Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Existe Amizade na Internet: em especial, nas mídias sociais?



Por Mafalda - 1 de fevereiro de 2011. Categorias: Cantinho das Monas.

Hoje não pretendia escrever aqui no blog, mas ao ler uma  mensagem do blogueiro Marcel Dias -  @bqeg – no twitter, fiquei motivada a comentar sobre a velha questão da Amizade na internet. Até a Veja já fez uma matéria de capa sobre isso.

O @bqeg escreveu:  “ Ultimo recado pra vcs: amigo de verdade lhe defende e toma partido por vc. Amizade no twitter? Tudo interesse, e interesse merda. Inté.”

Acho que assim como ele, eu e você – leitor(a), já tivemos algum tipo de decepção com alguém de nossas relações virtuais. Claro que a tuitada do Marcel foi um desabafo, pois ao contrário da afirmação e mesmo da matéria que saiu na revista Veja, existe Amizade no twitter. Assim como existe em outras mídias sociais. Existe até amor, como no caso dos nossos noivos Aurea e Jonatas, que se encontraram via orkut.

Claro que depois, sempre acontece o contato real, para colocar uma “cola” no relacionamento. Mas as mídias sociais ajudam.

Falando da minha experiência  pessoal, as mídias sociais tornaram-me uma pessoa mais otimista. Digo isso porque eu venho de uma educação pessimista (ou realista, com diz minha mãe), em que aprendi que os amigos vão embora, e no final resta só a familia.  Quando você tem 16, até uns 25 anos, há muitos amigos e nem sempre estes amigos são verdadeiros.

Depois a turma cresce,  muitos se casam, alguns partem pra outras cidades ou mesmo exterior, outros arrumam namorado(a) que afasta do grupo. E no fim, ficam poucos amigos e… a familia.Um ou outro amigo do colégio, faculdade, um ou outro amigo do trabalho. Digo: Amigo mesmo! Que se importa realmente com você, que não vai fugir quando estiver triste, ou com dificuldades. Pois há aqueles amigos que só querem sua alegria e fogem da sua tristeza. Porque não pensam em você, só neles.

Mas do que já passei, uma coisa é importante para a amizade, seja ela real ou virtual. é o seu cultivo. É regar para manter sempre viva, é perdoar, é  ser compreensivo, respeitar e conviver com o diferente de você. Se hoje em dia, não há perdão nem nos casamentos e por pouca coisa brigam e separam, assim também as amizades andam cada vez mais complicadas.

Beijos,
Mafalda

Veja também:

14 Comentários to Existe Amizade na Internet: em especial, nas mídias sociais?

  1. Ila Fox

    Acho que minhas ultimas amizades verdadeiras foram na faculdade. Nos trabalhos eu conseguia no máximo alguns colegas para jogar conversa fora e só.
    Na internet, além de um marido, eu tbm consegui algumas amizades. gente que me identifiquei e ajudava na boa, sem nenhum tipo de cobrança. Igual amigo mesmo. Mas sabe aquele boteco de fim de tarde, aquele passeio no shopping? não vão existir. E as vezes isso é a unica coisa que vc precisa.

    [Responder]

    Mafalda Resposta:

    Ila, quanto tempo não vejo comentário seu por aqui! Saudades! :)
    Também sinto a distância das amizades virtuais que mantenho.
    Bjs

    [Responder]

  2. Paula Yuri

    Oi Mafalda,

    Esse é um assunto delicado, a amizade virtual, pra mim funciona assim: leio vários blogs, sites etc que tem assuntos do meu interesse.
    Daí comento sobre o post e aí vai, se o dono do blog/site responder, ja ganhou a minha admiração. Sério pq tem uma galera q posta e fica cobrando comentários, e mal responde, quer dizer pra que eu vou comentar se eu sei q não terei resposta.

    Pior ainda é no twitter q tem um povo q só quer causar polêmica, e dar palpites ácidos p/ dizer q tem conteúdo, lembrando q não estou me referindo a seu amigo citado no post.

    Acho q só tenho uma ou duas amizades virtuais, de pessoas q embora estejam longe e eu mal as conheça, me importo com seus sentimentos. Uma dessas pessoas inclusive passou uma dificuldade grande este ano, com a sua esposa q sofreu um acidente de trabalho semelhante ao que a minha mãe sofreu a 2 anos atrás. Orei por eles de todo o meu coração, pq sei o que é essa sensação de impotência, diante da dificuldade.

    bjokas e desculpe o desabafo.

    [Responder]

    Mafalda Resposta:

    Pessoal no twitter causa polêmica pra atrair seguidores. Realmente, acho complicado fazer amizades no twitter.
    Apesar que foi pelo twitter que aconteceu maior proximidade entre os ouvintes do Monacast. Mas aí, eles já conheciam antes o cast, a mim e a Euba.

    Você cria proximidade maior quando encontra algo em comum, como no caso desta pessoa que teve um problema parecido com o da sua mãe. No meu caso, as amizades com a Phoebe e Euba começou também com um ponto comum: a maternidade e os filhos.

