Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Willy Wonka – versão original


Autor: Phoebe ~ 28 de março de 2009. Categorias: Cantinho das Monas, Mona em Família.

Quem convive com crianças sabe o quanto são especiais os momentos em que paramos para assistir vídeos com elas. Afinal, que outra desculpa a gente teria para assistir filmes infantis e desenhos animados?

Mas mais especial ainda é quando a criança elege como preferido um filme infantil da sua época, que o deixava encantado quando você também ainda era uma criança.

Aqui em casa, o “filme da vez” (leia-se: aquele que não pode ser retirado do aparelho de DVD) é a versão original da Fantástica Fábrica de Chocolate, com o Gene Wilder no papel de Willy Wonka.

O filme mostra a corrida atrás dos 5 bilhetes dourados que, escondidos em barras de chocolate, são os passaportes para uma visita à misteriosa fábrica, onde os portões estão sempre fechados e nunca ninguém é visto entrando ou saindo, além de fornecimento vitalício de chocolates Wonka – que, segundo consta, são um verdadeiro néctar dos deuses, os chocolates preferidos do mundo inteiro.

Os bilhetes são encontrados por 4 criancinhas insuportáveis e um menino para lá de bonzinho, o Charlie. E nessa parte há algumas lições de moral para as crianças e principalmente para os pais: o menino gordinho que sempre come além da conta, a garota mimada cujos pais dão tudo o que ela exige, o garoto que é viciado em televisão e a menina do chiclete que, sinceramente, não consegui detectar ainda qual seria o seu defeito (mascar o mesmo chiclete por mais de 3 meses? Ser impulsiva e ignorar os conselhos dos adultos?). Uma por uma, todas as crianças acabam entrando pelo cano – no caso do gordinho, literalmente. E, fazendo o contrapeso, há o fofíssimo Charlie, um menino órfão de pai que estuda e trabalha entregando jornais para ajudar a mãe a sustentar os quatro avós inválidos que moram em sua casa.

Há alguns fatos engraçados nesse filme, que talvez em razão de sua idade (quase 40 anos – foi produzido em 1971), deixa escapar alguns detalhes politicamente incorretos, como a descoberta de que o 5o bilhete apresentado por um paraguaio era… falsificado, claro!

Entre rios de chocolate, árvores comestíveis e a cantoria dos anõezinhos Oompa Loompa, taí um bom filme para você alugar no final de semana, tenha ou não uma criança ao lado para assisti-lo com você!

Beijos da Phoebe





Busca

© 2007-2022 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br