Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Ponto Gê: Você é sexy? Parte II


Autor: Mafalda ~ 20 de outubro de 2009. Categorias: Ponto Gê.

Um homem moreno, alto, ombros largos. Sentado no carro ao lado. Uma das mãos no volante, a outra passa suavemente pelos cabelos, nossa você não consegue mais parar de olhar. Que cara sexy! Até que ele coloca o dedo no nariz e faz a limpeza do dia.

Cena comum do dia-a-dia urbano e que de sexy não tem nem a ponta do iceberg. Está aí, tem cara que nasce pra estragar um momento sexy, não é verdade? Isso quando eles não coçam o que não deve ou dão aquela cuspida no chão, broxante.

Tirando essas cenas peculiares que torna qualquer homem um ogro, no Ponto Gê passado, estive conversando com eles, os homens, não os ogros, para saber o que eles achavam sexy em uma mulher. Ou melhor, o que era para eles uma mulher sexy. Entre peitões e unhas feitas, algumas coisas foram bem aproveitadas. Como a inteligência e o olhar feminino.

Mas e nós mulheres? O que achamos sexy em um homem.

Para falar do assunto, abri a discussão na minha roda de encontro semanal: o clube da luluzinha. E de lá, saíram muitas risadas.

Para a maioria delas, um cara sexy não quer dizer necessariamente um cara bonito. Não mesmo. No entanto, um homem sexy na visão feminina é totalmente relativo e depende de inúmeros fatores, desde clima (tempo), a música, ambiente, período fértil e, principalmente, nível etílico. Para elas, um cara aparentemente inexpressivo, pode se tornar o cara mais sexy do mundo se disser a coisa certa, no momento certo.

Quanto à aparência física, as resposta variavam. Ombros largos, sorriso branco, covinha quando sorri, buraquinho no queixo, voz rouca e é claro, o cheiro.

Entre os famosos, o cinqüentão pegador José Mayer ganhou espaço acirrado na discussão, entre Rodrigo Santoro, Edson Celulari, George Clooney e o ‘sexyssérrimo’, Dermot Mulroney (esse cara realmente é sexy).

Agora na minha singela opinião, um homem sexy é um conjunto de trejeitos, com um detalhe comum: ter aquela cara de que sabe pegar uma mulher de jeito. Não existe coisa mais sexy. Um homem que tu olha e pensa: ‘Me joga na parede e me chama de lagartixa’. Aquele que te dá um olhar estilo, li seu pensamento inteiro. E te deixa com uma vergonha desgraçada, já que você estava pensando o que não devia mesmo.

E ai mulherada, o que é um homem sexy para vocês?

Beijos


Cravinhos, hummmm!


Autor: Eubalena ~ 23 de setembro de 2008. Categorias: Cantinho das Monas.

Pois é, quem nunca se viu lá, praticamente na cacunda do cidadão, espremendo os cravinhos das costas do pobre?
Também já fiz isso. Marido tem pavor. É bom, eu sei. Mas isso tá na lista das coisas que só devemos fazer dentro de casa ou em ambiente fechado e vazio.  A minha lista é:
- Não espalitar dente. (esse não importa o ambiente. Tem coisa mais feia que gente que sai de restaurante com palito dançando na boca?).

- Não passar fio-dental numa roda de amigos. (Puta merda, uma colega fazia isso. No meio do nada, ela sacava o fio-dental da bolsa e dava início à assepsia).

- Não tirar calcinha do rego (desculpem-me pelo rego, mas no momento, faltam-me sinônimos), principalmente na frente dos meninos.

- Coçar o saco. (alias, por que saco coça tanto? Será sujeira?).

Bom, tem mais, mas voltemos ao tema.

Semana passada, passo eu pela pracinha da minha pitoresca cidade. Lá estava o menino – tadinho – sentado, todo torto, com a namorada (eu acho) arrancando a pele do pobre à unha.
Primeiro pensei: “Bem feito!”
Depois fiquei vendo como é feia a situação… Acho que só se compara a tirar pelo da virilha com pinça na praia. Pensando bem, passar clareador de pelo e ficar lá pra dourar também é de doer. E aquela mistura mortal de sal amoníaco e água oxigenada? Coça até na alma. Ui!

Mas se são tão feios e tão gostosinhos de tirar, os cravinhos não deveriam  nascer só  em lugares escondidos?
É o mesmo caso da celulite. Por que elas sempre aparecem na bunda? Logo a bunda que é tão visada. Poderiam aparecer na pomba. Não existe biquíni fio-dental de pomba, existe? Não… Então, se a celulite nascesse lá, eu não teria esta bunda com cara de superfície lunar e poderia usar um biquíni menorzinho (como se a celulite fosse o único motivo contra!).

Daí, para acabar com tudo, Rodrigo Santoro declara que repara sim, em celulite. Prefiro acreditar no Falcão Azul que diz que homem não sabe nem do que se trata e dar ao Rodrigo o título de fresco do ano. Fala sério, um cara que larga a Hellen Jabour e ainda diz que nota celulite não deveria ter credibilidade no mercado.

Celulite é coisa que nunca vai acabar. É como seca no nordeste – todo mundo promete que vai acabar com ela mas ninguém quer largar o ganha-pão. E dá-lhe creminho! A mulherada se acaba esfregando o pobre creminho e nada. Quer dizer, uma ou duas celulites somem. Elas morrem de rir da nossa cara e morrem sem ar, no meio de uma gargalhada histérica e debochada.

Agora vou tomar uma Coca-Cola. Minhas celulites precisam ser renovadas!

Euba





Busca

© 2007-2021 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br