Porque fazer humor e podcast é uma arte

































Ponto Gê: Me dá um abraço?


Autor: Eubalena ~ 7 de julho de 2009. Categorias: Ponto Gê.

Em uma de minhas colunas recentes, citei uma inveja assumida da habilidade masculina de se fazer de vítima. Esse mesmo artigo foi até clonado, plagiado, copiado por um outro blog, não tão legal quanto o Monalisa, claro, mas também um blog. No entanto, o que quero focar hoje aqui é uma outra característica masculina, utilizada também pelas mulheres, principalmente pelas mães, mas que quando parte dos homens, consegue amolecer o coração mais duro, facilitar a subida da montanha mais alta, transpor barreiras. Estou falando do abraço.

Pelo amor ! Que coisa mais deliciosa. Nunca vi um peito tão bom para nos aconchegar, uns braços que parecem duplicar de tamanho para nos envolver e umas mãos tão grandes para nos apertar. Nossa que vontade de ganhar um abraço agora.

Quantas brigas, discussões e explicações incabíveis poderiam ter sido evitadas com uma simples frase: posso te dar um abraço?

Não desmerecendo um bom beijo, não desmerecendo mesmo, porque sou fã. Mas nada como um abraço apertado. Quando crianças, os de nossa mãe e/ou pai são mais que suficientes para curar nossas choradeiras e manhas, mas depois que crescemos, são eles, os homens, que ocupam com tamanha destreza a vaga.

Sei que até tentamos e tenho certeza que o abraço de uma mulher não é ruim para um homem. Mas puxa vida, o deles não tem comparação. É o encaixe de nossos rostos perto do pescoço, o barulho forte do coração deles, nossos braços que parecem feitos para laçá-los pela cintura, o braço deles que nos envolvem por inteiro, dando uma sensação inexplicável de segurança, as mãos grandes que nos acariciam os cabelos, que tocam de leve nossas costas. Mãos que mesmo ásperas, percorrem com uma delicadeza inexplicável as nossas costas. E a força na medida certa para fazer nosso coração e respiração acalmar. Uma sensação única que percorre o corpo todo. Vontade de não largar nunca mais.

Inveja rosa. Queria eu poder proporcionar essa sensação igualmente. Mas acho que é impossível, só os homens tem essa habilidade. Podemos então recompensá-los, claro quando merecedores, com aquele cheirinho gostoso que só nós conseguimos combinar.





Busca

© 2007-2020 Monalisa de Pijamas - Todos os direitos reservados. Contato: mafalda [arroba] monalisadepijamas.com.br