Porque fazer humor e podcast é uma arte
































A papete da discórdia



Por Phoebe - 5 de janeiro de 2009. Categorias: Cantinho das Monas.


Em um tempo não muito distante, meu marido costumava usar sapatos do tipo mocassim sempre que vestia suas bermudas. Prático, bonito, simples assim.

Há alguns anos, no entanto, tudo mudou: em uma data especial, que não recordo agora (aniversário? Natal?), minhas cunhadas deram um presente coletivo para o irmão. Era um sapato meio estranho, com umas tiras por cima, uma coisa que nem sei descrever. Foi desamor à primeira vista: não gostei! Para ser mais sincera ainda, detestei! Só que, como a mulher boazinha e sentimental que sou, nunca falei nada, já que era um presente dado pelas irmãs, praticamente um símbolo de amor fraternal.

Do dia para a noite, os mocassins foram abandonados e, para desgosto desta que vos escreve, o tal sapato esquisitóide não saía dos pés do meu marido. De tanto que foi usado, o bicho se desmilinguiu todo! Como alegria de pobre dura pouco, nas semanas seguintes veio o aniversário do marido e… “Ohhhh, que lindo, um sapato igualzinho àquele que se acabou”! J-U-R-O!

Nesse meio tempo, em uma das comunidades do Orkut de que faço parte, uma moça veio relatar a sua preocupação com o novo namorado da melhor amiga, que apesar de já ser bem grandinho (“passadinho”, pra ser mais exata), era metido à pagodeiro, para lá de espaçoso, tratava a namorada mal, não tinha emprego e usava PAPETES. De todas as características negativas do cara, essa última foi a que mais chocou as demais amigas. “Papeeeeete? Que horror!!! Que tipo de homem usa papete?”. Como eu não entendo bulhufas de tipos de sapatos, lá fui eu ao Google para ver se descobria o que era essa tal de papete. E olha lá a foto do sapato do meu marido!

Depois dessa, tomei coragem e, um belo dia, estufei o peito e disse de uma só vez: “Desculpa, mas não gosto disso aí”! “Isso o quê?”. “Essa papete feiosa que você ganhou!”. Como ele não também não fazia nem idéia do que era papete, só entendeu o recado porque eu estava com o dedo indicador apontando para os seus pés.

Convenci-o de que é o tipo de sapato que só pode ser usado se você tem, no máximo, 3 anos de idade, e ele voltou a usar seus mocassins. Para reforçar o novo hábito, aproveitei e comprei um mocassim novinho para presenteá-lo agora no Natal.

E fomos felizes para sempre? Mais ou menos!

Na véspera de Natal, recebo o telefonema de uma das suas irmãs. “Quanto ele calça mesmo? Estou aqui na sapataria vendo aquele calçado que ele gosta. Sabe qual é? Aqueeeele, que a gente costuma dar para ele”! Gelei! “Sei sim, sei exatamente qual” (e como sei!), “mas olha, sinceramente, aquele que vocês deram no aniversário dele ainda está novinho, acho que não precisa comprar outro”!

Difícil vai ser controlar a crise de riso caso o marido volte a ser presenteado com tão gracioso sapatinho!

Beijos da Phoebe

Veja também:

16 Comentários to A papete da discórdia

  1. Renato de Recife

    Morria e não sabia que o nome desse negócio era Papete!

    Tenho pena é do Sr. Phoebe se ele receber outro sapato desses, se usar desagrada a esposa, se não usar magoa as irmãs, vocês mulheres metem a gente em cada uma.

    Abraços!

    [Responder]

  2. Falcão Azul

    Eu também ganhei uma Papete certa vez, mas a minha era conversível flex 2.0, e era só tirar a tira que ficava atrás que se transformava magicamente num chinelo comum. Também usei até desmilinguir (só como chinelo, não como papete), e até onde me lembro, a patroa não reclamou :-)

    [Responder]

  3. Euba

    ha algumas boas décadas eu era apaixonada pelas sandálias papeete. Eram muito bonitinhas. Meu irmão dizia que era sandália de mulher grávida. As de hoje eu acho muito feias… e, se marido meu usasse, eu matava a cunhada…

    [Responder]

  4. Rachel

    Dei uma papete para o meu marido na primeira vez que fomos a Paraty. Era tão prática pra andar no calçamento de pedras com segurança! rsrs

    [Responder]

  5. Izzie

    Aah eu tbm acho estranho papete para homem xD Mas tenho amigas que amam.

