Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Ponto Gê: Coisas mais chatas do mundo – 1ª parte


Autor: Eubalena ~ 27 de maio de 2010. Categorias: Ponto Gê.

Tem coisa que nasceu ou foi criada pra ser chata.

Excluindo aquela sua prima, já que todo mundo, sem exceção, tem uma prima chata, tem coisa que só faz irritar a gente, coisa que tira do sério até o mais calmo e paciente ser do universo. Coisa que irritaria até Dalai Lama.

Estou falando hoje, dela, uma das coisas que mais me irrita no mundo: a FILA.

No banco, no supermercado, na entrada de uma festa, para ir no banheiro, para pagar uma conta na farmácia, para provar uma roupa na Marisa, para se vacinar, para fazer um documento,  seja qual for a situação, uma fila é capaz de acabar com humor até do Sergio Malandro, se aquilo é humor…

Nossa! Agora me veio na cabeça pegar uma fila com o Sérgio Malandro… acho que cometeria um crime.

Uma vez li que quem inventou a fila foram as formigas, desde então mato todas que vejo, sem piedade.

Um belo sábado de sol, daqueles que você entende porque o corpo humano é formado basicamente de água, minha irmã e minha sobrinha foram ao mercado. Era perto do meio dia, para variar minha mãe tinha se esquecido de comprar algo indispensável para o almoço, chegando lá, aquela triste constatação: supermercado lotado. Mas fazer o que?!

Depois de pegar o tal produto, ambas encaminharam-se para a fila. Depois de esperar uma mulher que fazia as compras do mês, elas deram um passo em direção ao tão esperado caixa. Foi quando uma senhora de meia idade colocou seu carrinho de comprar cheio na frente delas. Indignada minha irmã disse: A senhora estava na fila?

Gentilmente a *¨*%&¨%$ respondeu: – Minha lata de milho estava guardando meu lugar.

Ao olhar para o chão, na frente do caixa, estava lá, esquecida, aquela desgraçada daquela lata de milho. Sem conseguir argumentar ou até mesmo respirar, as duas, minha irmã e minha sobrinha, observaram incrédulas a senhora passar suas compras. Acredite se quiser.

Sei que posso compartilhar minha indignação com todos vocês nesse momento. Não é de se morder de raiva?

Desde então aprendi uma importante lição: no amor e na fila vale tudo.

Diante disto quero fazer uma confissão: quando o assunto é fila, sofro de um sério mal, a Bipolaridade.

Quando sou obrigada a pegar uma fila, ninguém, nem a alma mais pura, nem o mais poderoso dos seres, me fará aceitar que entrem na minha frente. Não adianta vir com aquele migué, (mentira, golpe), de que só quer tirar uma dúvida, ou só vai usar o espelho, ou que seu milho está na frente da minha lata de ervilha, nada, nem seu braço caindo fará abrir uma exceção para você.

Agora não se iluda com meu perfil ético nesse caso, porque admito aqui, se eu tiver oportunidade eu passo na sua frente. E se você conseguir me convencer ou me distrair ao ponto de passar na minha, parabéns, não fique com remorso, siga adiante.

Sim, assim como qualquer pessoa eu uso meu pai para pagar minhas contas, só não uso meus avós porque não os tenho mais aqui. Sim, eu finjo que só vou me olhar no espelho ou que estou passando mal. Já cheguei até, em uma fila de show, ir até La na frente e entrar na maior cara de pau.

Podem me criticar, mas eu duvido e não tente me convencer do contrário, que se você tiver uma oportunidade também não faz.

Olha, eu ajudo um deficiente visual a atravessar a rua, me levanto para alguém de mais idade sentar. Meu problema é só com fila.

Tem gente roubando o seu dinheiro nesse exato momento e você não indignado porque as vezes trapaceio na fila.

Não culpe a mim, culpe as formigas. Fila é uma das coisas mais chata do mundo.

Beijos





Busca

© 2007-2022 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br