Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Patrick Swayze – nossa homenagem



Por Eubalena - 14 de setembro de 2009. Categorias: Cantinho das Monas, Ursinho da Monalisa.

Patrick Swayze perdeu a batalha contra o cancêr hoje, dia 14 de setembro de 2009. Mas como eu acredito na vida pós-morte, tenho fé que ele está agora muito melhor do que nestes últimos tempos em que lutava contra esta terrível doença, que maltrata e faz sofrer muito a pessoa e seus familiares.

O Céu ganhou um homem bom, ótimo esposo, um artista e dançarino único!

Descanse em Paz, Patrick Swayze.

Abaixo, o post do Ursinho da Monalisa do dia 27 de abril deste ano.

========================================================

O “Ursinho da Monalisa” de hoje é Patrick Swayze, de quem as três Monalisas são fãs. E não somente elas.

Patrick nasceu em 18 de Agosto de 1952, Houston, Texas.
Começou sua carreira como bailarino clássico, interrompendo -a por causa de lesões. Por conta disso,  decidiu dedicar-se  a carreira de ator.
A estréia no cinema foi no mesmo ano no filme Skatetown, USA (1979), como Ace, o líder de uma gangue de patinadores no gelo que queria aproveitar a onda das ” roller-discotecas “.  O filme não deu em nada. Apenas serviu para chamar a atenção de alguns críticos para a cara nova que prometia e parecia ter uma presença muito maior do que o próprio filme.

Swayze fez várias pontas em telefilmes para pagar as aulas de arte dramáticam mas ganhava dinheiro mesmo como carpinteiro-restaurador das mansões de atores em Hollywood.

Experimentou seu primeiro sucesso como protagonista no musical “Dirty Dancing – Ritmo Quente” (1987), ao lado de Jennifer Grey. O professor de dança, interpretado por Patrick, que se envolve com uma de suas alunas, transpirou tanta sensualidade que conquistou fãs pelo mundo inteiro, uma indicação para o Golden Globe e comparações da crítica com Marlon Brando e James Dean. Enfim o estrelato e a consagração do galã em Hollywood.

Veja aqui a Cena Final do Filme Dirty Dancing

Em seguida, uma apresentação de Patrick Swayze com sua esposa – também bailarina – no World Music Awards, em 1994.

Virou astro com o sucesso de “Ghost – Do Outro Lado da Vida” (1990), formando par romântico com Demi Moore. Recebeu uma segunda indicação ao prêmio por sua atuação em Ghost – Do Outro Lado da Vida, grande sucesso de bilheteria na época, com Demi Moore e Whoopy Goldbergh. Atualmente Patrick Swayze tem no seu currículo mais de trinta filmes e participações em seriados de TV.

Infelizmente hoje Patrick Swayze sofre de câncer no pâncreas, em muitas fotos aparece abatido e sem cabelo por causa da quimioterapia.

Por ser um homem que mostrou que virilidade combina com dança, por seu talento como dançarino, como ator, e por sua beleza  ele é o “Ursinho da Monalisa” de hoje.

Beijos,

Carol

http://carolinedecastro.wordpress.com/

PS da Mafalda: Patrick Swayze já foi Ursinho da Monalisa, mas esta foi uma homenagem pedida pela Phoebe para a Duda, pois todos nós ficamos com aquele aperto no coração ao ver as fotos recentes e a luta de Patrick Swayze contra o cancêr. E se ele fosse da época do Genne Kelly faria mais sucesso ainda!


Veja também:

4 Comentários to Patrick Swayze – nossa homenagem

  1. Phoebe

    Obrigaaada, Duda! Isso mesmo, como a Mafalda disse, eu que pedi para a Duda fazer essa homenagem para ele, pois não me conformo ao ver suas fotos atuais, sabendo que ele está à beira da morte, sendo devastado por uma doença terrível. Para mim – e tantos outros fãs, ele será sempre o Patrick Swayse de Dirty Dancing, Ghost e tantos outros filmes inesquecíveis.
    Bjs!

    [Responder]

  2. Duda

    Ele era um gatinho mesmo!!! Que isso Phoebe, é só pedir que eu faço!!!Pessoal que escuta o monacast e entra aqui no site, é só pedir o seu ursinho preferido que eu faço!!!

    [Responder]

  3. patricia dias

    Eu não sou só uma simples fã, o Patrick Swayze faz parte da minha
    vida,foi por ele que eu coloquei o nome do meu filho de 16 anos
    Patrick. Foi uma homenagem ao meu ídolo que eu amo muuiiiito!!!!!

    [Responder]

  4. Carlos Minhoca

    Deixando minha homofobia de lado me arrisco a dizer que ele foi, acima de um grande dançarino e ótimo ator, um homem excepcional na condução de sua vida e carreira! Realmente um exemplo de homem a ser lembrado.

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br