Porque fazer humor e podcast é uma arte

































#fifitififiti


Autor: Mafalda ~ 23 de outubro de 2009. Categorias: Cantinho das Monas.

Você deve estar pensando que raios de título é este acima. Calma que vou explicar!

Cada época tem suas gírias, e elas variavam conforme a idade: a garotada tem as suas, os mais velhos também. Quem nunca ouviu um tiozão falando “brotinho ou  boneca”?

Agora com a internet, também há as gírias criadas no meio ou que derivam do meio como: “orkutização”,”navegando”, “goolgando” ou “dá um google aí” (pesquisa no google).
Sem contar as palavras em inglês que viraram verbo: ao invés de publicar,  escreve-se ou diz  “postar” um texto, vindo da palavra em inglês “post”.

E para quem está no Twitter, há expressões como “mimimi” para indicar quando a pessoa está chateada com algo, ou como diz a gíria antiga “fazendo C. doce”.

Eis que comecei a ver no twitter mensagens com o final “#fifitififiti ” e não entendi o que significava aquela nova expressão. O twitter é cheio de brincadeiras, como a que todo mundo falava alguma “qualidade” do ator José Mayer, escrevendo no final “josemayerfacts”. Será que era uma nova brincadeira?

Fiz uma busca e descobri que o #fifitififiti é o termo em ingês “Fifty-fifty”, ou “meio a meio”, “50% -50%” que foi dito pela @Twittess – uma jovem publicitária que ficou famosa no Twitter por conta do número de seguidores e de polêmicas envolvendo o uso do scripts – em uma reportagem do Jornal da Globo.
Para ver a reportagem da Twittess: clique aqui.

E o pessoal não perde tempo, já fizeram até um funk: o melô do ##fifitififiti.

Eu espero que a nova expressão  #fifitififiti não dure muito, porque sempre que olho para ela penso no gato Frajola tentando falar, com a língua pra fora: “fii (cuspe) fi (cuspe)tii  fiii (cuspe) fii (cuspe) ti (cuspe)”. hehe

Beijos,
Mafalda





Busca

© 2007-2019 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br