Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Legendas dO que estou pensando? #80 com Jennifer Lopez e Cameron Diaz no Oscar 2012


Autor: Mafalda ~ 5 de março de 2012. Categorias: Que estou pensando?.

Mano, é nois na fita!
@beneportela

- E o prêmio da perna mais branca vai para…
– Angelina Jolie!
@cyogui

E o careca dourado vai para…
@beneportela

Ganhamos a aposta, a dona Meryl Streep vai ter que se vestir de Charlie Chaplin.
@DiasCamila

Chupa essa Narcisa!
@beneportela

Cameron: Meus amigos, o MonaCast estava muito bom.
Jennifer: Olha aqui!!! Não é que elas levaram o Oscar!!!!
@wilsonr_

Jennifer:
- Aaaaaah, não acredito que esse filme vééio ganhou, que mau gosto!

Cameron:
– Ah muleque, panela velha é que faz comida boa! Ainda estamos bem na fita, colega!
@FlaPompermayer

E o Steven Tyler se gabando pq tinha visto mta coisa… HAHA
@JessLeles

Jennifer Lopez: Aaaaai…Tira a mão dai Cameron
Cameron Diaz: Relaxa JeJe pensa em uvas!
@urly4real

Se você se mexer mais um pouquinho eu rasgo seu vestido sua vadia!
@davinederecife

Sabia que era eu!!!!
Mary

Olha como eu sei imitar bem pato: Qué! Qué! Qué!
Júlia


Julie & Julia


Autor: Mafalda ~ 6 de setembro de 2010. Categorias: MonaCine.

Julia Child é uma americana que adora comer e cozinhar. Estamos na década de 50, ela acabou de chegar na França, onde seu marido vai trabalhar, e se sente só e sem objetivo na vida. Por isso, resolve fazer um curso de culinária.
Nos anos 2000, Julie Powell tem um emprego totalmente desestimulante e amigas bem sucedidas, que adoram atirar isto na sua cara. Sentindo-se perdida, ela resolve que está na hora de fazer algo relevante e começa um blog, onde vai contar suas aventuras preparando as mais de 500 receitas do best-seller “Mastering the Art of French Cooking”, escrito por Julia Child.

E assim, vamos acompanhando paralelamente as histórias das vidas de Julia e de Julie, ídolo e fã.

Julia tem que enfrentar o preconceito por parte dos chefs, por ser mulher e americana, mas acaba se tornando uma estrela da TV nos EUA, ao ensinar donas de casa a prepararem pratos sofisticados.

Já Julie deve conciliar seu novo “hobby”, considerado inútil pela maioria das pessoas, com a vida pessoal e profissional. É com prazer que acompanhamos os primeiros comentários no blog e a escalada dos acessos, até que ela se torna um sucesso.

Apesar de Julie & Julia ter em sua trama diversos assuntos sérios, como separação, sexismo, depressão, tudo é tratado de forma muito leve e simples, coisa comum nos filmes da Nora Ephron.
A atuação de Meryl Streep é boa, como sempre, interpretando a grandalhona e desengonçada Julia. Já Amy Adams a cada dia me agrada mais. Desde Encantada, passando por Dúvida, Amy vai se mostrando uma ótima atriz e que dará muito que falar (a indicação para o Oscar de 2009 é uma boa mostra disso).

Achei o filme todo muito bom, mas gostei especialmente da história de Julie. Mesmo não tendo nenhum tipo de interesse em culinária (em especial na francesa, com toda aquela manteiga, argh!), achei o filme interessante.

Tenho certeza de que pessoas que gostam de cozinhar se deliciarão com a saga das duas mulheres que conseguem dar um novo sentido às suas vidas, através da paixão pela comida.

Um filme sem grandes pretensões, mas muito agradável de se assistir.



A arte delas: Meryl Streep x Kate Winslet


Autor: brunomendonca ~ 31 de janeiro de 2009. Categorias: Mona POP.

Na lista de indicadas ao Oscar de melhor atriz de 2009, duas estrelas de gerações diferentes merecem muito destaque.

A primeira delas é Meryl Streep, recordista absoluta de indicações ao Oscar de melhor atuação. Beirando os 60 anos, a atriz já fez todo tipo de papel, de mocinha a vilã, sempre esbanjando muito talento. Em A Dúvida, filme que lhe rendeu sua 15ª indicação, interpreta a Irmã Aloysius Beauvier, rígida diretora de um convento.

Além do recorde no Oscar, Meryl também acumula em seus currículo 22 indicações ao Globo de Ouro, onde por 6 vezes saiu vitoriosa. Já das 15 que concorreu o prêmio máximo do cinema, saiu por duas vezes com a estatueta nas mãos. Uma vez com melhor atriz, por A Escolha de Sofia e outra por Atriz Coadjuvante no drama Kramer versus Kramer.

Recentemente estrelou também o musical Mamma Mia, onde cantou, dançou e fez várias estripulias em cena. Já fez filmes ao lado Woody Allen, Robert De Niro, Dustin Hoffman, Jack Nicholson e muitos outros.

Tinha tudo para ser a estrela absoluta da noite do Oscar e colocar mais um troféu em sua estante, porém, se as previsões se confirmarem a noite será de outra grande atriz, mais nova, mas também com muito talento.

A inglesa Kate Winslet
, conhecida pelo mundo como a mocinha de Titanic, é a favorita da noite para por a mão na estatueta dourada. Por 5 outras vezes, ela já foi indicada ao prêmio, mas sempre saiu de mãos abanando. O filme que lhe rendeu a indicação foi O Leitor que narra o julgamento de uma nazista. Porém, por pouco, ela não foi indicada também por Foi Apenas um Sonho, onde novamente ela divide cena com Leonardo DiCaprio. Tanto que, no Globo de Ouro, a moça papou o prêmio de Melhor Atriz e Melhor Atriz Coadjuvante por ambos os filmes. Tudo indica que o Oscar já é dela.

Apesar de outras 3 excelentes atrizes também concorrerem, é muito provável que na noite do dia 22 de fevereiro, ou Kate ou Meryl, seja agraciada com o título de melhor do ano. E tanto uma quando a outra merecem tal prêmio, não só pelos filmes que atuaram esse ano, mas por suas carreiras brilhantes.

Bruno Mendonça





Busca

© 2007-2019 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br