Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 23 de setembro de 2011. Categorias: Torturas da Euba.

A tortura de hoje é para pensar…

Pensar na relevância dos seus atos em sua vida, dentro deste sistema de coisas, na visão extra sensorial de seu mundo em relação ao seu próximo enquanto pessoa…

Pensar em quanto sua virgindade está atrapalhando nosso namoro…

Pensar onde, falos alados, essa criatura acha essas músicas…


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 19 de agosto de 2011. Categorias: Torturas da Euba.

Sexta, chuva, frio chegando… Final de semana perfeito para refletir sobre sua vida, sua trajetória, sobre todas as merdas cometidas e pensar: Graças a Deus, desta vez, não sou eu!

Ritmo, corpos sarados, coreografias impecáveis, figurinos provocantes e uma necessidade enorme de hidratação capilar:

Um ótimo final de semana e obrigada @apocalipse2000 pela sugestão!

 


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 29 de julho de 2011. Categorias: Torturas da Euba.

A tortura de hoje trouxe minha adolescência de volta à lembrança. A imagem da Vó Bebeca, na cozinha, dando conselhos para as netas nos dias de Carnaval:

-”Não beijem na boca!”

- “Não briquem com o perigo!” (lógico que, mais tarde, todas descobrimos que sempre vale a pena correr algum risco!)

Pois é, se minha avó conhecesse este vídeo, tudo seria mais prático. Tirando a parte poética da coisa, está tudo explicado: o ato e a consequência.

Parabéns ao @davigraeff por achar esta maravilhosa tortura!

“Use camisinha
Pra não ficar
Gravidadinha

Na primavera eu fiz amor com você
Minha terra vermelha e fértil
Com a sua terra clara e solitária
Que é um veneno constante
Disso nunca é contrária

Na primavera eu fiz amor com você
Semeou sua pegada louca
Garra e coragem forte
Tudo sempre constante
Pra mim isso é sorte, pois

Estou gravidadinha de você
Sem discussão pois terei esse bebê
(Estou gravidadinha de você)
Dentro de mim toda a garra de você
Estou gravidadinha de você
Dentro de mim uma parte de você
Estou gravidadinha de você

Na primavera flores recebi
Foi de repente
Nisso eu fiquei gravidadinha de você

Estou gravidadinha de você
Na primavera eu fiz amor com você”.


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 15 de julho de 2011. Categorias: Torturas da Euba.

A tortura de hoje foi sugerida por @falcaoazul e nos faz pensar…Pensar muito no futuro da humanidade.


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 1 de julho de 2011. Categorias: Torturas da Euba.

Nesse mundo moderno globalizado de hoje saber uma língua estrangeira é fundamental. Afinal, graças as tecnologias atuais, podemos ter contato com pessoas do mundo todo.
A música sempre foi de grande ajuda para estudantes de línguas e intérpretes com pronúncia perfeita são fundamentais para tal empreitada.
Pensando na comodidade que seria aprender uma língua estrangeira no conforto do seu lar, @mafaldamonacast – também conhecida como Mafalda Amor ou Chefinha – enviou este vídeo com todo carinho para seu deleite e aprendizado!

Com vocês, toda a desenvoltura, dicção, entonação, afinação de Uanessa Camargo (ela ainda é Camargo?)


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 13 de maio de 2011. Categorias: Torturas da Euba.

Hoje a tortura é com toalha molhada, para doer e não deixar marca! Assim, uma tortura dupla, para doer em cima e embaixo.

E não aceitamos devolução!

Oferecimento de @apocalipse

com todo amor de @mafaldamonacast

Feliz sexta-feira 13!

Euba


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 29 de abril de 2011. Categorias: Torturas da Euba.

Sou Foda – OS Avassladores - é uma musiquinha daquelas ruins pra cacete, mas que colam na cabeça e a gente não para de pensar nela. Pois bem, mas não é porque todo mundo conhece a música que agora ela precisa de respostas, não? Deixem o menino aproveitar o sucesso dele em paz e o mais importante: Deixem nossos ouvidos livres de mais música ruim!

Versão Sertaneja, de Naiara Azevedo, porque tudo que já é ruim pode ficar ainda pior!

Versão Funk, de MC Penélope, porque só o sofrimento te fortalecerá! (esta versão contem palavras impróprias)

Euba


Não viaja, Bon Jovi!


Autor: Phoebe ~ 22 de março de 2011. Categorias: Mona POP.

Bon Jovi deu uma declaração recentemente dizendo que Steve Jobs (Apple) “matou a indústria musical”. Segundo Bon Jovi, “Os jovens de hoje perderam toda a experiência de colocar os fones de ouvido, aumentar o volume, pegar a capa do disco, fechar os olhos e se perder em um álbum”, critica. “[Eles perderam também] a beleza de pegar sua mesada e escolher um disco apenas pela capa sem saber como ele é.” ”Pode anotar o que eu digo, a próxima geração vai parar para se perguntar o que foi que aconteceu.”

