Porque fazer humor e podcast é uma arte
































O que passou, passou!



Por Mafalda - 11 de junho de 2010. Categorias: Ponto Gê.

massagem relax

Início de relacionamento tudo é lindo, quando rola a química e o santo dos dois batem, como num passe de mágica nasce um casal apaixonado, o relacionamento é bom e o sexo é o caminho inevitável!

Acontece que isso pode acontecer várias vezes na vida de uma pessoa e no próximo “química + santo = paixão” você não quer nem ver pintado o último romance, ou pelo menos não quer o ‘ex’ te assombrando.

Certo até aqui todo mundo concorda, a não ser os privilegiados que encontraram o par perfeito e estão juntos desde quando a libido se manifestou em sua vida pela primeira vez e que gostam de jogar na cara dos infelizes “a procura” como eu que estamos fazendo tudo errado.

Enfim, estou saindo com um cara, faz algumas semanas.

Já rolou café da manhã, almoço, janta e o feliz estou apaixonada por você, com uma resposta de reciprocidade da parte dele.

Não estamos pensando em casar e ter filhos, como eu fiz da primeira vez que me apaixonei, ou só de viver pra sempre ao lado dele, como prometi ao meu primeiro amor-dois! Só estou gostando, feliz e na relação apaixonada de dois adultos nada mais comum que o sexo.

Estava eu feliz da vida que o meu apaixonante casinho resolveu passar creme no meu corpo todo, me deliciando com o momento, quando ele solta “meu, quantas vezes fizeram isso pra você?”.

Esse talvez seja o momento em que o cara estava esperando uma resposta hipócrita legal, no melhor estilo mentiras-sinceras-me-interessam, eu pensei por um instante no que ele pretendia que eu respondesse, fiquei atônita.

Ele percebendo o climão engatou uma piadinha que me deixou levemente irritada.

Mas eu fiquei me perguntando o que o cara quer afinal, que eu diga que ele é o meu primeiro amor??

Já tive alguns namoros com sexo, uns casinhos que não deram certo, porém tiveram sexo, e o cara chega com o trem andando e quer ser o motorista???

Como assim quer que eu responda quantas vezes alguém passou creme em mim, quase perguntei se ele estava falando daquele creme especificamente!

Pela relação que tivemos eu pude notar que ele tem suas taras sexuais e se eu perguntasse pra ele se aquela tara surgiu comigo ou ele é sempre assim, será que ele ia gostar?

Não adianta chorar pelo leite derramado não é? Então deixa o passado onde ele fica melhor: no passado!

Geraldina - personagem da nova colaboradora do Ponto Gê

Veja também:

8 Comentários to O que passou, passou!

  1. Diogo

    Como homem procuro nao perguntar sobre casos passados das mulheres com quem me relaciono, mas a medida que ela vai dando oportunidade de saber pergunto, mas sem forçar nada.

    [Responder]

  2. Debora

    Apoiada! Essas perguntas sobre o passado, no melhor estilo comparação ou pedido de exclusividade, são horrorosas! Bem-vinda nova personagem colaboradora do blog.

    [Responder]

    Geraldina Resposta:

    @Debora,

    Obrigada!!

    [Responder]

  3. Geraldina

    @Diogo,

    Vai por mim, melhor não saber. Acredite que é um momento único estar com vc!

    [Responder]

  4. Geraldão

    Geraldina,
    Não é questão de chegar com o trem andando e querer ser o motorista… os homens em geral são inseguros e querem se comparar aos outros, querem saber se estão no caminho certo ou não. E isso não é exclusividade masculina, as mulheres também tem essa insegurança.

    [Responder]

    Geraldina Resposta:

    @Geraldão,

    Olha, insegurança todos temos, mas a curiosidade pode piorar a situação. Como eu já disse, pense que se ela esta com vc, vc é único para ela naquele momento.
    Se quiser saber se esta no caminho certo, pergunte o que ela quer, perguntas específicas sobre o gosto dela vão te trazer mas segurança do que saber do passado dela! #ficadica

    [Responder]

  5. Ana

    Meu namorado me colocou na parede até eu contar, com todos os detalhes, absolutamente tudo sobre meus casos anteriores a ele. Isso porque minha Primeira Vez foi com ele… Eram péssimos esses momentos, porque ele via que eu odiava falar do meu passado, por lembrar das pessoas com quem já me envolvi e dos sofrimentos dos amores que dão errado.. Ele tinha que saber, é como se fosse um tipo de traição esconder, o que não faz sentido por ser PASSADO. Para eu ser toda dele ele tinha que saber de tudo. Aquelas perguntas me fizeram mal, e ele não compreendia. =/

    [Responder]

    Teonilia Resposta:

    @Ana,

    Fica tranquila, isso é até meio normal, meu namorado que me desvirginou tbm fez isso…
    Deve ser pra contar os pontinhos no cultinho masculino dos desvirginadores! Pra comprovar que vc era pura! rs

    Homens… puf ¬¬’

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br