Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Hotel bom pra cachorro



Por Rachel Barbosa - 27 de dezembro de 2009. Categorias: animais.

Já disse aqui que levar seu pet na viagem de férias é uma boa. Mas se o lugar para onde você irá não aceita animais, existem excelentes opções de hospedagens específicas para os peludos. Tem umas que até você terá vontade de se hospedar!

Para humanos existem hotéis simples e hotéis luxuosos, caros e baratos, com jeitinho de casa e com jeitão profissional. Hospedagens para pets são exatamente da mesma forma. Algumas impressionam pelo espaço livre, outras pelas instalações, outras pelos recursos tecnológicos, outras pelo cuidado dedicado ao bicho. Mostrarei algumas opções a seguir, mas quero deixar bem claro que só conheço pessoalmente uma delas e o conheço o proprietário de outra. As demais, encontrei pelo Google.

Canil City Dog

No Canil City Dog, no Rio de Janeiro, onde meus cães fazem agility, o ponto forte é o espaço livre. Cães grandes ficam nos canis, cães pequenos e tranquilos ficam dentro de casa. Os peludos que não brigam ficam soltos o maior tempo possível. Os que brigam são soltos em intervalos regulares. É uma delícia quando chego lá para treinar e vejo aquela cachorrada solta brincando e correndo! Vale dizer que a City Dog hospeda cães bravos, que alguns canis recusam. Contato: 21 22298936 http://www.canilcitydog.com.br.

Um estilo diferente de hospedagem no Rio é o Hotelzinho Nosso Lar, em que apenas 5 cães são aceitos de cada vez, porque não ficam em canis, ficam soltos durante todo o dia. No site é informado que as reservas devem ser feitas com antecedência, devido ao pequeno número de animais aceito por vez. Contato: 21 24576384 http://hotelhospedagemparacaesrj.com.br.

Canil Bruno Tauz

Uma das hospedagens mais famosas no Rio é o Canil Bruno Tauz. Numa área de 5.200m², o peludo não apenas fica hospedado, como ainda toma banho de piscina. É possível escolher pacotes em que o dog também pode emagrecer ou ganhar peso, fazer esteira, fisioterapia, hidroterapia ou resolver traumas como medo de altura ou timidez. Contato: 21 34167674 http://www.brunotausz.com.br.

São Paulo é lider no mercado pet, com a hotelaria não poderia ser diferente. As hospedagens mais chiques ficam por lá, como o Resort Sunset. Não, não é um hotel pra gente, é pra cachorro mesmo. Numa área de 7.000m² os cães ficam separados por tamanho: pequenos e médios/grandes. Os pequenos têm à disposição uma brinquedoteca, gramado de 1.500m² e quadra de 50m² apenas para os cães de pelos longos. Os médios e grandes ficam em dormitórios com 12m². Contato: 15 33498263 http://www.sunsetresort.com.br.

Casa da Dogwalker

Também em São Paulo, a Casa da Dogwalker não mantém os peludos em canis. Possui brinquedos para recreação e área de descanso com muitas almofadas. Um diferencial oferecido é a webcam ao vivo, que permite ao dono ver pela Internet seu peludo brincando. Contato: 11 50940541 http://www.dogwalker.com.br.

A Dog World, onde nunca estive, mas conheço o proprietário, oferece amplo espaço, além de canis cobertos e área com árvores e um lago. Os cães hospedados podem fazer aulas de agility e obediência. Foi escolhida pela Revista Época como Hotel do Ano. A Dog World ainda possui um diferencial: o gatil. São poucas as opções para hospedagem de felinos no Brasil. Contato: 11 42431054 http://www.bordercollie.com.br.

Outra opção para gatos é o Auqmia Pet Shop, também em São Paulo, na qual os felinos são mantidos em espaços individuais, não em gaiolas. Contato: 11 30622054 http://www.hotelzinho.net.

Também existem pessoas que hospedam alguns cães em sua própria casa. Uma amiga minha, quando era tosadora, hospedava clientes, que passavam o dia junto com as cadelas dela.

