Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Bebê rock´n´roll – ninando seu filho com estilo



Por Phoebe - 27 de maio de 2009. Categorias: Cantinho das Monas, Mona em Família.

Que nossas canções de ninar são uma tragédia, isso não é novidade para ninguém – inclusive vários humoristas já fizeram troça com os versos tragicômicos das nossas cantigas de roda.

Desde que me vi com a incumbência de ninar minha filha, sabia que jamais a embalaria ao som de “Boi da cara preta, pega essa menina que tem medo de careta”. Como na época eu não conhecia muitas músicas infantis, o jeito foi improvisar cantando canções que eu sabia de cor – mas de cor eu só conhecia os “rocks” que passei a adolescência inteira ouvindo.

E foi assim que, ainda recém-nascida, minha filha foi apresentada aos maiores sucessos do Guns ´n´ Roses, Nirvana e Bon Jovi.

Com as músicas do Nirvana o efeito não foi lá muito interessante, não sei se devido à minha incapacidade de transformar os gritos viscerais do Kurt Cobain em sussurros maternais, ou em razão das próprias letras das músicas – afinal, como cantar para um bebê o verso “I wish I could eat your cancer when you turn black”? Não tem clima, né?

Já com o Guns o negócio fluiu com mais facilidade, especialmente com a música “Sweet Child O´Mine”, que deve – ou deveria – ser o hino de todos os pais que têm sob seus cuidados uma doce garotinha.

Mas foi uma música do Bon Jovi que cumpriu com perfeição a função de embaladora oficial das sonecas da minha filha: “Blaze of Glory”. Foi engraçado constatar que a menina caía em sono profundo ao me ouvir cantar “Well, I´ve seen love come, I´ve seen it shot down, I´ve seen it die in vain… Shot doooooown, in a blaze of gloryyyy”. Mais engraçado ainda foi constatar há algumas semanas que, mesmo depois de 3 anos, “Blaze of Glory” continua sendo um Lexotan para os ouvidos da pequena: numa noite dessas, voltando para casa depois da escola, essa música tocou no CD-player e, quando virei para trás, lá estava a menininha dormindo profundamente!

Portanto, na hora de ninar seu bebê, esqueça o “Nana, neném, que a Cuca vai pegar”! Vá de Beatles, Aerosmith, Oasis etc. Seu pequeno Elvis agradece!

Beijos da Phoebe

Veja também:

8 Comentários to Bebê rock´n´roll – ninando seu filho com estilo

  1. Rodrigo Reis

    phoebe, o objetivo da minha vida é não deixar meu sobrinho gostar de pagode, axé funk e etc… Por isso eu comprei 2 CDs do Pink Floyd para ele. São 2 CDs Com versões de musicas do Pink Floyd para ninar :) Existe uma coleção no EUA chamado “Rock a bye baby” que é muito boa, e tem de tudo, Pink Floyd, Led Zeppelin, Doors, Queen, Até bandas mais pesadas como “Slipnot” e etc… Vale muitissomo a pena :)

    [Responder]

  2. Josias

    Meu filho tem um repertório eclético, que vai de mamonas assassinas até carinhoso.
    E agora ele vai iniciar nos rocks…

    [Responder]

  3. Kio (Caio Cesar) - 37 anos

    Minha filha sempre ouvia, desde ainda na barriga da mãe, músicas do Elvis Presley. Não me surpreendeu quando ela se apaixonou pela trilha sonora de Lilo e Stitch, sendo uma das suas preferidas até hoje.

    @Rodrigo Reis, parabéns pelo bom gosto. :)

    Abraços.

    [Responder]

  4. Phoebe

    Rodrigo, também morro de medo que minha filha venha a gostar de pagode/axé/forró no futuro, embora ache isso bem provável, já que moramos no Nordeste e aqui o pessoal ama esses estilos (claro que há exceções, como o meu próprio marido, mas no geral o pessoal gosta bastante)! Aqui no Brasil tem uma coleção tipo “Beatles for babies”, mas é só a música instrumental.

    Josias e Kio, acho muito legal quando vejo crianças gostando de músicas que, em tese, só agradariam os adultos! Outro dia meu marido colocou por acaso um CD do Raul Seixas no carro e a nossa filha ficou louca, adorou! Agora ela sempre pede para ouvir o “titio doidão” e fica viajando com a melodia. A gente olha para trás e lá está ela, na sua cadeirinha, olhando para o tempo, concentradíssima na música! rs

    [Responder]

  5. Mafalda

    Eu tenho o Cd Beatles for babies, que ganhamos quando estava grávida da primeira filha. Bem lindinho!!
    Até usei uns trechos dele naquele mini-podcast da Phoebe, falando da gravidez dela. :)

    Agora, falando de crianças e não mais de recém-nascidos ou bebês, cho legal alguns desenhos modernos que incluem vários estilos de músicas na trilha sonora: disco dos anos 70, jazz, etc. A mais velha até já sabe: está é música dos anos 70, né? e gosta.
    Mas também é a coisa mais lindinha ver minha filha menor, de 3 anos, cantando o “Pato Pateta”.

    Bem legal o post, Phoebe!
    Bjão

    [Responder]

  6. Lucia Alonso

    Minha filha curte Samba… Clara Nunes, Monarco, Ivone Lara…muito culta ela..rsrs

    [Responder]

  7. Rodrigo

    E é importante não esquecermos das roupinhas tb. Vejam no site http://www.minibeanie.com.br muita coisa legal com estilo bem descolado e rock’n roll!

    [Responder]

  8. Pri

    Pessoal
    Dá uma olhada nesse site de roupinhas para bebê Rock n Roll!!! Muita coisa fofa. http://www.rockmebabies.com.br

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br