Porque fazer humor e podcast é uma arte
































Mona Pop – Adriana Calcanhotto



Por musicmoon - 3 de julho de 2009. Categorias: Mona POP.

A mona pop de hoje é a gaúcha Adriana Calcanhotto, que nasceu na capital do Rio Grande do Sul em 03 de outubro de 1965. Ela cresceu no meio da música, pois seu pai – Carlos Calcanhotto – é baterista de jazz, e sua mãe é bailarina. Começou a tocar violão com seis anos. E, vocês sabem, sempre que alguém começa a aprender violão acaba tendo que cantar também, e aí… Bom, e aí tudo começou. Hoje Adriana é uma das maiores compositoras da música popular brasileira. E, mesmo como intérprete de canções de outros compositores, ela acaba sempre se destacando, pelos seus arranjos bem trabalhados.

Além de ter tocado pelos bares de Porto Alegre, Adriana também trabalhou em peças teatrais, uma das coisas que acabou influenciando seu disco Adriana Partimpim, em 2004. Traz uma seleção de músicas infantis e é chamado pela cantora de “disco de classificação livre”. Eu, particularmente, adoro obras e artistas difíceis de serem classificados. Aliás, classificar pra quê? Se você tem filhos, esse disco é uma ótima pedida. O título é um apelido de infância da cantora, e é seu sétimo álbum. Ela gravou algumas músicas já conhecidas do repertório popular brasileiro adulto que caíram muito bem num disco voltado para as crianças, como Oito Anos (Paula Toller), Fico Assim sem Você (que ficou conhecida com Claudinho e Buchecha) ou Ciranda da Bailarina (Chico Buarque). A música Lição de Baião mistura nosso baião com música eletrônica, português com francês, resultando numa canção gostosa de ouvir e que faz a gente dar uma dançadinha ouvindo. Perfeito pras crianças.

Seu último trabalho, Maré (2008), traz uma seleção de canções da nova MPB. Três de suas músicas estiveram em novelas: Mulher sem Razão, Três e Um Dia Desses.

Além de tudo isso, também no ano passado a moça lançou um livro, Saga Lusa, no qual conta as crises de pânico e alucinações que sofreu, causadas por uma combinação de remédios prescritos por seu médico para combater uma gripe forte durante a turnê em Portugal do álbum Maré.

Adriana é uma daquelas cantoras que parece que cantam sem fazer esforço algum, reparou? Parece que a coisa mais natural do mundo é cantar. Outra cantora que tem uma voz meiga assim, sobre a qual até já falei aqui, é a Fernanda Takai. Gosto muito dessa voz suave e quase sussurrada que as duas têm, confesso.
Aliás, você já conhece o site dela? ;-)

Beijos,
Luana


Veja também:

Deixe seu comentário:





Busca

© 2007-2016 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br