Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Diário de Casamento: Trash the Dress



Por Eubalena - 5 de outubro de 2010. Categorias: Mona em Família.

Atendendo aos pedidos, resolvi falar um pouco mais sobre o novo estilo de se fotografar noivas, o chamado Trash The Dress. Com tudo, solicitei a ajuda de um especialista, grande amigo, e um grande fotografo de Caxias do Sul, para tirar algumas dúvidas sobre este novo estilo.

Áurea: O que significa o Trash the Dress?

Vanassi: Trash the Dress é um estilo de ensaio fotográfico criado e batizado nos EUA em 2001 pelo fotógrafo John Michael Cooper, no qual a noiva faz fotos em lugares inusitados, sem a preocupação de sujar o vestido. Esse tipo de ensaio chegou ao Brasil com força a partir do final de 2009 e já está sendo feito por fotógrafos de todo o país (alguns com bom gosto, outros nem tanto).

Áurea: Em que momentos podem ser feitos?

Vanassi: O ensaio Trash The Dress foi inicialmente planejado para ser feito após o dia do casamento, com o vestido original da noiva, como uma forma do casal poder curtir por mais algumas horas o clima do enlace e os trajes que nunca mais voltarão a usar. No Brasil, porém, esse conceito sofreu adaptações, pois muitas noivas gostaram da idéia de fazer essas fotos diferentes para decorar seus casamentos. Isso levou vários fotógrafos brasileiros a oferecerem o Trash The Dress antes do dia da cerimônia, como uma opção à já consagrada E-Session (sessão de fotos tradicional do casal, feita antes do casamento).

Hoje em dia no Brasil, as noivas podem fazer o Trash The Dress tanto antes, como bem após o grande dia. Alguns casais chegam a fazer esse ensaio até mais de um ano depois de casados.

Uma curiosidade importante é o fato de que, no Brasil, muitas noivas alugam o vestido ao invés de comprá-lo, isso levou algumas empresas de aluguel de trajes a começarem a separar vestidos específicos para Trash The Dress, os quais são emprestados para os casais. Com isso, o ensaio Trash The Dress é feito com um vestido diferente daquele que a noiva usará em sua cerimônia, resolvendo dois grandes problemas: o medo de sujar e a tradição de que os noivos não podem ver o vestido oficial antes do casamento.

Áurea: O Trash The Dress pode ser feito apenas com o noivo, ou necessariamente ele precisa estar com a noiva nas fotos?

Vanassi: O conceito original foi criado para o vestido, mas se estende para todas as roupas elegantes dos envolvidos no casamento. Com certeza pode ser aplicado para o noivo, para padrinhos e até ser adaptado para meninas de 15 anos em suas fotos de debutantes.

Áurea: Em média, qual é o custo desse serviço?

Vanassi: Varia muito, os melhores fotógrafos brasileiros tem cobrado entre 3 e 8 mil reais, mais custos de alimentação, hospedagem e deslocamento (quando necessários). Alguns cobram até mais, outros menos, depende do estilo do trabalho e da forma como o álbum será montado e entregue. Esse tipo de ensaio exige um nível de envolvimento muito alto e exige muito do profissional e do equipamento, aumentado os custos envolvidos.

Áurea: Você já passou alguma situação engraçada, ao fotografar esse estilo? E como foi?

Vanassi: Às vezes alguns grupos de espectadores se juntam ao redor dos noivos, por estarem curiosos com o tipo de ensaio. Uma vez essa aglomeração chamou a atenção da polícia, que chegou em uma viatura no moinho onde estávamos fotografando. Pensei que íamos ser repreendidos, pois era um terreno da prefeitura e entramos sem autorização formal, mas a policial achou o máximo e pediu até pra tirar uma foto com os noivos. Hoje em dia procuramos locais mais reservados. =)

Áurea: Em quais locais podem ser realizados esses ensaios?

Vanassi: Geralmente os noivos aqui da serra gaúcha gostam de fazer em lugares de mata ou vinhedos, mas muitos noivos preferem o litoral. Na verdade, não existe um local padrão, pois o conceito pode ser aplicado em casas antigas, chácaras, no centro da cidade ou até no quintal de casa. O objetivo é apresentar fotos interessantes, em lugares inusitados e com um toque artístico diferenciado.

Ainda não sei se farei o Trash The Dress, mas não deixa de ser uma opção bem tentadora.

Então meninas, parece uma opção fantástica para colocar no seu álbum de casamento, não?

Se vocês gostaram e quiserem entrar em contato com ele, podem acessar o site desse grande amigo e fantástico profissional no http://vanassi.com

E ao Gustavo Vanassi, agradeço de todo o meu coração por essa ajuda e esclarecimentos sobre esse novo estilo que tem tudo para dar certo.

Áurea – A noiva

Selo peixe Grande 2010

Veja também:

7 Comentários to Diário de Casamento: Trash the Dress

  1. Jônatas Galasso - @jojonerd Brasília-DF

    Muito legal essa entrevista heim!

    Eu não sabia que já se alugam vestidos especificamente pro Trash the Dress. Vamos fazer o nosso depois Midori? =D

    [Responder]

    Áurea Midori Resposta:

    @Jônatas Galasso – @jojonerd Brasília-DF, Poderemos ver. :)

    [Responder]

  2. Gustavo Vanassi

    Legal, valeu por terem lembrado de mim. Espero que as noivas gostem do post. =)

    [Responder]

  3. Beatriz Santana

    Olá, eu adorei o post!

    Eu já contratei o meu trash the dress… será feito em Janeiro de 2011 na cidade de Campos do Jordão!

    Estou muito ansiosa para o ensaio…

    bjokas

    [Responder]

  4. Falcão Azul

    O trabalho do Vanessi é realmente sensacional.

    Vale a pena ver também do Trash the Dress do Thiago e da Shaiala Marques (a Laila Flower do podcast Dimensão Nerd) que até ganhou um prêmio lá no Rio Grande do Sul: http://wp.clicrbs.com.br/noiva/2009/10/08/trash-the-dress-shaiala-e-thiago/

    [Responder]

  5. Valdnéia

    Olá miga, adorei a entrevista. Emboras já havia ouvido falar.Com essa entrevista pude sanar minha dúvidas. Muito bom. Quando for fazer o meu entrarei em contato com o Gustavo Vanassi.

    Bjs, felicidades!!!

    Val

    [Responder]

  6. Torturas da Euba | Monalisa de Pijamas

    [...] eu lembrei do post da nossa noiva Áurea sobre um ensaio fotográfico chamado Trash the Dress   http://www.monalisadepijamas.com.br/mona-em-familia/diario-de-casamento-thash-the-dress e pensei nos fotógrafos que vão lá e se matam para achar um lugar legal, que passam horas e [...]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br