Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Ponto Gê: Sinceridade – O melhor defeito que se pode ter


Autor: georgia ~ 20 de outubro de 2008. Categorias: Ponto Gê.

Sei que muitos vão discordar de mim, ao relacionar a sinceridade como um defeito. Mas é exatamente isso que acredito que ela seja. A porcaria de um grande defeito. Necessário e muito honrado, mas um defeito.

Considero qualidade, algo bom. Que reflete ou resulta no bem-estar de si mesmo ou do próximo. Por exemplo, a simpatia. A pessoa simpática conquista as outras, deixa o ambiente mais feliz e mais animado. Ao mesmo tempo em que se sente bem com isso. Refiro-me a pessoa simpática natural, não a que quer ser divertida, mas não é. Aquela que vive querendo agradar a todos e irrita todo mundo. Digo simpatia como qualidade, não como chatice. Bom, agora não consigo parar de imaginar uma pessoa simpática chata e acredito que vocês também não, mas tentem.

Ser sincero é um defeito aos meus olhos, porque não deixa ninguém feliz. Nem você, por ter dito a verdade nua e crua e nem a pessoa, que a ouviu. É pura hipocrisia desejar a verdade se quando ouvimos não aceitamos ou, pior ainda, ficamos ofendidos.

Com toda sinceridade, todo mundo diz querer saber a verdade, mas ninguém está de fato preparado para ouvi-la.

Se a pessoa pergunta, fiquei bem com essa roupa e você responde não. Ou é pura inveja da sua parte ou você tem algo contra essa pessoa. Ao se tratar de um relacionamento a dois então, está ai o grande estopim para uma briga. Quando digo isso, não estou me referindo apenas as mulheres. Homens podem até aceitar um pouco mais facilmente uma opinião a respeito da roupa, mas a ira é a mesma, quando você disser que o amigo dele está comparavelmente mais forte.

Sofro do mal da sinceridade. Um mal que me condena, por mais que eu tente disfarçar. Nasci com uma maldita cara sincera. Se não acho a menor graça, não consigo rir. Se não gosto do que a pessoa disse, pode olhar no meu rosto que você terá certeza disso. Se não fui com a sua cara, principalmente.

Claro, que em algumas situações utilizo os recursos, não sei, talvez, pois agora, se estás se sentindo bem assim. O curso de jornalismo me ajudou muito nisso, responder pergunta com pergunta funciona muito bem em qualquer situação.

O segredo da sinceridade é saber lidar com ela. Assim como com todos os seus outros defeitos e qualidades. Temos que respeitar os limites e, mais ainda, os sentimentos alheios. Nem toda verdade merece ser dita.

A consciência sempre pesa quando não fizemos à coisa certa. Não tem como evitar.

Infelizmente ou felizmente, ainda somos educados a não falar tudo que pensamos. Sorte de alguns, azar de outros.

Apesar de tudo, acredito que a sinceridade é o melhor defeito que uma pessoa pode ter.

Um beijo especial e é claro, sincero, a todos que acompanham a coluna.





Busca

© 2007-2022 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br