Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Galileu nos eixos



Por Rachel Barbosa - 23 de maio de 2010. Categorias: animais.

Tenho uma confissão a fazer. Aliás, duas.

Confesso que Galileu é o meu xodó. Todo mundo sempre tem um cão com quem se identifica mais. Não que não ame os outros, mas desde o começo ele sempre foi especial.

Isso, somado à pouca experiência já que ele foi meu primeiro cão (meu mesmo, os outros eram dos meus pais), me levam à segunda confissão: eu mimei o Galileu.

O adestrador sempre me avisou para ser mais rigorosa com ele, para dar duro. Eu briguei, chamei a atenção muitas vezes, mas a verdade é que nunca dei duro de verdade.

Agora ele está com quase 6 anos e resolveu “crescer” pra cima de mim.

Desde que a Geometria chegou e começou a fazer xixi fora do lugar, ele começou a fazer em cima do dela, marcando território. Eu briguei muitas vezes, mas domingo passado tive uma oportunidade única: peguei ele bem no meio do xixi. Chamei a atenção do modo como o adestrador ensinou e a reação dele foi me enfrentar!

Galileu não é agressivo e nunca tentou se impor pela violência, mas eu sempre soube que era um cão de personalidade forte (o signo dele é Leão rsrs). Até então ele sempre lidou comigo usando o charme canino. Aquela foi a primeira vez em que me enfrentou mesmo. Rosnou pra mim e não se intimidou quando endureci mais a bronca. Instintivamente o coloquei em posição de submissão, como o Cesar Millan, o Encantador de Cães, ensina. Galileu permaneceu rosnando e só tirei a mão dele quando parou. Enquanto isso, meu marido e os outros cães observavam a cena de queixo caído. Depois que parou de rosnar não permiti que se levantasse, ainda seguindo os ensinamentos do Cesar. Mantive-o deitado de barriga para cima por vários minutos, até que estivesse relaxado. Só então permiti que levantasse.

Não vou negar que foi difícil pra mim ser tão dura, mas precisava. Meu marido ficou espantado não por ele ter rosnado, pois já rosnou para umas poucas pessoas antes, mas por ter rosnado para mim.

Bruno, meu schnauzer, assim que chegou em casa mostrou ser um cão dominante. Seguindo a orientação do adestrador, me impus desde cedo. Hoje em dia ele aceita minha liderança e não contesta. Com o Galileu, por ter um jeitinho diferente, não agi da mesma forma, mas agora preciso me impor para que as coisas não saiam do controle. Isso é um processo, não acontece da noite para o dia, mas hoje constatei que fiz progresso.

Novamente flagrei Galileu fazendo xixi na sala e repeti a bronca. Dessa vez ele não rosnou. Não está perfeito ainda, só estaria se ele não houvesse feito xixi na sala, mas ao menos não houve enfrentamento direto.

Me corta o coração, mas não precisaria fazer isso agora se não o houvesse mimado.

P.S.: Parece bobagem, mas vou repetir o aviso que aparece nos programas do Encantador de Cães (“não tente isso sem a ajuda de um profissional”). Se você não sabe o modo certo para manusear um cão rosnando, pode acabar com uma bela mordida na mão, mesmo se o cão for um poodle.

Rachel Barbosa
http://caoamado.com.br

Veja também:

3 Comentários to Galileu nos eixos

  1. Cristiana Sbardella (Gata Flecha)

    O César é realmente MUITO bom. Vale a pena assistir cada episódio do programa dele (é claro, nunca esquecer que certas coisas a gente não deve tentar sem auxilio de um especialista)

    Tem muita coisa básica que ele passa que já pode fazer uma imensa diferença, principalmente pra quem tá adotando um filhote já começar com o pé direito

    [Responder]

    Rachel Barbosa Resposta:

    @Cristiana Sbardella (Gata Flecha), já tinha uma base sobre adestramento adquirida com o adestrador dos meus cães e através de leituras, mas desde que comecei a acompanhar o programa, aprendi muito com o Cesar.

    [Responder]

    Cristiana Sbardella (Gata Flecha) Resposta:

    @Rachel Barbosa,
    Eu tenho uma poodle que é um doce de cachorro. Muita coisa que apliquei na educação dela eu tinha aprendido com um livro q li algumas vezes e com um pouco de pesquisa na internet.

    Mas recentemente comecei a assistir os programas do César e passamos a corrigir varios probleminhas que as vezes deixavamos passar.

    O metodo dele é muito interessante. Ele usa os próprios instintos do cachorro a favor do treinamento, então é um processo bem natural pro cão.

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br