Seja qual for a sua preferência, alguns cuidados devem ser tomados. Visite pessoalmente o local em que pretende deixar o pet. Na visita, observe as condições de higiene e se as pessoas que estão lidando com os hóspedes os tratam de modo carinhoso (cuidado para não confundir firmeza com mau trato). Prefira as hospedagens que permitem levar a ração que o bicho está acostumado. Avalie a relação custo/benefício. Nem sempre o hotelzinho mais caro é o que cuidará melhor do seu querido. Antes de deixar o pet, verifique se todas as vacinas estão em dia e aplique um anti-pulgas. Não esqueça de informar números de telefone em que você poderá ser facilmente localizado, bem como o telefone do veterinário que acompanha o seu peludo. Informe ao hotel qualquer condição especial de saúde e entregue os medicamentos que seu patuto faz uso regular, com os horários anotados. Leve a caminha dele e uma camiseta usada por você. O cheirinho de casa ajudará a diminuir a saudade. Quando for buscá-lo de volta, dê um comprimido de Capstar no canil mesmo, assim nenhuma eventual pulga chegará viva à sua casa.

Escolha bem e dê umas boas férias ao seu pet.

Rachel Barbosa
http://rachelbarbosa.com.br

Veja também:

5 Comentários to Hotel bom pra cachorro

  1. Asdrubal

    Não que os animais não mereçam, mas se por cada cão bem cuidado fosse adotada uma criança, o mundo seria um lugar melhor
    http://www.ajudabrasil.com.br/6.401.html

    Tanta mordomia eles tem e tanta criança só passando fome

    [Responder]

  2. Jorge Moraes

    Não! creio que todo tipo de vida merecem atenção, e se podemos dar este prazer aos animais, que seja feito, comparar um cãoi com uma criança, estaremos levando isso muito longe do normal, e se um dono de um pet não pode ficar com o mesmo durante uma viagem ou outro motivo, seria mais que cruel deixar o animal sem cuidados sozinho em casa

    [Responder]

  3. Livia

    Deixei meus 03 poodles pequenos no Canil Bruno Tauz por 03 dias e eles foram devolvidos com diarréia e cheios de carrapatos. Isso apesar de pagar uma diária de R$40,00 para cada um deles. Além disso, tomei o cuidado de deixar 05 hg da ração especial que comem, sem corante. Mas, segundo o veterinário, o mais provável é que tenham dado outra comida para os animais.
    Além disso no contrato do canil consta que eles não se responsabilizam pela segurança e nem pela integridade física dos animais. Pelo contrato, se um animal fugir darão um filhote da mesma raça e valor para o dono. Parece que pouco ligam para a estima do dono pelo seu cão.
    Não gostei do serviço prestado e fiquei muito decepcionada e com raiva pelos meus cães terem sido devolvidos doentes.
    Já havia deixado os meus cães no MoniJil e nunca aconteceu de voltarem doentes ou estressados. Só deixei no Bruno Tauz porque o MoniJil não podia recebê-los e estou muito arrependida da opção que fiz.

    [Responder]

    ana Carolina Resposta:

    ESSE CARA DEVERIA TER O CANIL FECHADO NO MÍNIMO

    [Responder]

  4. ana Carolina

    Deixei meu cao no canil bruno tauz para adestramento, um dia depois quando fui visitá-lo ele estava com pelo mesnos uns 300 carrapatos, disseram q ia tratar e dois dias depoid ele continuava infestado, magro e cheio de feridas de carrapato. Ao reclamar e falar que ia levar meu cachorro embora, o proprio bruno disse que era normal isso acontecer, que não devolveria a quantia de 1000 reais pago e ainda ficou usando de ironia. Depois de muita discussão é só depois que eu ameacei denuncia-lo e processa-lo que ele concordou em devolver a metade do dinheiro. Tive que gastar fortunas com remedio, veterinario e exame de sangue, acho que ele deveria devolcer tudo e ainda pagar indenização!!!

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br