na sala, buscando distrair-se enquanto aguardavam (manutenção externa, entrada ao vivo etc, whatever), resolvem brincar de mímica com nomes de filmes. Quando ouço de uma das participantes que “Parque dos Dissonauros” era muito difícil de adivinhar… senti ventos gélidos oriundos de uma espécie de oco, de vazio…a falta de repertório.

E é aí que noto que a falta de repertório é a lacuna de que todos os participantes trazem em comum. Talvez um ou outro ali tenha um verniz, um pouco mais de estudo e raciocínio lógico, mas só. Falta referência de tudo. Será espelho de uma geração? Será que buscam atingir algum tipo de público com essa turma? Quem é essa turma? Ok, ok, quem seria doido de buscar no BBB algum conteúdo. Mas não é de um programa educativo que falo. Lembro de ri muito com as palhaçadas ditas por Natália e Rafinha, da malicia engraçada da baixinha Priscila, das cafajestagens divertidas de Alemão e seu opositor intrágavel, o Cowboy. Conteúdo zero, mas havia um repertório de alguma coisa: malícia, piadas, graça, cafajestagem, dança. Não há sequer tensão entre os participantes atuais. De nenhum tipo.

Esse está sendo de todos os BBB, o mais descartável. A tendência é que seus candidatos a celebridades serem tragados pelo anonimato com uma velocidade jamais vista…


Clique no retângulo acima para acessar o blog da Ju Teófilo


Fúteis somos nozes


Autor: Phoebe ~ 24 de março de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Mona POP, Sofá da Mona.

Fonte da imagem:

http://joseaguiar.com.br/blog/wp-content/uploads/2009/01/698_g.jpg

Há pelo menos dez anos, todo primeiro trimestre de ano traz consigo a mesma ladainha de sempre: “ô futilidade desse povo brasileiro, que torce, vota e discute por conta desse tal Big Brother Brasil”, incluindo a já lendária comparação do “Quero ver se nas eleições o povo vai discutir com tanta dedicação sobre os candidatos aos votos”.

Mesmo tendo à frente do programa um dos maiores jornalistas do Brasil, que cobriu fatos históricos como a queda do muro de Berlim, alguém decretou e acabou virando lei: BBB é atestado de futilidade e ponto final.

E isso me faz pensar: o que é futilidade afinal? Por que se convencionou que Star Trek é cult e BBB é trash? Qual a diferença entre os dois, se no fundo não passam de programas ditos “enlatados” voltados ao entretenimento do público em geral?

Essa questão dos rótulos é uma coisa que sempre me incomodou e, se formos pensar, é totalmente sem fundamento. Já ouvi alguém dizer que era impossível uma pessoa realmente inteligente assistir “Cidadão Kane” e não gostar. Como eu assisti e achei o filme uma bosta, resolvi tirar a dúvida com o meu irmão, que é de longe a pessoa mais nerd e mais inteligente que eu já conheci em toda a minha vida – o cara tem doutorado em Física (Cosmologia), socorro! Bom, para o meu alívio, ao ser questionado sobre o filme, ele torceu o nariz e disse: “é uma bosta”!

Bora então rasgar os nossos rótulos, carimbos e preconceitos? Fúteis somos  nozes. Todos nozes!

Beijos da Phoebe

PS : Não nos responsabilizamos pelo Post e a opinião pessoal da Phoebe! ass: a Diretoria.  ;)


Tessália do BBB10 antes da Fama


Autor: Mafalda ~ 12 de janeiro de 2010. Categorias: Cantinho das Monas, Mona POP.

E vai começar mais um Big Brother Brasil, com um prêmio de R$1,5 milhão de reais. E para a surpresa de todos nós blogueiros e  twitteiros viciados, uma pessoa conhecida que vemos todos os dias no famoso microblog estará lá: Tessália Serighelli, a famosa Twittess.