    [Responder]

  6. Natta

    acho tão bonitinho!!! o homem fica com carinha de nerd!!! é fofinho gente!!! rsrss

    [Responder]

  7. Davi Graeff

    Eu uso sandália do tipo Franciscana, se enquadra na categoria?
    Eu gosto muito de usa-la.

    [Responder]

  8. Suyan Meneses, F, 28 anos

    Meu pai sempre usou calçado desse tipo, mais para parecido com o franciscano. O pior é mesmo quando usa junto com meias, especialmente, brancas que passam do tornelo e quase chega no joelho. Fica muito esquisito.
    Meu namorado só usa tennis ou chinelo, nunca vi ele usar um papete nesses anos todos que o conheço.
    Meu único irmão que é o caçula gosta de ficar descalço em casa contudo só vi ele usar isso quando criança.

    [Responder]

  9. Cristina

    Papete é Mara!!!!
    No pé do marido alheio é claro..rs

    [Responder]

  10. Ana Carolina

    Nossa,meu namorado tem uma papete e nunca escondi o quanto eu a odeio.E concordo com você Phoebe,é o tipo de calçado para ser usado no máximo quando se tem 3 anos.

    [Responder]

  11. Washington

    Não dá para entender o ódio da papete. Imaginem se vocês mulheres só pudessem usar sapatos fechados com meia e ainda mais no calor. Os pés precisam respirar um pouco. Não sei se vocês sabem, mas para dirigir não se pode usar sandálias de dedo.

    Sempre quando viajo no verão, utilizo a papete, pois fica presa no pé e não escorrega quando estou dirigindo. Para andar de bermuda no verão não tem nada melhor.

    Engraçado é que no verão a mulher pode usar vestido de alcinha, blusinha, saia, sandália aberta… Nós homens temos que ir trabalhar usando calças, camisa e sapato. E ainda tem aqueles que precisam usar terno e gravata (ahh… que non sense num puta calor de um país tropical). Isso é que é ditadura.

    [Responder]

  12. Alê

    Respeito sua opinião. Afinal, o que seria do azul se todos gostassem de verde piscina?

    Tenho 31 anos e acho papetes/sandálias masculinas são muito bonitas, estilosas e confortáveis acima de tudo. Sabendo escolher (pois tem muita coisa feia por aí), é um calçado muito legal para usar para um passeio no parque, na praia ou no shopping.

    Os chinelos também são confortáveis, mas as papetes/sandálias tem um estilo legal. Abraço!

    [Responder]

  13. Julia

    Gente, que mal tem as papetes/sandálias masculinas?? Desapeguem dos seus velhos conceitos…tem mt homem que fica super bem com com elas, talvez vcs nunce devem ter visto um homem com estilo usando isso. Se a moda ditasse que é legal como voltou com as saias à cima do umbigo haiaioa duvido que achariam as papetes feias. Parem com os preconceitos bobos..Homens adultos de papetes ficam lindos, mostra muito mais pesonalidades que apenas HAVAIANAS…por favor…o mundo precisa evoluir!! Aff..

    [Responder]

    Phoebe Resposta:

    @Julia,

    Ô, Julia, deixa eu achar a papete feia, qual o problema? Acho horrenda sim! Assim como acho horrendos esses sapatos femininos marca-texto (amarelo, verde e laranja fluorescente), esses que “estão na moda”. Só usaria aquilo em último caso (ex: em uma noite de blackout em que eu precisasse sair à pé pela rua, usaria na esperança do trocinho brilhar no escuro e eu conseguir, assim, evitar um atropelamento). Não acho que seja questão de “evolução” nem de “preconceito bobo”, como você disse. É questão de gosto mesmo! Uns têm, outros não… rsrs!

    [Responder]

  14. Lígia

    Juroooo, eu chorei de rir!
    Que credibilidade um homem passa usando papetes??? hahhahahaha
    Eu acho horrível! Totalmente brochante!

    [Responder]

  15. Giovana

    “praticamente um símbolo de amor fraternal.” acho q vc quis dizer: um simbolo da filhadaputice fraternal hahahahahaha Meu fala serio ganhei uma merda dessas e disse pa pessoa q nao gostei mesmo ai q merda como dão uma coisas dessas a alguem pfvr

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br