Porque fazer humor e podcast é uma arte
































I am Every Woman



Por Mafalda - 11 de agosto de 2010. Categorias: Cantinho das Monas.

Quem nunca passou por uma situação como esta: um a pessoa estranha chega para você e pergunta se você é fulano. Só que você não é fulano e ficam dois sorrisos amarelos se olhando, sem saber o que fazer.

Pois para mim isso tem acontecido bastante. Já acontecia, invariavelmente. Mas parece que depois que deixei o cabelo em tonalidade mais clara, tem acontecido mais.

O que fez o  marido, rindo da minha cara, comentar: “Você é como aquela música: I am Every Woman” (traduzindo: “Eu sou todas as mulheres”). Sou comum demais!! rsrs

Uma vez, estávamos em uma lanchonete do shopping, e na mesa do lado uma mulher começou a sorrir para mim e fazer sinalzinhos. Eu fiquei pensando se a estranha me conhecia da internet, do orkut ou até mesmo, quem sabe, da Monalisa de Pijamas…  Até que a pessoa, ao conseguir meu olhar direto, pergunta: “Você é a Silvana do banco X ? ”
-”Não, não sou a Silvana.” Respondi.
A mulher devolveu  com uma frase semelhante a esta: “Tem certeza?”
- “Eu nunca trabalhei em um banco.” respondi novamente
Aff…

No começo da semana fui assistir uma palestra em um teatro e vi que um grupo de senhoras sorria para mim. Imaginei: devo ter uma cara engraçada ou agradável (para ser otimista).
Uma das senhoras se aproximou e perguntou se eu era a Zileide da Agência Y: “Porque você é a  cara dela!”
Eu respondi: “É, eu sou parecida com as pessoas.”

Outro dia, no cinema com um pessoal do Twitter, uma menina perguntou se tenho uma irmã chamada Paula. I said Nooo, Nooo, Nooo!

Agora, seria muito engraçado se alguém chegasse para mim falando que pagou um Mico ao virar para uma mulher e perguntar: Mafalda!!??!!  E ela balançar a cabeça negativamente. :)

E o vídeo da música ” I´m Every Woman ” Original:

E nesta versão bem dançante da Vonzell no American Idol:

Beijos,
Mafalda

Veja também:

4 Comentários to I am Every Woman

  1. Luana Lied Zapata

    Uma vez uma pessoa ficou seriamente indignada comigo porque tinha me visto tocando violoncelo num concerto. “Eu não toco violoncelo”, respondi vááárias vezes. A pessoa realmente ficou brava comigo. Mas acho que se eu tocasse violoncelo eu saberia, né? Acho que ela ficou pensando que eu estava escondendo algo, sei lá, hehehehehe.

    [Responder]

  2. Suyan Meneses, 29 anos

    Comigo sempre tem uma pergunta se eu estive num lugar quem nunca fui na cidade na qual moro. A última vez foi quando ia a casa do meu amigo Sergio pegar um livro emprestado, dois rapazes pararam o carro do meu lado e perguntaram: Você conhece Priscila?
    E óbvio que respondi nem sei quem é e o nunca conheci alguém com esse nome. Só ouvi os caras falarem: É muito parecida. E continuei meu caminho a pé, pois não ia muito longe, a distância é de 3 quateirões.
    Davi, um amigo do meu namorado perguntou a ele, se eu tinha irmã porque viu uma garota muito parecida e a moça é mais nova do que eu. Mas eu só tenho um irmão mais novo.
    O mais irônico foi quando estava num curso extra e me perguntaram se eu estava matriculada numa auto-escola, um colega jurou que me viu dirigindo um fiat vermelho. Só que eu nunca tinha dirigido um carro.
    O que mais me chateia que disseram que viram uma mulher muito parecida com a minha mãe.
    Confundiram o pai com um padre numa cidade do interior daqui.

    [Responder]

    Mafalda Resposta:

    Suyan, não fique chateada com isso, não!
    Bjs

    [Responder]

  3. Frederico

    Mulher precisa mesmo de manual de intrução, na verdade é que mulher pensa alto, a gente acha que algumas falam demais, mas não… mulher pensa alto, ela não está falando com você, embora seja primordial que preste atenção nela, está pensando…
    alto …
    O post é um exemplo, imaginem, porque alguém escreveria uma postagem sobre ser confundido com outra pessoa? O que tem de estraordinário nisso? Algumas pessoas são parecidas e naturalmente são confundidas, ué… normal… caspita!
    Oh! … … …
    Além disso, existem alguns idiotas, que se interessam por uma mulher e precisam de um “gancho” para começar o papo furado qualquer, que se manter a linha não vai dar em nada……….rs
    Ah! Algumas mulheres também fazem isso, perguntam o tempo todo para mim: Oieeeeeeeeeeee! Tu és o Brad Pitt? Sempre respondo: What? Go home?

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br