    Valeu o desabafo, Paula!
    Bjs

    [Responder]

  3. Fabiano Loureiro

    otima visao sobre o assunto, mafalda,
    eu mesmo na vida fora do computador, ja vi muitos dos meus amigos se afastarem, porem aqueles que sao verdadeiros sempre tem um espaço no coração da gente e mesmo depois de anos sem se ver, quando nos reencontramos parece que não se passa 1 dia.

    Ao meu ver, amizade é o amor na forma mais pura possível
    bjos
    admiro muito seu trabalho

    [Responder]

    Mafalda Resposta:

    Obrigada, Fabiano! :)
    Bjs

    [Responder]

  4. GeorGUN

    Bom, só posso dizer aquilo que vivenciei:
    Acho que sim, que seja possível conseguir uma amizade dentro da comunidade virtual, mas não vá achando que encontrará muitas!
    Isso porque se você possui o objetivo específico de encontrar amizades, amigos ou amigas, quase sempre não dará certo.
    Acredito que achar amigos e até mesmo um romance acontece de maneira casual, pelo fato de que quando você conhece virtualmente alguém, e aprecia, é consequência de afinidades que os mantém em contato, como gostar do mesmo blog, de jogar o ou os mesmos jogos, enfim. Mas como na vida real, a amizade somente virá com o tempo e as adversidades que a vida lhe proporcionará.
    Além do mais, contato físico, pelo menos pra mim, é fundamental. O olhar, o jeito, qualquer coisa assim, que envolvam diretamente os seus sentidos, podem lhe dar algumas surpresas, agradáveis ou não, que o virtual facilmente esconde.
    Saudações de um admirador de Rio Branco – Acre ^^

    [Responder]

    Mafalda Resposta:

    Tem razão, George.
    Concordo com o que vc falou.
    Não dá pra forçar uma amizade, se não rola química, afinidade, empatia.
    [ ]‘s
    Mafalda

    [Responder]

  5. Ju Teófilo

    Adorei o assunto e o texto! Curiosamente, tive a mesma criação “realista”. Pior…maior parte de minha família é mineira rsrsrs. Resultado: aprendi a ser desconfiada desde bebê.
    Amizade é um tipo de amor, né? E não existe história de amor longa e bem sucedida sem empatia, paciência e cultivo.
    Pra mim, a internet viabilizou a retomada de contato com pessoas queridas que a vida espalhou pelo mundo. Amizades dos tempos de colégio e da faculdade.
    E acho que como em toda relação, uma coisa que a gente tem que levar em conta (e aceitar) é que cada pessoa se manifesta de um modo.
    Tenho poucas amizades exclusivamente virtuais. Minha experiência se parece com a da Paula Yuri aí de cima e divido com ela o mesmo sentimento em relação a algumas coisas que vejo pela net. Eu realmente me importo com essas poucas pessoas que só conheci graças a net. E acho que é como na vida: vc conhece uma pá de gente, mas esse sentimento mais profundo, essa química ou o que seja, só rola com algumas.
    Olha,Mafalda, sugestão: esse tema dá um super monacast!
    Beijos

    [Responder]

    Mafalda Resposta:

    Ju, este tema está na nossa lista faz tempo. Pretendíamos gravar no ano passado, mas não deu. Ficou pra este ano.
    Valeu o comentário!
    Beijos

    [Responder]

  6. Jack

    Acredito que a Internet é mais um meio de conhecer pessoas, de se comunicar. Não é melhor ou pior que a vida real, e está sujeito aos mesmos problemas de relacionamento que temos fora da Internet. Afinal, o que faz a amizade são as pessoas, não a tecnologia.

    Eu acho que sabemos quem se importa conosco é quando vemos quem está ao nosso lado quando estamos por baixo. Essas pessoas são suas amigas de verdade.

    [Responder]

  7. Daigo

    Acho que acima de qqr meio, seja ele real ou virtual, o que conta é a afinidade. Seja como este elo foi gerado. Ontem mesmo estava filosofando durante o dia sobre este conceito já dado como antiquado de “Amigo virtual”, coisa que se falava muito quando a Internet começou a se popularizar, no final dos anos 90, e nesses convívios, já fiz grandes amigos, que 99% destes contatos que prevalecem, já saíram da Matrix, e algumas poucas desavenças. Há aqueles que vêm e vão, mas, a conclusão que cheguei foi que, não existe amizade “virtual”, existe a AMIZADE, pois, por trás de um avatar, de bytes, de janelas e plataformas, há um ser humano, assim como nós.

    [Responder]

  8. Mafalda

    Jack e Daigo,concordo com o que falaram. A Amizade acontece pelas pessoas, seja qual for o meio.
    Mas acho que a questão que me fez escrever o texto é que às vezes, o meio – no caso, as mídias sociais – ajuda a passar uma falsa impressão de amizade, quando ela na verdade não existe.
    Valeu!

    [Responder]

    Daigo Resposta:

    @Mafalda, Isso me lembra o filme “A rede social”, quando um cara aborda o Zuckerberg e fala: nossa, eu sou teu amigo, te tenho no facebook. E Zuckerberg olha com aquela cara de Ahm? Te conheço?

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br