Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Monacast 54 – Bate-Papo sobre Animação



Por Mafalda - 19 de fevereiro de 2009. Categorias: podcasts.

Mafalda e Eubalena trazem a segunda parte do Bate-Papo sobre Animação, que começou falando dos Concorrentes ao Oscar 2009, no monacast 53. Participam desta conversa os convidados anteriores:  o ilustrador e animador Kanton e César Freitas, apresentador do HQ & Cia.

Dê um presente para alguém ou para você mesmo:


Kung Fu Panda – Duplo. Com frete Grátis

Curtas da Pixar/Promoção: de R$116,90 por R$29,90

Quer comentar este podcast? Envie um e-mail para monacast@monalisadepijamas.com.br.

Beijos da Mafalda


Assine nosso feed no iTunes

Veja também:

15 Comentários to Monacast 54 – Bate-Papo sobre Animação

  1. Rafael A. Schiabel

    Já vou ouvir!
    Beijos

    [Responder]

  2. Luana Lied Zapata

    Baixando

    [Responder]

  3. QUEIROZ

    O mal do Beoulf é que apesar do ótimo roteiro, acaba ficando meio robôtico estilo abertura de videogame.Até falando nisso, acho que o estilo mangá casa melhor com essa dinamica do 3-D, parece que eles conseguem dar como vocês disseram alma, ao desenho. Realmente Walt Disney sempre foi um sinônimo de qualidade. Peter Pan é demais. Sherek é demais, né. Difícil um personagem 3-D ser tão vivo, você acredita nele. Que isso!!! Alice no país das Maravilhas é O desenho. É uma viagem insolita. E Tim Burton está filmando um live action. Foi finalizando com o Pica-Pau cantando, sensacional, valeria a pena falar um pouco dele também.

    Um abraço para os animadores.

    E beijos para Mafalda, Euba e a Phoebe que está curtindo a maternidade.

    [Responder]

  4. Rod Reis

    Ótimo cast e a trilha sonora deu o tom e trouxe muitas lembranças.
    Eu não gosto desse estilo de animação do Espresso Polar e Beowulf.
    Concordo q Shrek seja um divisor de águas, mas o q mais me marcou foi Toy Story.

    [Responder]

  5. Kio (Caio Cesar) - 37 anos

    Olá Monas, bom dia.

    Baixando. Reforço aqui, uma entrevista com o Kanton ia bem. :)

    Abraços.

    [Responder]

  6. marcelo souza

    Aeee. :) Legal ! Mais um cast sobre animação… !

    Tá tendo tanto cast sobre animação que daqui a pouco eu abro um meu só sobre isso. rsrsrs.
    No proximo “chama-eu” ! :) rsrsrs
    Trabalho a 12 anos nesse mercado, e fundei o primeiro site de “comunidade” sobre animação 3D do Brazil e não é exagero dizer que estava dentre os primeiros do mundo. :) Infelizmente hoje está fora do ar, sendo refeito para retornar.

    Parabéns pelo Cast ! :) Estou ouvindo agora e curtindo. Abraços à todos que participaram ! :)

    [Responder]

  7. marcelo souza

    Só pra Opinar. Concordo que Shrek é bom, por ter quebrado algumas barreiras, o lance do apelo adulto, ou ambiguo, e tudo mais. Mas em termos de técnica/arte, podem falar qualquer coisa, a Pixar atropela qualquer uma. O que a gente vê no cinema não é nem 50% do volume de esforço artistico por trás de cada filme da Pixar, mas ninguém percebe. Até hoje, pra mim só BOLT chegou perto desse esforço, mas mesmo assim ainda está longe.
    Kung Fu Panda pra mim é o melhor filme de animação que não é da Pixar, junto com Shrek. Mas Shrek é feito exclusivamente pra ganhar dinheiro, tanto é que tem zilhões de continuações. A pixar não faz filmes exclusivamente com dinheiro no primeiro target, tanto é que eles ODEIAM fazer continuações. Agora com a mão da disney é que vai começar a rolar (cars2, ToyStory3), Toy2 só existiu pq foi o primeiro filme e o estudio além de precisar se estabilizar, deve ter ficado espantado com o boom que foi o primeiro e aproveitou a leva, pois ainda era algo extremamente divertido e que podia ser aproveitado.
    Shrek não vai nessa linha. Pixar é uma escola pra qualquer outro estudio ou pessoa. Os caras bebem na agua de tudo que é bom dos primórdios da animação, disney e tudo mais, e cada animador lá dentro tem uma formação absurda, externa ou interna sobre Acting, e não é nada superficial. Já vi “palestras” da Pixar, onde o cara fica tipo 2 horas falando de uma cena de filme (FILME MESMO não ANIMAÇÃO), analisando todo acting de um trecho de 1 minutos, por exemplo. Coisas que ninguém que não é ator, ou animador, percebe, mas que faz uma diferença absurda no resultado final e na formação do animador.
    Sempre trabalhei com animação, mas nunca tive essa formação, agora, estou voltando tudo atrás e estudando todos esses aspectos de animação, baseada puradamente em Acting real. Só que como base pra animação de qualquer tipo.

