Porque fazer humor e podcast é uma arte
































ForaDeModa: O Fetiche Nosso de Cada Dia



Por Eubalena - 15 de julho de 2009. Categorias: Mona POP.

Se todas têm tatoo atrás da orelha qual a surpresa? Se todas andam com a barriguinha de fora qual a graça? Se todo mundo já a viu pelada, por que ela na capa da revista de mulher nua? E por aí vai.

Onde cabe hoje em dia os mistérios do sex appeal? Havia uma época em que uma mulher mostrar o tornozelo era algo tão sexy quanto mostrar as coxas hoje em dia.

Na medida em que todo mundo se sexualiza demais, acaba que “aquela graça” meio que se dissipa, pois se todas dançam na boquinha da garrafa, por que vou me dar ao trabalho de pagar uma cerveja.

Você está num transporte coletivo e de  repente o poeta solta a pérola: “Vou voltar para a sacanagem, para a casa de massagem”, que isso minha gente? Extrapolou.

E tem aquele camarada com corpo de atlas, mas burro, que chega nas boites e, ao invés de dar um: “boa noite, tudo bem?”  e começar um papo com as damas, prefere iniciar o contato puxando o cabelo das garotas. Já foi época né, cara? Vai pegar o tacape também?

Chego à conclusão que faltam boas preliminares hoje em dia e que as pessoas já querem os finalmentes.

Kate Moss ao som de White Stripes

Vídeo: I Just Don,t know what to do with my self – White Stripes

Foto: Ensaio da Francine pelo Playboy, editora abril, todos os direitos reservados


Veja também:

5 Comentários to ForaDeModa: O Fetiche Nosso de Cada Dia

  1. Fagner

    Concordo, realmente ultimamente nao existe mais as preliminares, o romantismo, e essa sexualidade exagerada acaba banalizando, acaba perdendo toda a graça da paquera, do romance.
    muito bom o post.

    [Responder]

  2. Helena

    Tá certíssima!!!! E quem sofre???
    Nós né! As que ainda tentam ser “mulheres” .

    [Responder]

  3. QUEIROZ

    @Helena

    Apesar de ser a Euba que posta, o texto é meu :( . E não sou contra a mulher se liberar, é que há uma gratuidade. E acaba influenciando pessoas muito jovens.

    @Fagner.

    Obrigado pelo elogio.

    [Responder]

  4. adna

    Ameio o post…
    pura verdade,hoje já não se seduz se intima a pessoa, e isso é muito chato… parece a crise do romantismo e da sedução.. triste… muito triste

    o flerte, a cantada, aquele papo, o cortejo, o deslumbramento da descoberta…como se pode abrir mão disso?

    bjos

    [Responder]

  5. Débora

    A melhor parte do relacionamento é justamente o início, aquela fase de flertar, trocar olhar, tentar puxar um papo qualquer, FINGIR QUE UM NÃO SABE QUE O OUTRO TA AFIM ahiuahuiah é muito gostoso.
    Já fui mais liberal, hoje em dia estou mais dificinha..
    “As mulheres tem que se valorizar” meu pai me ensinou =D

    “Vai pegar o tacape também?” Ameeei.. hauhaiuahiuahiuahuah

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br