Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Adeus, Cleópatra! Elizabeth Taylor 1932 – 2011



Por Mafalda - 23 de março de 2011. Categorias: Mona POP, MonaCine.

Faleceu Elizabeth Taylor, hoje, aos 79 anos.
Vi uma foto e não acreditei na idade. Parecia ter muito mais, com brincos exagerados e jóias pesadas tensionando a pele flácida. O batom na boca descarnada de contorno irregular deixava seu semblante ainda mais cadavérico e patético. Aquela não era Elizabeth Taylor.

Tampouco é Elizabeth Taylor aquela mulher que entrou e saiu de n clínicas de reabilitação e desintoxicação. A dependente química. A alcoólatra. A estrela de cinema cuja baixa auto-estima impeliu a uma sucessão de relacionamentos e casamentos.

Já a vi em início de carreira, em filme de Lassie e simplesmente amava sua personagem em “Gata em teto de zinco quente”. No entanto, não sei porque, quando penso em Elizabeth Taylor a imagem mais recorrente é de Cleópatra. Não me importa se o filme não é um primor ou detalhes técnicos. Ali Elizabeth pode representar a si mesma, ali ela pode expor toda sua capacidade de seduzir ao revelar seu prazer pelo poder e sua vulnerabilidade ao descontrole.

Essa Cleópatra foi fiel aos caros amigos. Nunca se importou com o que disseram deles. Ela não esqueceu a dor dos que partiram antes e ergueu pirâmides e pirâmides de solidariedade sob a forma de organizações de apoio a vítimas do HIV, assim como financiamento de pesquisas.
O mundo sentirá falta da divindade Elizabeth Taylor. EU jamais me conformarei com o desaparecimento de Cleópatra.


Clique no retângulo acima para acessar o blog da Ju Teófilo

Veja também:

3 Comentários to Adeus, Cleópatra! Elizabeth Taylor 1932 – 2011

  1. DJ Clayton

    Infelizmente morre uma das atrizes mais belas que o mundo já viu na telona, e concordo com você Ju, Cleópatra é o filme dela realmente, quando penso em Elizabeth Taylor é esse filme que me vem a mente.

    [Responder]

  2. Ruz

    Eu vi pouca coisa da Elizabeth Taylor, mesmo assim, sempre ouvi falar dela, realmente uma perda enorme para o mundo artístico. Muito legal o post, Ju.. como disse a Mafalda.. Michael Jackson tava sentido falta dela.. bjos!

    [Responder]

  3. marcos"O genio do mal"

    Eu na verdade nunca fui muito ligado em nomes no cinema, porem sempre ouvi falar neste ilustre pessoa, vez ou outra saia um noticia no jornal ou na internet, e se eu que nunca fui de pocurar nomes reconheci o quando li, imagina quem viveu no cinema, sem mais uma salva de palmas para uma mulher que conseguiu chegar longe mesmo com todos os problemas.

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br