Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Agility



Por Rachel Barbosa - 9 de março de 2009. Categorias: animais.

Na semana passada falamos sobre a evolução do cão desde os tempos de lobo e como a vida atual de bichinho de estimação pode ser problematica porque o cachorro não tem um trabalho, como tinham seus ancestrais. Prometi uma sugestão de “trabaho” para os cães, por isso hoje falaremos sobre um esporte chamado agility.

O texto a seguir foi publicado pela primeira vez no Dizer o que?

 

95% das vezes em que digo “meus cães fazem agility”, quem ouve responde: “agility? o que é isso?”; em 3% das vezes o interlocutor não tem a menor idéia do que seja Agility mas fica com vergonha de perguntar, então responde de modo vago: “ah é?”; 1% ao menos já ouviu falar e sabe que Agility é um esporte; apenas o 1% restante conhece e sabe como é o Agility.

Aposto que você, leitor, fica nos 95%, não fica?

Falo sobre Agility toda vez que tenho oportunidade e já consegui converter desconhecedores em praticantes. Agora vou ajudar você, leitor, a saber o que é Agility.

Provas de beleza de animais existem há muito tempo. Os cães entram em pista, são examinados pelo juiz, saem e o público fica aguardando o próximo grupo ou decisão do juiz. Nesses momentos em que tinham que aguardar, as pessoas ficavam muito entediadas, até que em 1978 alguém teve a idéia, na Inglaterra, de colocar cães saltando obstáculos nos intervalos do Crufts Dog Show para divertir a galera. Assim surgiu o Agility, que depois foi organizado como esporte.

Mas afinal como é o Agility? É uma prova baseada nas competições de hipismo. Os competidores também formam duplas, humano e animal, mas o condutor não vai sobre o cão, claro, corre junto com ele. A prova consiste numa pista de obstáculos, saltos, que vieram diretamente do hipismo, mas foram adaptados ao tamanho dos cães, mesa, rampa, gangorra, passarela e túnel, que cavalos não podem usar por motivos óbvios.

O objetivo é ultrapassar os obstáculos na ordem determinada pelo juiz, com o menor número de faltas possível. O tempo que a dupla leva para fazer isso também conta. O condutor fica sabendo momentos antes qual é a ordem dos obstáculos e deve fazer com que o cão os ultrapasse nessa mesma ordem, mas para isso não pode usar a guia, tampouco encostar no animal. O objetivo deve ser atingido apenas com comandos verbais e gestos.

Você agora está pensando: “nossa, isso deve ser muito difícil!”. Qualquer esporte é difícil quando você começa a praticar, para isso existem os treinos. Nas competições o grau de dificuldade vai aumentando à medida que a dupla vai ganhando experiência.

Aí você pensou: “muito legal isso, mas o Billy já tem 5 anos, não dá mais pra começar a fazer Agility”. Eu digo, dá sim! Qualquer cão, de qualquer idade e raça, que esteja em boas condições físicas, que não possua problema de saúde, pode praticar. No Rio de Janeiro, por exemplo, existem cães que começaram com poucos meses de vida, os meus por exemplo, e outros que começaram já adultos. Com relação às raças, existem border collies, a raça mais popular no esporte, boxer, labradores, pitbulls, beagle, schnauzers, poodle (o meu é o único atualmente competindo), pastores de shetland, e até os conhecidos vira-latas!

Ficou interessado? Que bom! O esporte precisa de mais praticantes!

Achou muito legal, mas não tem cachorro? Isso aconteceu comigo. Já conhecia Agility mas só quando ganhei meu poodle pude praticar no Canil City Dog, no Rio de Janeiro.

Quer saber mais? Visite http://www.agilitybr.com.br.

 

Gostou da idéia? Coloque seu peludo para trabalhar!

Rachel Barbosa

P.S.: o peludo saltando na foto é o Galileu, o meu poodle (momento mãe coruja rsrs).

Veja também:

9 Comentários to Agility

  1. Rafael

    Ganhei o adesivo?! :p

    [Responder]

  2. Raphael Santos

    Ganhei o adesivo???
    ehehehehe

    [Responder]

  3. Eubalena

    Rafael e Raphael Santos

    Mandem os endereços de vcs pro meu email.

    eubalena@monalisadepijamas.com.br

    [Responder]

  4. Kosmidis

    Legal o post e não ganhei o adesivo =(

    [Responder]

  5. Compan

    Vi agora no twitter… po…… Sem adesivo…

    [Responder]

  6. Eubalena

    Compan e Kosmidis…

    como sou monja em desenvolvimento, darei adesivos pra vcs tbm.

    mandem o endereço!

    [Responder]

  7. Binho

    Também quero adesivo!

    Binho
    Criciúma/SC
    by Palm TX

    [Responder]

  8. leganguera

    Vim comentar não só para ganhar o adesivo
    Mas não pense que não quero.. eu quero sim rss.

    Mas é porque adorei a materia, meu irmão é adestrador de cães
    e eu já sabia o que era agility, é tão legal ver os cãezinhso na sua fase de aprendizado.

    Meu irmão tinha a escola onde tinha agility, eu passava horas lá só olhando.
    O legal é ver os cães quando chegam sem saber nada, e saem de lá obedecendo varias ordens do dono.

    Não esqueça do meu adesivo hehe

    Bjs

    [Responder]

  9. Raças: Poodle | Monalisa de Pijamas

    [...] uma raça super disposta, bem humorada e inteligente. Galileu foi o primeiro cão que treinei para agility e não senti dificuldade. Com apenas 2 repetições do exercício ele já havia entendido o que [...]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br