    [Responder]

  8. Mafalda

    Que legal, Marcelo! Bacana ver comentários de quem lida com animação 3D há tantos anos como você!

    Realmente, quanto mais completa a formação do animador, seja analisando filmes e tendo conhecimentos cinematográficos, como também a parte de arte gráfica: o corpo humamo, modelagem, 2D, etc, mais completo e melhor o resultado.

    Eu acho que o Shrek foi um marco nesta questão filmes mesmo. Ele saiu daquela tipo de longa metragem da Disney em que tinha que sempre ter uma trilha sonora clássica, e incluiu músicas Pop. E entrou com uma temática mais jovem e adulta. Foi um marco.

    Com certeza a Pixar é pioneira! E trouxe para a animação avanços incríveis! O Falcão Azul teve um orientador que trabalhou junto com o cara que fundou a Pixar, e foi este orientador quem criou a textura sólida que hoje é usada em toda computação gráfica.
    Os primeiros curtas da Pixar, já tem um que é o embrião do Toy Story e todo aquele primor que eles sempre dedicaram ao trabalho deles.

    Mas, falando como simples espectadora, lembro que fiquei “besta” com a qualidade do cenário no Shrek, que eu não tinha visto ainda em outra animação 3D.

    Muito boa esta troca de comentários! E Parabéns pelo trabalho Marcelo. Vi seu site, e você manda muito bem!!!

    Bjs,
    Mafalda

    [Responder]

  9. Guija Matías

    “Procurando Nemo” ou até mesmo “Carros” são muito mais “também para adultos” do que “Shrek”, podem ter certeza.

    Parabéns pelo podcast, meninas!

    Ah, faltou o melhor e imbatível exemplo de “tosqueira em animação, mas diversão maravilhosa” (tema lá pelos 21′): SOUTH PARK! :D

    [Responder]

  10. Marcelo Souza

    Legal Mafalda !
    É animação, é definitivamente uma arte, e é algo muito mais além do que a maioria pensa. Na verdade, um animador de verdade tem que ser mais ator do que um ator. Simplesmente pelo fato de que vc tem que “decupar” a natureza humana de uma forma que ninguém faz… Por exemplo…
    Mesmo sem ser ator/atriz, qualquer pessoa sabe se expressar, até mesmo uma criança. Cara de bravo, cara de triste, cara de curioso, cara de assustado. Isso está embutido no nosso cerebro inconscientemente, e nos faz mover zilhares de musculos no rosto para fazer uma expressão necessária. Qualquer um consegue fazer isso, sem estudo algum, mas se perguntar quais musculos vc move pra fazer cada expressão, talvez vc não saiba dizer. Já um animador tem que SABER ! Ou seja, além de se preocupar com a atuação vc tem que se preocupar em embutir uma ALMA e um CEREBRO em cada personagem, mesmo que ele seja uma cadeira, ou um cubo. Esse é um dos motivos que faz os Cartoons, terem mais “vida” que os personagens “humanos”. Humanos não se entortam todo para se expressar, nossos olhos não arregalam além dos limites humanos, portanto as expressões facias, que é o que dão vida, e principalmente os olhos, não conseguem imprimir o mesmo efeito, já que a natureza humana é TÃO COMPLEXA. E os sistemas de captura de movimento, não capturam expressões (Na verdade existem sistemas que captura, que foram usados no GOLUM (Lord of The rings), por exemplo… Porém como foi dito no Cast, a mão do animador é SEMPRE fundamental, pois ele que vai moldar o movimento para adicionar expressão.
    Valendo lembrar que Animação não é MOVIMENTO. Animação é Movimento com “intenção”. Ou seja. Movimento com expressão. Mover um objeto do ponto A, ao ponto B, e gira-lo, não é ANIMAÇÃO, é movimentação somente. :) Não parece, mas existe uma diferença. :) hehehe. Animar é colocar “intenção” no movimento, expressão, ou seja, adicionar “algum tipo de pensamento”. Mesmo que num objeto que não teria vida. :)
    Vale lembrar, que a PIXAR de mandeira ALGUMA, em nenhum ponto de sua história, se utiliza de Motion Capture. Na verdade, a maioria dos animadores ABOMINA essa técnica. Exatamente pq um Rato cozinheiro saltitante, nunca poderia se mover como um humano de 80Kg venstindo uma roupa com bolinhas de Mo-cap. rsrsrs. (Captou ?) rsrsrs