Sem entrar na questão da indústria musical, posso contar que peguei o finalzinho dessa fase, que Bon Jovi chama de “época mágica”. De fato, era mesmo legal pegar a mesada e entrar em uma loja de discos, as capas eram muitas vezes primorosas e faziam parte do conjunto da obra – antes mesmo de comentarmos sobre a nova música da banda tal, comentávamos primeiro sobre a capa. E sim, Bon Jovi estava certo, era o máximo chegar em casa e passar uma tarde inteira, horas a fio, ouvindo sem parar o novo LP da nossa banda preferida.

Mas eram tempos diferentes e não haveria exagero se eu dissesse que a sensação é de que 200 anos separam a época dos LPs da nossa fase atual.

Sim, era legal passar a tarde inteira ouvindo um LP. Mas será que algum jovem, em sã consciência, passaria atualmente uma tarde inteira deitado no chão, apenas olhando para o teto e ouvindo as músicas do seu iPod? Na época não havia internet e, portanto, não havia messenger, Facebook, Twitter

Dizer que era o máximo pegar a mesada e sair da loja com um único LP… tenho minhas dúvidas. Os discos eram caros – assim como os CDs, logo que saíram -, e quem não tinha dinheiro tinha que fazer reza braba e esperar horas intermináveis para que suas músicas preferidas enfim tocassem na rádio. Em determinadas épocas eu lembro de revezar com o meu irmão na espera, tipo “fica aí enquanto eu vou ao banheiro, se tocar Patience você tira do pause” (o aparelho de som já ficava com o rec engatado, bastava colocar no pause e esperar). Sinto-me uma senhora de 89 anos contando isso! Bom, como eu dizia, prefiro mil vezes o sistema atual de baixar as músicas pelo iTunes – nem preciso comprar o álbum inteiro, escolho apenas as que eu mais gosto, clico em “comprar” e já sincronizo no iPod. E isso para ficarmos apenas no sistema legal de download de músicas, já que ninguém quer ser processado aqui por apologia à pirataria!

Comprar um álbum inteiro, na maioria das vezes, era desperdício de tempo e de dinheiro. Lembro de ter pelo menos quatro LPs que eu colocava no som para ouvir apenas uma única música – os artistas eram Crash Test Dummies, Counting Crows e mais dois que não lembro agora. E eu juro que tentei, cheguei a ouvir as outras músicas pelo menos três vezes (para ver se meu cérebro as aceitava por osmose, por certo), mas não teve jeito!

Outra limitação dos LP’s era a mobilidade. Era simplesmente impossível ouvir o seu disco favorito passeando pela rua, andando de ônibus ou fazendo compras no mercado. O máximo de mobilidade que um LP apresentava era quando o levávamos até a casa de um amigo para uma sessão “ouvindo-música-olhando-para-o-teto”. Quando eu era criança havia os walkmans, mas a limitação era praticamente a mesma – tá, dava para gravar o LP em K7 (ou comprar um álbum já em K7) e teoricamente ouvi-lo em “todos os cantos”, mas aquele aparelho consumia pilhas de forma compulsiva, de modo que com quatro pilhas caríssimas dava para ouvir no máximo dois lados de cada fita. Depois disso, a música ficava leeeenta e o cantooooor começaaaava a falaaaar com voz groooossa e leeeenta até a pilha morrer de vez. Ou seja, em viagens longas, das duas, uma: ou tínhamos diversão somente nas duas primeiras horas da viagem, ou gastávamos uma nota em pilhas – lembrando que não existiam recarregáveis na época. Acho que nem pilhas especiais havia então… que eu me lembre, geralmente tínhamos que nos virar com “as amarelinhas” mesmo (sentiram o drama?)!

Poderia passar ainda longos parágrafos citando dezenas de comparações entre o que se fazia na “época mágica” do Bon Jovi e agora, mas acho que já temos material suficiente para concluir este post com essa frase: Bon Jovi, não viaja! A época mágica é aqui e agora. ;)

Phoebe


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 15 de março de 2011. Categorias: Torturas da Euba.

Não, não é porque publiquei esta tortura perto da hora do almoço que vou torturar vocês, caros amigos leitores, contando do muffin de banana com açúcar mascavo que acabei de fazer – lembra o muffin que recebe uma rodelinha de banana sobre ele com açúcar e canela. Sabe? Aquele açúcar que faz aquela casquinha crocante? Então, o texto não é para isso.

Esse texto é para fazer pensar a real utilidade das letras nas músicas. Sim, porque essa, por exemplo, seria tão gostosinha e boazinha para dançar se a gente não fosse obrigado a prestar atenção a letra.

A única coisa que eu realmente gostaria de saber é:

O que o Guto ta fazendo?

Beijo Guto!


Torturas da Euba


Autor: Eubalena ~ 3 de março de 2011. Categorias: Cantinho das Monas.

Ainda da série “cagando com a sua infância”… Toda a inocência das minhas tardes jogando pac-man com amigos acabou no momento em que a menina falou:

- Vem brincar comigo…

E que venha 2012!

Bom Carnaval!





Busca

© 2007-2021 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br