Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Amigo desejado, amigo encontrado!



Por Phoebe - 2 de março de 2011. Categorias: Cantinho das Monas.

Bem que me disseram uma vez para escolher com cuidado os nossos desejos, pois eles acabam se realizando.

Lembram de um post em que eu dizia que queria ter um amigo gay? Eu já havia esquecido desse texto e, por esses dias, acabei me tocando de que o meu desejo se tornou realidade, sem que eu me desse conta.

Encontrei um amigo que é ainda melhor do que o de Julia Roberts em “O Casamento do Meu Melhor Amigo”.

Ele é divertido e está sempre de bom humor – em quase dois anos, nunca o vi desanimado. Ele tem tiradas que nos fazem rir por semanas, até meses.

Ele é inteligente e, depois da faculdade que lhe rendeu o seu ganha-pão, agora cursa Letras por puro prazer.

Conhece tudo de cinema, especialmente quando se trata de filmes que ninguém assistiu – como cinema iraniano. E fala com tanto entusiasmo sobre esses filmes que você até se convence de que nem seria tão ruim assim assistir a uma certa produção de arte com 3 horas de duração.

É descolado e sabe indicar os melhores restaurantes, cafés e docerias da cidade – mas há que se ter certa cautela com algumas das suas indicações, porque o paladar dele é para lá de exótico. Reza a lenda que uma sorveteria da cidade só não retirou de seu cardápio um sorvete que tem aparência terrível e um cheiro meio estranho porque ele toda semana comparece ao local para degustar aquela maravilha. Sorte que ele mesmo avisa: “Nem pede, que você vai odiar. Tem cheiro de coisa podre. Mas é uma delícia – para mim, mas você sabe que o meu gosto é meio estranho”!

Como nós, ele vive jurando que hoje vai fazer dieta. Aí no dia seguinte ele já chega dizendo que foi jantar no lugar tal e que comeu coisas que, só de imaginar, eu engordo uns 3kg. E ainda humilha, contando detalhes sórdidos do tipo: “tinha um purê de abóbora com uns camarões pendurados na taça…”.

Sabe só tudo sobre viagens e lugares legais que a gente “pre-ci-sa” conhecer. Viaja pela Europa, visita todos os museus e igrejas e prédios com arquitetura arrojada, e acha um ultraje que uma pessoa, diante de tantas opções, prefira conhecer a Disney!

Muito antes de se tornar uma febre essa coisa de compras coletivas, ele já sabia exatamente quais os melhores sites onde poderíamos encontrar boas promoções. Ultimamente o seu hobby tem sido caçar promoções que envolvam, claro, comida. Se forem promoções de docerias, melhor ainda! Mas nem pensem que ele está fora de forma… graças a um shake atômico que ele toma na hora do almoço, mantém tudo em seus devidos lugares!

Foi ele que me apresentou ao meu vício do momento, o seriado Glee. Ele sempre comentava histórias engraçadas que aconteciam nesse programa, que eu até então desconhecia, e de tanto ele falar, fiquei curiosa e pedi que me emprestasse os seus CD’s com os episódios da 1a temporada. A paixão foi quase imediata, o vício foi detectado já no terceiro dia e hoje é para ele que eu corro quando quero comentar sobre o episódio que acabei de assistir.

Tudo isso que escrevi foi só uma pontinha de tudo de bom que ele trouxe para a minha vida, e hoje fico feliz por poder testemunhar que, de fato, nossos desejos às vezes se tornam realidade.

Agora deixa eu mentalizar ali um pozinho mágico que nos faça emagrecer 3kg em um minuto!

Beijos da Phoebe

Veja também:

14 Comentários to Amigo desejado, amigo encontrado!

  1. Pedro (@snoopy_xxx)

    Uma coisa é fato: Eu como homossexual sempre me dei muito melhor fazendo amizade com mulheres heterossexuais. Não sei o por que, mas o humor bate muito mais do que com as lésbicas. Eu até tenho uma amiga lésbica, mas somente uma e digamos que é uma amizade mais ou menos recente.
    Engraçado que eu só fui ter amigos gays (antes só tive colegas passageiros)de 2009 pra cá. Acredito que seja culpa do meu lado nerd que me impedia de ter uma maior identificação com os gays que eu conhecia em baladas. Acabei achando por acaso uma comunidade carioca de gays nerds chamada QNNRJ, aí finalmente consegui ter amigos gays.
    Enfim, alguns gays também tem dificuldade de encontrar amigos gays rs
    Adorei o texto Phoebe e espero te ver mais no monacast!