    [Responder]

  11. Mafalda

    Oi Marcelo. Também acho isso que você falou, na verdade acho que em alguns casos o animador é uma espécie de “ator frustrado”: por conta da timidez, ele atua através do personagem, a quem ele dá vida.
    Bela descrição sobre Animação!

    [Responder]

  12. Marcelo Souza

    Hehehe, eu não diria Frustrado, pq nenhum animador que conheço ama mais atuar do que animar. rsrssr. E acho que nenhum deles trocaria sua carreira pra ser um ator. :) Um ator é muito “limitante”. kkkkk. :) A graça da animação é que ela é um CORE que se aproveita de zilhares de referencias da humanidade, desde antropologia, psicologia, anatomia (a maioria dos animadores estuda anatomia, musculos, ossos, e tudo isso), etc…etc. Se vc acha que essa é uma área fascinante, depois que vc começa a aprende-la e estuda-la, verá que é umas 5x mais fascinante do que imaginava, mais abrangente, e mais dificil, porém é uma dificuldade BOA que te faz ter sede de aprender mais um pouquinho a cada dia.
    Vou deixar duas dicas aqui para quem quiser começar a estudar animação… Na verdade se eu fosse deixar dicas, eu escreveria umas 5 páginas. kkkk. Mas vou indicar 2 livros pelo menos. :) ANIMATORS SURVIVAL KIT de Richard Williams (Procurem que existe uma versão traduzida para nossa lingua nas livrarias !!!). E TIMMING FOR ANIMATION. Existem também o ACTING FOR ANIMATION, e outros da linha, assim como o ILLUSION OF LIFE da disney, que é uma BIBLIA, um livro GIGANTESCO grande, gordo lotado de informações legais. Porém o Survival KIT é tipo o livro de cabeceira de qualquer animador que quer estudar e mergulhar nesse mundo. :)
    Mas isso que vc falou faz sentido Mafalda, na parte que toca a atuação. Todo animador, precisa destrinchar a atuação até os minimos detalhes. Coisas até como o movimento da Pupila são IMPORTANTISSIMOS, para cada tipo de emoção e de personagem. Coisasa que um Ator de verdade nem precisa se ligar, já que seu cerebro já faz isso instintivamente. :) Pros animadores não há essa moleza, tem que estudar. :)
    E mesmo animadores experientes, com 10, 15 anos de experiencia, ainda aprendem, mais e mais a cada dia. :) Por isso é algo tão apaixonante e misterioso ao mesmo tempo. :)

    [Responder]

  13. Monacast 74 - Hayao Miyasaki, o Maior Diretor vivo de Animação | Monalisa de Pijamas

    [...] de animação da Maurício de Sousa Produções e ilustrador, que já participou dos monacasts 53 e 54.Não vamos falar de Hayao Miyasaki, “somente” porque ele é um dos maiores, senão o [...]

  14. Monacast 53: Oscar 2009 de Animação « Galeria de Podcast

    [...] Monacast 54 – Bate-Papo sobre Animação [...]

  15. joel

    Oh marcelo por favor!
    não alimente falsas esperanças
    não existe tradução do the animator’s survival kit

    é lenda!

    [Responder]

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br