Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Barulhos



Por Rachel Barbosa - 20 de junho de 2010. Categorias: animais.

galileu

Estamos aqui, eu e meu marido, assistindo a seleção brasileira jogar com a seleção da Costa do Marfim, acompanhados dos peludos.

Eles estão bastante tranquilos, apenas após os gols Galileu e Bruno esboçaram algumas reações. Geometria não deu a mínima. Poderia até desconfiar que a bichinha é surda, porque não tem problema nenhum com barulhos altos rsrs

Eles não ligam para as vuvuzelas e outras cornetas. Apenas os rojões os deixam meio apreensivos.

É normal um cão reagir a um som alto. Em primeiro lugar porque ouve muito melhor que humanos, então o som é muito mais alto pra ele. Em segundo lugar por desconhecer a origem do som e assim não saber se representa perigo ou não.

No entanto, muitos animais, cães e gatos, levam essa reação a extremos. Infelizmente humanos às vezes são os causadores desse problema.

Nossa reação “humana” ao ver um animal expressando receio e cautela em razão de um som alto, é acolhê-lo e tentar acalma-lo. O bichinho, no entanto, interpreta esse comportamento de outra forma, como um sinal de que aquele som é realmente perigoso, já que o humano o está protegendo.

Se você já fez isso com seu peludo e hoje em dia ele entra em pânico nessa época do ano com os fogos, não é tarde para mudar seu comportamento e melhorar a forma como o pet se sente. Se você tem um filhote e essa é a primeira Copa do Mundo dele, comece da forma certa.

Em primeiro lugar, controle sua vontade de pegá-lo no colo e dizer “coitadinho”.

Facilite as coisas para o bicho permanecendo junto a ele, para que se sinta seguro. Fique dentro de casa enquanto assiste o jogo. Praças, ruas, ou mesmo o quintal, são mais expostos aos barulhos.

Evite comemorar os gols de forma exagerada. Sua gritaria excessiva ou dos outros membros da família também pode assustar.

No entanto, não deixe de comemorar. Sua felicidade é que vai dizer ao peludo que aquela barulheira é uma coisa boa. Animais leem nossa energia e nossas expressões faciais. Sabem perfeitamente quando estamos tristes e alegres. Se seu cão puder perceber claramente que você está feliz, associará os fogos e cornetadas a uma coisa boa. Mas se antes do jogo começar você já estiver nervoso por saber que seu pet irá ficar com medo, estampar um sorriso no rosto no meio da partida não irá enganá-lo.

Bom jogo pra você e seu peludo!

Rachel Barbosa
http://caoamado.com.br

Veja também:

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br