Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Pego e Não Me Apego ?!



Por Mafalda - 16 de junho de 2010. Categorias: Ponto Gê.

Paquera na balada

Estava na maior angustia do mundo esperando um resultado profissional whatever e numa escassez sem tamanho, mas sem querer um envolvimento emocional com ninguém, liguei para uma amiga e convidei pra fazermos uma farra e fechar uma baladinha qualquer na cidade, e ela, para minha alegria, topou imediatamente!

Me vesti pronta para dar o bote, mas não como periguete! Apenas para pegar alguém, mas não me apegar a ninguém!

Fomos a um barzinho/balada e logo veio um garoto, ele chegou todo fofo, queridinho comigo, após um bom papo, lá estávamos nós num agarramento gostosinho e típico de namoradinho, que esse negócio de pegação pesada em público, não faz meu gênero.

Eu que achei que ele tivesse no máximo uns 20 anos, me surpreendi quando me revelou que tinha 26 e então me senti confortável pra contar que tinha 22. Confessamos reciprocamente a confusão feita pelos dois em relação à aparência de idade.

Nessa altura o moço acabou se alvoroçando – em outras palavras foi logo tentando apalpar meu traseiro e pensando em terminar a noite em outro lugar. O repreendi e ele parece ter ficado ainda mais feliz com a minha atitude (pelo menos foi essa impressão que eu tive na hora), pois correspondeu com beijinhos e abraços carinhosos – para meu espanto, é claro.

Comecei a noite querendo só um sorriso bonito e um beijo gostoso para espairecer, mas também não estava fechada a novas oportunidades, quem sabe não é?!

Conversamos bastante e logo estávamos abraçadinhos e – por iniciativa exclusiva dele – de mãos dadas!

Bingo, eu tinha acertado na Loto, acabei de conhecer um bom gatinho para um relacionamento de curto/médio prazo feliz!

Errado, não tire conclusões precipitadas.

Resolvi ir embora, ele insistiu muito pra me levar em casa, mas como eu estava de carro disse pra ele que não fazia sentido, mas aceitei o convite para passar o domingo num parque com ele. Fofo demais não acham?

Eu lhe disse para que anotasse meu número de telefone, mas para minha inevitável surpresa, ele disse que não tinha celular. Então pegou uma caneta e pediu que eu anotasse na mão dele!

Cilada certa! Achei estranho, mas melhor não comentar.

Se despediu de mim com um beijo super cheio de romance no ar e disse que não esperava a hora de me ver de novo e ainda soltou um Deus te Abençoe! Pronto, eu tinha encontrando o pai dos meus filhos!

No outro dia, no horário combinado eu estava vestida de apaixonada com a cesta de piquenique na mão, tal qual uma gazela feliz. Ok, a cesta foi exagero, mas eu estava arrumada e esperando, e esperei mesmo, nunca mais o vi na vida!

Fiz uma breve recapitulação da noite mentalmente, pela minha quase ignorante percepção ele não era pobre, até porquê qualquer um tem celular atualmente, não era do tipo anti-tecnologia, mas não entendi qual o motivo de dizer que não tinha celular.

Não pensei em nenhuma resposta plausível.

O cara nunca mais apareceu, eu continuo frequentando o lugar e nunca mais o vi!

Num dia eu era a caçadora feroz muito bem servida pela caçada da noite, no outro eu era a bobinha esperando pelo príncipe encantado!

Vai entender não é?

O que eu aprendi? Não importa se eu não estiver muito afim, é inevitável ser tratada como uma princesa e ficar igual boba com isso!

Não, eu não acho que o número apagou da mão dele!

Geraldina

Veja também:

9 Comentários to Pego e Não Me Apego ?!

  1. Cant Buy Me Love

    Eu sou bem mais velha que você, na casa dos 30, e já passei algo parecido na mesma época..só que o menino era um colega de faculdade que se tornou príncipe…todo apaixonado, queria sim um relacionamento, e depois da noite de sonhos, beijinhos no Baile dos Anos 60, ele me encontra todo amoroso pra dizer que não tinha tido coragem de contar que namorava a PRIMA na cidade dele, mas que não tinha problema em me namorar ao mesmo tempo.Claro que foi mandado pra PQP no mesmo instante..e o mais engraçado era que ele tinha se apaixonado (mas não a ponto de terminar com a prima??).Continuou dando em cima por 1 ano sem sucesso..Dá licença…

    [Responder]

    Geraldina Resposta:

    @Cant Buy Me Love,

    Foi a minha primeira opção, ele ser comprometido, no mínimo não mostrou o celular com a foto da pombinha dele! E explica o sumiço, já que se fosse solteiro eu provavelmente o veria mais vezes!
    Pior é que tem uma música que qnd toca sempre lembro dele! rsrs

    [Responder]

    Cant Buy Me Love Resposta:

    Pois é..custava dizer: sou seu por essa noite e só, ao invés desse monte de mentiras de pic nic e o escambau? Isso é mau caratismo.
    Pode apostar que esse sujeito ainda se lembra da canalhice que fez, e claro que a vida arruma um troco pro sujeito algum dia.
    Estou curiosa sobre suas outras histórias :)

    [Responder]

  2. Emerson Lourenço

    Esse negócio de não se apegar é algo difícil de fazer.
    É preciso muito calo para por o pé no chão e não sentir os cacos.

    De qualquer forma, as mulheres sempre dizem que dão sinais, que falam sem palavras, que lançam dicas. Mas quando um homem demonstra sinais de desapego, expressões de quais os reais interesses, vocês não notam. Seja este interesse positivo ou negativo.

    Deveria existir um código, uma pulseirinha como na “festa do semáforo”. Vermelho, amarelo ou verde…
    Mas como todo bom brasileiro esta regra seria burlada a seu favor.

    Abraços, boa sorte na próxima!

    [Responder]

    Geraldina Resposta:

    @Emerson Lourenço,

    Nem adianta mostrar o que os outros não querem ver! rs
    De fato eu me empolguei pelo jeitinho todo querido do moço, geralmente tenho mais facilidade de apenas, e tão somente, me divertir com os que demonstram seu interesse estritamente casual!
    Mas agora que algumas mulheres começaram a descomplicar as coisas, os homens começaram a complicar!

    E já tive sorte e azar depois disso, mas conto noutro post!

    [Responder]

    Emerson Lourenço Resposta:

    @Geraldina,
    Ai está a resposta: Os homens complicam o que as mulheres levaram tanto tempo para descomplicar!
    Acredito que isso nunca vai terminar, mas as mulheres estão é certas em curtir mais a vida.

    Vixi, esse assunto pode seguir para tantos pontos que viraria um livro ou uma monografia fácil fácil…

    [Responder]


  3. Uma boas vindas atrasada!!!
    Bem vinda colega de coluna… adorei os textos!!!
    beijão Gê

    [Responder]

    Geraldina Resposta:

    @Gê, nossa e um obrigada mais atrasado ainda né! =D

    [Responder]

  4. Ariane Vieira

    Hahahaha chorando de rir com seus posts, esse “DEUS ABENÇOE” foi o divisor de aguas…
    Esses homens sabe de cada truque. rs

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br