    [Responder]

    Phoebe Resposta:

    @Pedro (@snoopy_xxx),
    Obrigada, Pedro!
    E estou de volta sim! É que tem uns monacasts que já tinham sido gravados e eu não participei, mas pelo menos nas próximas Rádios eu já vou aparecer por aqui.
    Bjs!

    [Responder]

  2. Ruz

    Pois é.. gays são muito bons em tudo o que fazem. são cultos, habilidosos e tudo mais.. Quando as mulheres se deparam com um homem perfeito demais, pode crer que é gay, mas pelo menos terão um ótimo amigo!

    Eu nunca vi Glee.. será que é bom mesmo? ou é para um público-alvo específico?

    E sobre o pozinho mágico que faz emagrecer 3kg em minutos acho que até existe, contanto que a gente não coma nada mais por uns 3 dias..

    Muito legal seu post, Phoebe! Vamos ver se agora vc volta! bjos, meninas!!

    [Responder]

    Phoebe Resposta:

    @Ruz,

    Eu sou suspeitíssima pra falar porque sou apaixonada por Glee, mas sinceramente, acho que não tem limite de idade, não. Todos os meus amigos que assistem estão na faixa dos 30 a 40 e poucos. Os temas são bem fortes, gravidez indesejada, pessoas que ficaram órfãs cedo, questões familiares e sociais envolvendo o homossexualismo, enfim… Coisas do cotidiano de uma pessoa adulta. Tem momentos muito engraçados, outros muito emocionantes. Em todo episódio tem pelo menos um momento muito tocante, muitas vezes a gente acaba chorando em razão da beleza da cena (geralmente com um belo fundo musical).
    Meu marido assistiu aos 3 primeiros episódios e achou bestinha, não quis mais. Aí eu segui assistindo os outros e aqui e ali ele acaba assistindo uma cena, aí já deu a entender que quer ver a série toda tb.
    Bjs!

    [Responder]

  3. Renato de Recife

    Eu tenho grandes e queridas amigas heterossexuais e assim como o Pedro também tive (e ainda tenho um pouco) dificuldade de fazer amizade com outros gays. Curiosamente também melhorei nisso por causa da comunidade Queer Nerds, mas me entrosei mais com a dos paulistas, minhas férias agora sempre têm destino certo.

    [Responder]

  4. Mafalda

    Vi, adorei a comparação com o casamento do Meu Melhor Amigo.

    Seu amigo parece ser uma pessoa “Muito Querida” como dizem lá no Sul. :)

    Ele também não curte disco music e sons dos anos 70? :D

    Bjs

    [Responder]

  5. cyro

    poxa, phoebe! que texto lindo! aposto que esse amigo deve ser muito muito legal!adoraria conhece-lo! qualquer dia a gente marca de tomar um café com ele!
    p.s.: aposto que ele só e tão legal assim por sua causa, afinal gente bacana acaba atraindo o melhor dos amigos!

    [Responder]

    Phoebe Resposta:

    @cyro,

    Meu amigo misterioso é esse aqui de cima!!! Como dizem por aqui e já virou até um mantra, é o show do “Everybody loves Cyro”! :)

    [Responder]

  6. margareth

    Olá querida Phoebe,
    Você não me conhece mas só de você amar o Cyro já te considero minha amiga.
    Sim, é verdade, todo mundo venera o Cyro. E acredite, aqui eu e mais um monte de meninas fofas daqui de Teresina adoramos o seu miguxo. E como não passar desapercebido? Lindo, culto, cheiroso, viajado, sabe apreciar uma boa comida- e não somente uma boa bisteca-, entende de novela dos anos 70, de quando ele nem era nascido… e ainda tem um superparceiro tão maravilhoso quanto a tiracolo!
    Bem que eu queria estar mais perto dele e aproveitar mais sua companhia. São tantos os amigos que passam, mas o Cyro, nunca passou. É pra sempre!
    Phoebe, sua sortuda, toma conta do nosso gatão por essas bandas, tá bom? É uma jóia rara. Beijos

    [Responder]

    Phoebe Resposta:

    @margareth,

    Que lindas as suas palavras, Margareth! Nem preciso dizer que acabei de ver Cyro com os olhos marejados depois de ler o que você escreveu.
    Pode deixar que a gente cuida direitinho dele para você! ;)
    Beijos!

