Porque fazer humor e podcast é uma arte

































A Beleza Está nos Olhos de Quem Vê


Autor: Eubalena ~ 6 de outubro de 2010. Categorias: Cantinho das Monas.

Essa é a maior desculpa para quem casa com gente feia, mas é a mais pura verdade.

Algumas pessoas são lindas e todos concordam. Sofia Loren, por exemplo. Alguém não consegue achar aquela mulher bonita? Já a maioria dos mortais não dotados de beleza, tem de passar pelo conceito de belo que cada um aprendeu a ter.

Sim, na minha opinião, achar algo ou alguém belo vem muito do meio em que vivemos ou das informações que recebemos.  Quando conto que sou de Santa Catarina, sinto um olhar de decepção nas pessoas. Eu não sou loira, não sou alta e não tenho olhos claros (Credo, que baranga, não?) e a grande maioria das pessoas tem em sua mente, graças as informações que recebeu, um estado catarinense habitado somente por clones de Vera Fisher (quando ainda era bonita).

Todo mundo tem aquele amigo ou parente que de tão feio, mas tão feio, chega a ser até engraçadinho. E isso acontece porque a gente se acostuma com a feiúra. Começamos a achar que aquele olhar, até outrora meio de esguelha, realmente combina com aquele nariz meio equino. E conseguimos não ver a falta de harmonia naquela face.

Agora estão apostando pesado (desculpem-me pelo trocadilho) nas modelos plus size (mesmo que, sejamos realistas, a gente sabe que naquelas fotos o photoshop faz a festa. Ninguém, com o tamanho de algumas delas, tem uma pele lisinha sem celulite ou estrias e sem as tradicionais dobras, ou seja: as gordas normais, continuam passando vontade do mesmo jeito!). Eu acho que já tinha passado da hora de acontecer isso. Era cansativo ver moda sendo feita só para gente magra, e não magra normal, magra no estilo esquelético da maioria das modelos de passarela.  O trabalho das modelos plus size está dando uma nova informação sobre o belo e, com certeza, pode ajudar a mudar o conceito sobre corpos bonitos.

Eu, Eubalena, 36 anos, penso que beleza é aquilo que acalanta os olhos, que é bom de ver.

Tem coisa mais feia que um bebê recém-nascido? Aquela cara toda enrrugadinha, aqueles pés minúsculos, aquela boca banguela? Mas alguma mãe ou pai consegue achar o filho feio? Não! A minha era a cara de joelho mais linda que eu já vi na vida.  E meus olhos pediam para vê-la o tempo todo. Era um carinho que eles recebiam ao olhar cada bocejo que ela dava nas suas primeiras horas de vida. Hoje ela continua linda, mas porque é a minha cara!

Então, não fique desesperado (a), caro (a) leitor (a)!  Ser belo não é o mais importante. O importante é achar alguém que cresceu no meio certo e recebeu as informações corretas para poder enxergar a beleza mesmo onde ela está mais escondida.

Há sempre uma tampa de vidro temperado, mesmo para aquela panela de alumínio fino comprada numa loja de R$1,99

Euba


Monalinda da Semana: Sophia Villani Scicolone


Autor: Eubalena ~ 6 de abril de 2009. Categorias: Monalinda da Semana.

E a Monalinda da Semana sou… Não, não sou eu porque me faltam peitos e me sobram pneus e, pelo que me mostram os 34 anos,  não vou chegar tão bem assim na 3ª idade.

Ainda seguindo a minha linha geriátrica, não tem como não dar o título de Monalinda da Semana (eu daria o título Monalinda da vida toda) para a Sophia Loren.

vitaactiva.blogspot.com/

Esta senhora de 74 anos, mãe de 2 filhos, foi descoberta em 1952  por Carlo Ponti.

http://aterceiranoite.wordpress.com/2006/11/11/herois-com-macula/

Trabalhou com grandes diretores como Frederico Felline e contracenou com nomes como Frank Sinatra e Clark Gable.

chuchscoop.wordpress.com/

Ao lado de Marcello Mastroiani formou uma das mais deliciosas duplas do cinema italiano, atuando em filmes como Matrimonio all’italina.

www.vontade-indomita.blogspot.com/

Em 1962 recebeu o Oscar de Melhor Atriz por Duas Mulheres e foi novamente indicada em 1964 , por Matrimônio à Italiana.

Ainda por Duas Mulheres, foi escolhida Melhor Atriz no Festival de Cannes. E, em 1958, também recebeu o prêmio de melhor atriz por sua atuação em A Orquídea Negra.

Foi indicada para o Globo de Ouro como Melhor Atriz por Matrimônio à Italiana (1964) e Melhor Atriz Coadjuvante por Prêt-à-Porter (1994)

Espero chegar nos meus setenta quase assim… Já vou me dar por feliz!

A cara da minha tia Janete!

http://jornale.com.br/zebeto/2008/02/14/para-nunca-esquecer-16/

Baccio.

Euba





Busca

© 2007-2019 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br