No começo de 2008, ela começou a adicionar várias pessoas, entre elas a autora deste post. E estranhei a foto: uma garota bonita, sexy e logo pensei que seria alguma ação publicitária.  Perguntei para ela,  e a garota foi super simpática. Aquela simpatia adolescente, com risinhos e tudo.

E Tessália começou a twittar loucamente, com muitos e muitos links por dia.  Acompanhei seus passos, assim como de outras “celebridades da twittosfera e blogosfera”  e vi como subiu absurdamente rápido na mídia!

A curiosidade em torno dela aumentava a cada dia, e muitos achavam que Tessália era um fake. Que seria na verdade um nerd espinhudo por trás da bela imagem.

Aproveitando toda esta curiosidade e ainda pelo fato dela ainda não ter se mostrado em vídeo ou em áudio, chamei-a para o nosso Podcast – o Monacast – para falar sobre Twitter, junto com o Edney (Interney) que atua profissionalmente na área de mídias socias, blogs, etc.

O Twitter estava caindo na boca das mídias tradicionais, principalmente das Tvs.

Esta foi a primeira entrevista em áudio com a Tessália, mostrando que atrás da imagem realmente existia uma jovem morena de voz atraente, e que agora não será mais conhecida como Twittess e sim como “Tessália do BBB”:

Também fizemos um divertido Podcast com os fãs do BBB, sendo que um deles – Maurício Saldanha -  participou da seleção para o programa chegando nas finais e contando como foi o seu encontro com o Boninho. Hilária a descrição dele!
Para conferir, só clicar na imagem abaixo:

Beijos,
Mafalda


Monacast 59 – Big Brother Brasil


Autor: Mafalda ~ 8 de abril de 2009. Categorias: podcasts.

Por que o Brasil inteiro assiste o Big Brother? O que tanto o programa atrai as pessoas? Por que elas gostam do BBB?

Mafalda /São Paulo, Eubalena/Paraná, Maurício Saldanha/CabineCelular/Rio Grande do Sul, Jurandir Filho/CinemacomRapadura/Ceará, Eduardo Sales Filho/Contrapeso/Bahia e Jonny Ken/Migre-Me/São Paulo, se reuniram para comentar o programa de maior audiência e lucro na TV brasileira.

. Qual o conceito do programa, quem seria o Big Brother afinal ?

. Mau Saldanha cara a cara com o Boninho, na seleção para o BBB9.

. E se existisse um Big Brother Blogueiro, daria certo? Qual blogueiro, ou pessoa famosa da internet, iria para a casa?

Isso e muito mais, você vai escutar neste Monacast, que está hilário. Mesmo para quem não gosta de Big Brother.

AVISO: o conteúdo do programa não é recomendado para menores de 18 anos.

Deixe seu comentário, indique alguém para o Big Brother Blogueiro, mande um e-mail para nós: monacast@monalisadepijamas.com.br.

Beijos da Mafalda

Assine nosso feed no iTunes

Links das Fotos comentadas no EXTRA do programa:

- Muvuca

- bundão

- o cara da bunda malhada

- a mãe Melancia

- a mulher de duas bundas

- a formiga picou a bunda dela?

- a árvore


Monacast 08 – Coisas que Irritam!


Autor: Mafalda ~ 27 de fevereiro de 2008. Categorias: podcasts.

08-coisasqueirritam.jpg

Mafalda, Eubalena, Angélica e Pietra prepararam um chá de camolila para conversar sobre Coisas que Irritam ao som de Funk, como Bonde do Tigrão, Xuxa e Tiririca.

Quem nunca se irritou com o irmão ou a irmã querendo usar o banheiro bem na hora que você acabou de entrar, com risadinhas idiotas na sessão de cinema, com telemarketing, com a sua mãe ou pai pegando no seu pé, com gente que se acha o último Bis do pacote, não pode deixar de ouvir este Monacast antes de voltar para seu planeta de origem! hehehe

Beijos da Mafalda





Busca

© 2007-2019 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br