    [Responder]

  7. Fátima

    Querida Phoebe,

    Você escreveu tudo o que eu sempre quis dizer sobre Cyro mas nunca tive a iniciativa de me expressar.
    A primeira vez que tomei conhecimento da existência dessa figura foi através de uma amiga ( pessoa maravilhosa ) que chegou muito empolgada, anunciando sobre um rapaz “bem novinho” que foi tranferido para a 6ª Vara, bastante inteligente, entendia de tudo e amava música clássica… Naquele exato momento, senti que alguém, numa galáxia muito, muito, muito distante havia perdido o posto de nº01 (posto esse que um dia foi meu) e creio que ele mantém até a presente data. Quando tive oportunidade de estar “face to face” percebi de imediato que era ele o atual nº 01!!! Amei conhecer tal figura. Ele é tudo que foi dito e muito mais. Também, o que esperar de alguém que aos 11 anos já havia lido os grandes clássicos da literatura? É politizado e que conhece Neil Gaiman( meu garoto…)????
    Além de todas vantagens acima mencionadas de ter um amigo gay é que podemos convidar para sair, pegar na bochecha, chamar de xuxuzinho, frequentar a casa sem que pensem que estamos dando cantada e sem provocar ciúmes nos nossos maridos (com algumas exceções…). Tenho sorte de ter tantos amigos gays, todos cultos, divertidos e queridos como Cyro e gostaria que alguém pudesse escrever tão bem sobre eles como escreveu sobre o gatão.
    Espero que a união dele com o superparceiro ( que é tão culto quanto e que eu também amo e admiro) dure para sempre pois eles foram feitos um para o outro.
    Beijos

    [Responder]

  8. Daniela

    Ola Phoebe!
    eu tenho 14 anos, nao sou muito social e nao faço amigos facilmente, mas adoraria conhecer um amigo gay. nao falo em encontros cara a cara mas de falar com pessoa por msn ou assim.
    eu gostaria que me desse uma ajudinha, a conhecer um amigo gay ou assim. se nao puderes ou nao quiseres podes dizer eu nao me importo. gostaria de ter noticias tuas em breve.
    o teu amigo parece ser do melhor, da lhe os meus parabens por ser tao especial. adeus beijinh

    [Responder]

    Phoebe Resposta:

    @Daniela,

    Oi, Daniela! Que fofo o seu recado, só vi hoje!

    Olha, se eu puder te dar um conselho, é apenas esse: não se preocupe em encontrar, a vida se encarrega de entregar nas suas mãos os melhores amigos do mundo.Eu também era como você, especialmente até os 16 anos, mas ainda assim a vida me entregou de bandeja amizades que guardo até hoje. Na escola, depois na faculdade, no trabalho e especialmente ao acaso, aqui e ali fui colecionando amigos que foram carinhosamente sendo “deixados” no meu caminho. É como passear na beira da praia e ir aqui e ali olhando para o chão… você começa a encontrar conchas tão lindas que sente vontade de pegá-las, e depois de 1km, já está segurando as conchas mais lindas do mundo.

    Eu não conheço e-mails de meninos que poderiam se tornar seus amigos, e em se tratando de internet, todo cuidado é pouco. Mas, assim como eu disse no meu texto aí acima, acredito muito que tudo o que a gente deseja realmente, de coração, acaba acontecendo mais cedo ou mais tarde. Então, se mantiver o seu desejo, o amigo que você tanto espera aparecerá na sua vida sem bater na porta. Quando você der por si, já estará ao seu lado.

    Beijos!

    [Responder]

    Daniela Resposta:

    @Phoebe,

    Ola Phoebe!

    Obrigado pelo texto e por teres respondido. Muita gente nao responderia. Talvez tenhas razao, talvez loncontre um dia e talvez eu queira fazer mil e uma coisa hoje sem pensar no amanha.Talvez um dia encontre o amigo que preciso. Adorei o texto, tens muito jeito com as palavras. Muita gente deve ter orgulho em ti. Adorava ser tua amiga, se quiseres estarei sempre disponivel. Desculpa so responder hoje, a minha net acabou e so la carreguei hoje. Obrigada! Beijinh

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br