Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Estreando: Milk-Shakespeare



Por Mafalda - 3 de setembro de 2008. Categorias: Geral.

Que beleza de homem!

Aos treze eu achava Axl Rose o homem mais lindo do mundo. E ainda hoje, cada vez
que revejo um clipe do Guns, continuo achando a mesma coisa. Pra mim ele é bonito de todo jeito: bem magro, cheinho, com barba ruiva ou com a cara bem lisinha. Parado ou dançando daquele jeito só dele. Com o cabelo lisinho solto, com o cabelo grudado de suor e a bandana na cabeça. De saia. De camisa xadrez. De shortinho colado. Ai, ai.

Foi graças a ele que aprendi a falar inglês. Eu, que no início era meio avessa à matéria, quando virei fã comecei a estudar tanto que terminei o cursinho mais rápido, porque a cada semestre pulava um, de tanto que eu lia e falava. Tudo pra poder cantar as músicas do Guns n’ Roses com fluência. Tomei gosto pela coisa.

Dizem que a gente sabe que aprendeu quando sonha em outra língua. Eu, que muito desejei, um dia tive um sonho em que conversava com ele. Foi lindo. Não esqueço nunca. Vi ele parado num banco de trás de um carro num engarrafamento. Entrei e ficamos conversando no banco de trás. Uma conversa calma, íntima, nada mais. E sem pressa nenhuma de que o trânsito fluísse. Mágico.

Aí, em 1993, vi o show no Rio. Lá de longe, porque não agüentei muito empurrão pra ficar na frente. Um dia de pura felicidade. De novo: mágico. Agora, como seria se em vez de amor de fã fosse uma coisa mais real, se existisse uma relação entre nós? Provavelmente um desastre, como foi com ele e sua Erin, sua sweet child.

Tem um filme chamado Rock Star, com Mark Wahlberg  e Jennifer Aniston (de Friends), que conta a história de um fã que faz cover e é convidado a substituir seu ídolo numa banda de metal. Nele, o casal que namorava antes e tinha uma vida normal, continua. É interessante de ver. Tudo muda. Mas não necessariamente pra melhor. O namoro que era bom vai se destruindo pelo cigarro, álcool, drogas, pelas dúzias de fãs com quem ele se tranca nos hotéis, no melhor estilo “todo mundo nu”, “ninguém é de ninguém”, etc e tal. Esse momento do filme é pra gente pensar que esse povo super-star tem uma vida boa, mas também muito louca. E que, em parte, nossa vida é melhor que a deles e os seus
milhões (de dinheiro e de fãs).

A gente que chega em casa cansado, mas fica vendo seriado agarradinho, e quando viu já comeu uma barra de chocolate inteira. Que fica fazendo planos pro fim de semana. E pra depois também.

E afinal, tudo isso foi pra me declarar: bom mesmo é o namorado da gente. Deixa o Axl Rose rodopiando de saia na televisão.

Odyle

Veja também:

9 Comentários to Estreando: Milk-Shakespeare

  1. Pumpkin

    Essa paixão toda pelo Axel … Será que Odyle é mesmo Odyle? rsrs

    [Responder]

  2. Mafalda

    Boa pergunta! Acho que a Odyle é a Georgia disfarçada. :-)
    Na verdade, a Odyle é colega de faculdade da Phoebe, mesma idade, mesmos gostos. Essa geração MTV… ;-)
    brincadeira.

    E apesar de não ser nem um pouco fã do Axl Rose, achei MUITO LEGAL o texto da Odyle!
    bjs

    [Responder]

  3. Phoebe

    A Rachel crente que eu tinha escrito o texto, né??? Nãaan, a Odyle é mesmo a Odyle! rsrs! O engraçado é que nós temos gostos muito parecidos e nem sabíamos disso. Outro dia fucei o perfil dela no Orkut e fiquei besta por ver tantas coincidências!

    Odyle, amei o texto! É bem isso mesmo que vc falou… A gente ama ter um ídolo para ficar admirando, mas ninguém melhor do que os nossos namorados/maridos para nos fazerem felizes! Que os ídolos fiquem em nossos altares, então!

    Bjs!

    P.S.: O Axl tá meio acabado agora, mas o Rodrigo Amarante (do Los Hermanos) ocupa bem direitinho o seu lugar! rsrs

    [Responder]

  4. guilherme atencio

    Adorei a figura do “Milk-Shakespeare”, e o texto também está muito bom!
    O Monalisa está cade vez melhor, GURIAS (hehehe).
    Abraços pra todas!

    [Responder]

  5. Wishm4st3r

    Putz q texto daora!
    Me fez pensar como seria dura a vida de superstars em alguns momentos e talz…

    Mas mesmo assim que gostaria de ser um hehe

    [Responder]

  6. Débora

    Agora o Axl está acabado mesmo! Mas confesso que achava ele muito lindo antes!!
    Phoebe, sério que vc acha o Amarante bonito? Eu amo de paixão Los Hermanos, mas não acho nenhum deles bonitos!!
    Mas é como dizem né, gosto é igual c* cada um tem o seu! hehe

    [Responder]

  7. Jullyana Rêgo

    Bem vinda Odyle, ótimo texto.

    [Responder]

  8. Adriano Caetano

    Oi Odyle, parabens pelo trabalho. Encontrei esse blog por acaso através do concurso dos melhores Podcasts, e quem eu encontro aqui por acaso? Você.

    Talves nao se lembre de mim, mas voce estudou na escola casa com meu irmão, Juliano. Gostei da surpresa que tive.

    Parabens!

    [Responder]

  9. *-*

    nossa , sonhei com o Axl esses dias *-*
    el todo safado qerendo mais coisas , e eu falei qe não ele me agarrou e agetne se beijo kkkkkkkkk
    lindo de mais kkk

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br